conecte-se conosco


Esportes

São Januário fica sem energia elétrica por falta de pagamento do Vasco

Publicado

Lance

São Januário fica sem energia elétrica por falta de pagamento arrow-options
Reprodução / Vasco da Gama

São Januário fica sem energia elétrica por falta de pagamento

O Estádio de São Januário teve a energia cotada nesta terça-feira. Pelo não pagamento da conta do mês de julho, a Light, concessionária de energia, interrompeu o fornecimento na parte da manhã, e a casa do Vasco precisou operar por meio de um gerador de energia.

Leia também: Muricy cai da cadeira em programa e internautas não perdoam; assista

Em contato com o LANCE! , a Light afirma que o vencimento se deu no dia 12 de agosto. 

“A Light suspendeu o fornecimento de energia para o Clube de Regatas Vasco da Gama, no endereço Rua General Almério de Moura, 131, São Cristóvão. O clube não quitou a conta de energia referente ao mês de julho de 2019, vencida em 12 de agosto.

A Light cumpriu todos os procedimentos regulatórios que antecedem a suspensão do fornecimento, incluindo a emissão ao cliente da notificação de suspensão de energia, em 15 de agosto, recebida pelo mesmo no dia seguinte. O corte no fornecimento foi realizado hoje (03/09) pela manhã.”

Leia mais:  Ex-lateral do Flamengo e da Seleção morre aos 69 anos de idade

Em posterior contato ao LANCE! , a Light informou que houve o religamento de energia no fim da tarde. Isto após o pagamento do débito.

O Vasco vem sofrendo com problemas financeiros nos últimos meses e teve também corte de água em janeiro. Sobre o episódio mais recente, de energia elétrica, o LANCE! procurou o Cruz-Maltino e aguarda posição oficial.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Caxias do Sul sediará Surdolimpíada no ano que vem

Publicado

source

O Comitê Internacional de Esportes para Surdos (ICSD) confirmou nesta semana que o Brasil será sede da edição de 2021 das Surdolimpíadas. Envolvendo 6 mil atletas de mais de 100 países em 22 modalidades, os jogos ocorrerão entre os dias 5 e 21 de dezembro do ano que vem em Caxias do Sul, na Serra Gaúcha.    

Em documento divulgado na quarta-feira (26), o comitê parabenizou a Confederação Brasileira de Desportos de Surdos (CBDS) e toda a equipe pelo trabalho feito para garantir que o país tenha condições de receber a competição, que será disputada pela primeira vez na América do Sul.

Em uma reunião realizada em janeiro, representantes da prefeitura local, da Universidade de Caxias do Sul, do ICSD e do Caxias Convention & Visitors Bureau definiram ações para sediar o evento esportivo.

O prefeito Flávio Cassina designou o secretário de Esportes e Lazer, Gabriel Citton, para fazer um projeto de captação de recursos financeiros junto aos governos federal e estadual. “Não podemos perder um evento dessa grandeza e de relevância na área do esporte, da inclusão social, mas que também movimenta o comércio e turismo. Temos tempo para juntos fazermos um belo trabalho”, disse Cassina, lembrando que o investimento para a realização do evento no Brasil deve passar de R$ 10 milhões.

Leia mais:  Confederação de esportes aquáticos está quase falida, aponta conselho do COB

O plano prevê competições na Vila Olímpica da universidade e em outros locais de Caxias do Sul, como o ginásio e as pistas de atletismo do Serviço Social da Indústria (Sesi), as piscinas Recreio da Juventude e os Estádios Centenário e Alfredo Jaconi. Cidades vizinhas, como Gramado, Bento Gonçalves e a capital, Porto Alegre, também poderão receber disputas esportivas ou auxiliar na acomodação das delegações das Surdolimpíadas.

Até agora, foram realizadas 23 edições dos Jogos Surdolímpicos. A primeira, conhecida na época como Jogos Internacionais em Silêncio, foi em 1924, em Paris.

Disputados de quatro em quatro anos, os jogos foram interrompidas apenas durante a segunda guerra mundial (de 1939 a 1945). A última Surdolimpíada foi realizada em 2017 e teve como sede a Turquia, com provas disputadas na cidade de Samsun.

Edição: Nádia Franco

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Argentino Martín Benítez chega ao Rio para jogar no Vasco

Publicado

source

Martín Benítez é o novo reforço vascaíno. O argentino de 25 anos desembarcou, nesta quinta-feira (25), no Aeroporto Internacional Tom Jobim, e explicou porque aceitou jogar pelo Vasco da Gama.

“Pela história que tem, pelos torcedores, porque sei que é um clube muito grande e a verdade é que estou muito contente de poder chegar ao Vasco. Sei que chego a um grande clube e sei que posso dar muito ao Vasco. Espero que eu possa dar meus 100% e estar em meu melhor nível no Vasco para ajudar a equipe e que o Vasco possa alcançar coisas e que possa estar no lugar que tem que estar”.

O meia-atacante veio emprestado por um ano para o clube carioca. Benítez é jogador do Independiente e fez parte do elenco que derrotou o Flamengo, nas finais da Copa Sul-Americana de 2017. Benítez também falou sobre a cidade que vai viver este ano. “Vim em 2016 e 2017 de férias. É um lugar muito bonito e espero que eu possa aproveitar com a família, mas sempre com responsabilidade sabendo que eu vim para jogar futebol e me entregar 100% ao Vasco”.

Leia mais:  “Gastei cerca de 100 milhões de dólares em drogas”, revela Lamar Odom

Com passagens pelas seleções de base da Argentina, Benítez não vivia um bom momento do Rei de Copas e espera reencontrar o bom futebol no Gigante da Colina. A previsão, feita pelo próprio jogador, é que ele possa estar disponível para Abel Braga na próxima quinta-feira (2), quando o Vasco enfrenta o ABC pela Copa do Brasil. Benítez e o conterrâneo Germán Cano foram as únicas contratações da gestão Alexandre Campello para a temporada.

Edição: Aline Leal

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Política Nacional

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana