conecte-se conosco


Política MT

Romoaldo defende projeto que garante proteção a animais atropelados

Publicado

Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

Está em trâmite na Assembleia Legislativa, o Projeto de Lei nº 673/2019, que obriga as concessionárias de rodovia em atividade no Estado de Mato Grosso a realizar o resgate e a assistência veterinária de emergência de animais acidentados nas rodovias e estradas por elas administradas.

De autoria do deputado Romoaldo Júnior (MDB) a proposta tem a finalidade de garantir a assistência veterinária emergencial aos animais domésticos e silvestres vítimas de acidentes nas estradas e rodovias sob concessão com praças de pedágios no estado, e promover a adoção de medidas redutoras de acidentes que envolvam animais.

Conforme o texto, o atendimento emergencial deverá ser prestado por médico veterinário devidamente inscrito e regularizado no Conselho Regional de Medicina Veterinária do Mato Grosso (CRMV-MT). E poderá ser realizado por funcionários próprios das empresas concessionárias, ou via Organizações Não Governamentais e Associações de Proteção aos Animais, desde que permaneça garantida a efetiva prestação do serviço de resgate e assistência veterinária de emergência.

I – Criação de cadastro de acidentes com animais domésticos e silvestres em estradas e rodovias estaduais sob concessão, na forma de banco de dados, no qual sejam registrados todos os acidentes dessa natureza, bem como demais informações de pesquisa e localização de passagens de animais, cadastro o qual deverá ser criado individualmente por cada empresa concessionária relativamente aos trechos por ela administrados, e ser fácil acesso a população para consultas.

Leia mais:  Após pedido de deputado, Estado viabiliza dez leitos de UTI´s à Santa Casa de Rondonópolis

III – Implantação de medidas que auxiliem a fauna silvestre a realizar a travessia das estradas e rodovias, tais como: instalação de sinalização apropriada, redutor de velocidade, passagens aéreas ou subterrâneas, passarelas, pontes, cercas e refletores, dentre outras. IV – Promoção da educação ambiental no território Matogrossensse, visando a redução do numero de acidentes com animais domésticos e silvestres; com a realização de campanhas que visem a conscientização dos motoristas e da população, as quais poderão ser virtuais, realizadas através dos respectivos websites das concessionárias, ou físicas, mediante a adoção de medidas como a distribuição de panfletos informativos, a instalação de placas ou outdoors, dentre outras.

O descumprimento da medida poderá ocasionar multa no valor mínimo de 500 (quinhentos) UPF-MT (Unidade Padrão Fiscal de Mato Grosso), e não superior a 2000 (duas mil) UPF-MT (Unidade Padrão Fiscal de Mato Grosso), a ser definida pela autoridade fiscalizadora competente.

Conforme registros de Boletins de Ocorrências da Polícia Ambiental, dezenas de espécies da fauna silvestre foram registrados, contabilizando várias mortes, por falta de atendimento veterinário. Entre as espécies que já morreram por falta de atendimento estão araras azul, amarela e canindé, emas, tucanos, jiboias, corujas, seriemas, periquitos, antas e gaviões.

Leia mais:  Lúdio Cabral sugere audiências mensais com Sefaz para acompanhar impacto da pandemia nas finanças de Mato Grosso

9 de setembro – Dia do Veterinário

O deputado ainda disse que não poderia deixar esta data passar em branco. “Os médicos veterinários são profissionais da área da saúde responsáveis por cuidar dos animais, curando e prevenindo as suas doenças. Parabéns a toda classe pela importância do trabalho”, reconheceu.

Foi exatamente no dia 09 de setembro de 1933, que o então presidente do Brasil, Getúlio Vargas, assinou o Decreto Lei nº 23.133, que regulariza a profissão e o ensino da medicina veterinária no país.

Fonte: ALMT
Comentários Facebook
publicidade

Política MT

Campanha “Máscara faz bem” incentiva e une a população de MT

Publicado

Foto: DIEGO SAPORSKI

Uma foto postada nas redes sociais (facebook e instagram) do deputado Dr. Eugênio (PSB), no último fim de semana, deu inicio a uma campanha que tem como objetivo incentivar e unir a população de Mato Grosso em prol do uso da máscara no combate à Covid-19.

Intitulada com a hashtag #MASCARAFAZBEM, o parlamentar lançou um desafio: “As rotinas, aos poucos, voltarão ao normal. Precisamos nos proteger. O uso de máscaras é fundamental. Faço aqui um desafio a três amigas para postarem fotos com máscaras: Janaina Riva, Clélia Valadão e Marinalva Silva”, escreveu.

E não demorou muito para que as fotos começassem a aparecer no feed e no story das pessoas desafiadas. “A brincadeira é séria. Queremos mostrar que uma foto pode passar despercebida, mas o que importa é a prevenção, o nosso cuidado”, disse Dr. Eugênio.

O uso de máscaras – A partir do dia 5 de maio, enquanto estiver vigente o decreto de calamidade pública, os estabelecimentos públicos e privados que estiverem em funcionamento em qualquer município de Mato Grosso devem exigir o uso de máscaras faciais dos funcionários, colaboradores e clientes.

Leia mais:  Campanha “Máscara faz bem” incentiva e une a população de MT

Fonte: ALMT
Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Após indicação do Delegado Claudinei, governo faz parceria e hotel abriga profissionais de saúde

Publicado

Foto: ANGELO VARELA / ALMT

Pelo mundo inteiro, é alto número de infectados pela Covid-19 entre os profissionais de saúde, pois estão na linha de frente e eles não param, ainda que isso represente colocar suas próprias vidas em risco e, até mesmo, de seus familiares. Preocupado com essa situação em Mato Grosso, no início de abril, o deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) apresentou a Indicação nº 1253/20 para que o governo alugue quartos de hotéis para esses profissionais, durante o combate ao coronavírus.  

Na última semana, o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, anunciou uma parceria com o Hotel Fazenda Mato Grosso, em Cuiabá, para hospedar servidores da saúde infectados pela Covid-19 ou que residam com algum familiar que tenha testado positivo ao vírus.  

“Essa é uma medida muito importante que o Governo adotou, já tínhamos essa preocupação, ainda mais porque o índice de propagação da Covid-19 é muito alto e o que pudermos fazer pelos nossos heróis da saúde, vamos fazer”, afirmou Delegado Claudinei.

Leia mais:  Lúdio Cabral sugere audiências mensais com Sefaz para acompanhar impacto da pandemia nas finanças de Mato Grosso

O hotel vai disponibilizar 50 apartamentos para servidores contaminados com sintomas leves, que não precisam ser hospitalizados e não tenham como cumprir quarentena por morarem com outras pessoas. Em Mato Grosso, até ontem à noite (26) já tinham sido registrados 10 mortes e 250 casos confirmados pela Covid-19. 

IDOSOS – Outra indicação que o deputado fez ao governo do estado é a nº 1254/20 para o aluguel de quartos de hotéis destinados idosos de baixa renda e que residam em maior concentração de pessoas, durante a pandemia. “As pessoas com mais de 60 anos fazem parte do grupo de risco da Covid-19 e, também solicitamos essa atenção do Governo para adotar alguma medida neste sentido”, concluiu o parlamentar. 

Fonte: ALMT
Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Política Nacional

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana