conecte-se conosco

Economia

Senado vai aguardar retorno de Bolsonaro para promulgar reforma da Previdência

Publicado

source
Davi Alcolumbre arrow-options
Jefferson Rudy/Agência Senado – 18.9.19

Alcolumbre marcou para 9h desta quarta-feira a votação dos dois últimos destaques da reforma da Previdência

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) vai aguardar o presidente Jair Bolsonaro retornar ao Brasil para promulgar a reforma da Previdência.

Bolsonaro chega ao país no dia 31 deste mês. Segundo a assessoria de Alcolumbre, ele ainda não definiu a data da convocação da sessão especial das duas Casas (Senado e Câmara dos Deputados), mas que trabalha com duas possibilidades, nos dia 12 ou 19 de novembro .

Senado aprova reforma da Previdência em segundo turno nesta terça-feira

A conclusão da votação da reforma da Previdência  em segundo turno ficou para esta quarta-feira (23). Uma série de questionamentos sobre um destaque apresentado pelo PT fez o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), encerrar a sessão às 20h45.

Alcolumbre convocou uma nova sessão para amanhã, às 9h, para o Senado apreciar os dois destaques de bancada que ainda faltam: um do PT e outro da Rede. Segundo o Ministério da Economia, a aprovação do destaque do PT desidrataria a reforma da Previdência em R$ 23,2 bilhões.

Leia mais:  Salário mínimo de R$ 1.040 é aprovado por comissão para 2020

Governo prepara ‘pacotão’ de medidas pós-Previdência; confira temas aguardados

Uma proposta de emenda à Constituição é promulgada pelo Congresso e não sancionada pelo presidente da República. A data da promulgação é importante porque é a partir dela que as novas regras da aposentadoria entrarão em vigor.

Em viagem à Ásia, o presidente Jair Bolsonaro comemorou, pelas redes sociais, a aprovação da reforma da Previdência. Segundo Bolsonaro, a medida, as novas regras de aposentadoria permitirão ao país “decolar de vez”.

“Nova previdência APROVADA em segundo turno no senado. Restam 4 destaques a serem analisados. Parabéns povo brasileiro! Essa vitória, que abre o caminho para nosso país decolar de vez, é de todos vocês! O Brasil é nosso! GRANDE DIA!”

O presidente desembarcou na segunda-feira no Japão onde inicia sua viagem por cinco países da Ásia e Oriente Médio.

Fonte: IG Economia
Comentários Facebook
publicidade

Economia

No primeiro dia de reforma da Previdência, INSS enfrenta crises no atendimento

Publicado

source
previdencia arrow-options
Agência Brasil

Alterada durante pouco mais de oito meses, reforma da Previdência foi aprovada no último dia 13

Publicadas no Diário Oficial da União (DOU) na última quarta-feira (13) as novas regras da Previdência já começaram a valer no Brasil. As centrais de atendimento do INSS , porém, ainda não estão adaptadas à mudança e enfrentam crises nesta quinta-feira. Tanto a plataforma virtual Meu INSS quanto o atendimento por telefone divulgam regras desatualizadas para obtenção dos benefícios.

Com enorme fluxo de acesso nesta manhã, o  Meu INSS – recurso virtual que também possui um aplicativo com a mesma funcionalidade – é a plataforma que oferece informações rápidas sobre a Previdência e tem como principal ferramenta a “Simulação de Aposentadoria ”, que leva em conta a situação de cada trabalhador e estima o tempo que falta para se aposentar. 

Leia mais: Conheça as regras de transição para cada categoria

Quem buscou pela ferramenta nesta quinta-feira, porém, encontrou um campo vazio no lugar onde costumava haver um botão pelo qual antes era possível saber o tempo que faltava para obter o benefício por idade ou tempo de serviço. Além disso, devido aos muitos acessos, o site apresenta instabilidade desde o início da manhã, com muitos momentos fora do ar. 

Leia mais:  Últimos dias para sacar o abono PIS/Pasep; saiba se você tem direito

Problema parecido é enfrentado por quem busca informações por telefone, por meio da central 133. Com muitas linhas congestionadas e bastante tempo de espera para o contato com atendentes, as regras divulgadas pela mensagem eletrônica do serviço ainda estão desatualizadas em relação à reforma vigente desde ontem. 

Em nota à imprensa, o INSS informou que “os sistemas de concessão já estão sendo preparados para que as novas regras sejam implementadas” – referindo-se tanto às plataformas de atendimento quanto às agências – mas não ofereceu detalhes sobre quando exatamente as mudanças estarão acessíveis. 

Veja as principais mudanças da reforma da Previdência 

– A emenda constitucional fixa idade mínima de aposentadoria de 65 anos para os homens e de 62 anos para as mulheres;
– O cálculo do benefício também mudou. Agora, vai se basear na média de todos os salários do trabalhador e não nos 80% maiores, como acontecia até o dia 12 de novembro;
– Com 20 anos de contribuição, os trabalhadores homens terão 60% da média. Esse percentual sobe 2 pontos por cada ano de trabalho a mais;
– Para as mulheres, o tempo de contribuição mínimo é de 15 anos; 
– Redução da  pensão por morte em 40% quando o único dependente é o cônjuge. A acumulação de pensão com aposentadoria também é restringida.

Leia mais:  Planos para o FGTS? Calculadora informa valor do saque de acordo com aniversário

Fonte: IG Economia
Comentários Facebook
Continue lendo

Economia

Brasil fecha acordo e deve exportar melão para China

Publicado

source
Brics arrow-options
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Bolsonaro se reuniu com o presidente Xi Jiping em Brasília

O Brasil fechou acordo com a China para viabilizar a exportação de melão para o país asiático, informou o Ministério da Agricultura nesta quarta-feira (13). A China é a maior consumidora mundial de melão: em 2018 foram consumidas 15.648.000 toneladas.

Os protocolos sanitários foram firmados após reunião bilateral entre os presidentes Jair Bolsonaro e Xi Jinping , dentro da XI Cúpula do Brics, em Brasília.

O acordo para exportação de melão é simbólico por se tratar do primeiro entendimento com a China sobre frutas. Além da diversificação da pauta exportadora agrícola para a China (a maioria das vendas é de soja e carne), o protocolo tem potencial de alavancar a fruticultura brasileira, principalmente do Nordeste, que hoje direciona as vendas externas para a Europa.

No encontro, foi firmado também plano de ação para colaboração agrícola , que prevê transferência de tecnologia, inovação, atração de investimentos e promoção comercial entre os dois países.

Fonte: IG Economia
Comentários Facebook
Leia mais:  Após aprovação da reforma, dólar opera com leve alta nesta quarta-feira
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Política Nacional

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana