conecte-se conosco

Carros e Motos

Renault lança linha 2020 da dupla Sandero e Logan a partir de R$ 46.990

Publicado

Renault Sandero azul arrow-options
Divulgação

Renault Sandero da linha 2020 ganha frente renovada que inclui filetes de LED nos faróis entre as mudanças

A Renault lança a linha 2020 da dupla Sandero e Logan com algumas novidades. Começa com o desenho do para-choque dianteiros e da grade frontal e continua com as lanternas traseiras do hatch, agora com assinatura luminosa de LED, assim como os faróis. Por dentro, além de novos materiais e do volante de três raios multifuncional, os dois modelos passam a ter versões com câmbio automático CVT.

LEIA MAIS: Confira 10 lançamentos que chegarão ao Brasil até o final de 2020

No caso do Renault Sandero , os preços partem de R$ 46.990, na versão básica Life, que vem com quatro airbags, ancoragem Isofix para cadeiras infantis, direção com assistência eletro hidráulica , ar-condicionado, vidros duanteiros e travas elétricas, chave canivete e rodas de aro 15.

As versões 1.6 com câmbio automático CVT são as únicas que vêm com controle eletrônico de estabilidade e assistente de partida em rampa. De mais sofisticado, a versão Zen 1.0 (R$ 49.990) conta apenas com sistema Stop & Start, que desliga o motor quando o carro está parado, tornando a ligá-lo assim que o pedal da embreagem for acionado.

 Além disso, a versão Zen (tanto 1.0 quanto 1.6, de R$ 55.990) tem central multimídia, comando satélite no volante, sensor de estacionamento, ajustes de altura do banco e volante, computador de bordo, alarme e vidros elétricos. Se adicionar o câmbio CVT, o preço da Zen 1.6 passa para R$ 62.990 e inclui rodas de 16 polegadas.

Com motor 1.6, o Sandero topo de linha passa a ser o Intense 1.6 CVT, de R$ 65.490, preço que dá direito a ar-condicionado automático, câmera de ré, faróis auxiliares de neblina, retrovisores elétricos, piloto automático e rodas de aro 16 diamantadas.

Leia mais:  Conheça 5 acessórios perigosos que você deveria evitar

LEIA MAIS:  Conheça 5 carros que poderão sair de linha no Brasil em 2019

Felizmente, a Renault manteve a versão RS 2.0 do Sandero, que sai por R$ 69.690 e motor 2.0 de 150 cv acoplado ao câmbio manual, de seis marchas. O carro incorpora das mudanças visuais do restante da lihnha, mas mantém as mesmas opções de cores da linha 2019 (prata, preto, branco e vermelho). Porém, conforme apurou a reportagem de iG Carros, é possível que passe a ter outras tonalidades mais adiante, como o azul da versão  Intense 1.6.

Entre as principais mudanças da linha Sandero 2020 também se destaca a central multimídia, com   ecnologia Android Auto e Apple Carplay, permitindo usar Spotify, Waze, Google Maps (Android Auto) e áudios de Whatsapp na tela de sete polegadas sensível ao toque capacitiva, com melhor precisão. 

Outra novidade em todas as versões é a chave tipo canivete, com comando de abertura e fechamento das portas. As novas opções de cores para o Sandero são as novas azul Iron (exclusiva do modelo) e cinza Cassiopée. 

Renault Sandero Stepway e Logan 2020

Renault Logan prata arrow-options
Divulgação

Renault Logan 2020 1.6 e câmbio CVT vem com controle de estabilidade e tem duas versões com maior vão livre do solo

 A principal novidade da nova linha do sedã compacto é que nas versões com câmbio CVT X-Tronic (Intense e Iconic) o sedã passa a ter altura elevada da carroceria e molduras nas caixas de roda que dão mais imponência ao modelo. São185 mm, 45 mm a mais que as demais versões. O Logan mais em conta é o Life, de R$ 50.490. Tem os mesmos equipamentos do Sandero correspondente.

Leia mais:  Novo scooter Kymco Agility 200i chega às lojas  a partir de R$ 11.900

Internamente, a versão com apelo aventureiro do Sandero tem elementos que reforçam através do estilo a identidade diferenciada do modelo, como a assinatura Stepway em baixo relevo no detalhe em cromo acetinado do volante, além da identificação 3D e baixo relevo nos bancos e elementos. O bege Dune estreia como cor exclusiva do Stepway.


A transmissão CVT X-Tronic oferece, em todas as versões, a possibilidade de troca manual na alavanca de câmbio. Ao motorista, cabe posicionar a manopla à esquerda para assumir o controle. A opção traz vantagem em desempenho, especialmente nas ultrapassagens e arrancadas.

LEIA MAIS: Renault Logan 1.6 SCe:  sedã renasce com novo motor 16V, feito de alumínio

Pensando no conforto, há o sistema Lock-up com Active Slip Control. Neste sistema, a polia é liberada de forma gradual para que o torque seja transmitido de forma linear. Essa característica garante acelerações com respostas mais vigorosas e sem alternâncias, pois “segura” a polia e a solta de forma gradual para que o torque seja transmitido de forma linear e rápida. 

Confira abaixo como ficaram os preços da linha Renault Sandero e Logan 2020

Sandero 

Life 1.0 – R$ 46.990

Zen 1.0 – R$ 49.990 e Zen 1.6 (R$ 55.990)

Zen 1.6 CVT X-Tronic – R$ 62.990 

Intense 1.6 CVT X-Tronic – R$ 65.490

R.S. 2.0  – R$ 69.690

Logan

Life 1.0  – R$ 50.490

Zen 1.0  – R$ 53.490 e Zen 1.6 – R$ 59.490

Zen 1.6 CVT X-Tronic  – R$ 66.490

Intense 1.6 CVT X-Tronic – R$ 68.990

 Iconic 1.6 CVT X-Tronic – R$ 71.090

Stepway

Zen 1.6 – R$ 61.190

Intense 1.6 CVT X-Tronic – R$ 70.990

Iconic 1.6 CVT X-Tronic  – R$ 73.090 

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
publicidade

Carros e Motos

Toyota terá novo modelo no Brasil, diz governador de SP

Publicado

source
Daihatsu DN Trec arrow-options
Divulgação

Daihatsu DN Trec: protótipo de 2017 antecipa o futuro SUV da Toyota que deverá ser fabricado em São Paulo

A Toyota quer avançar mesmo no ranking das marcas da mais vendidas do Brasil. Atualmente em 6° lugar no acumulado dos oito primeiros meses do ano,  com 8,21% do mercado, de acordo com os números da Fenabrave, a fabricante vai anunciar o início da produção de um novo carro em São Paulo, de acordo com o governador João Dória.

 LEIA MAIS:  Novo SUV da Toyota chegará abaixo do RAV4, com tração integral

Em sua conta no Instagram , Dória diz que a Toyota vai produzir um novo modelo em território paulista e que o anúncio oficial será feito no próximo dia 19, em Nagoya (Japão), para onde ele irá para se reunir com executivos da marca japonesa.

Entretanto, Dória não deu mais detalhes sobre qual modelo será feito nem o valor do investimento da fabricante , ou tampouco a data do início da fabricação. Somente que novos empregos serão gerados em uma das unidades de produção da Toyota, que tem fábricas em São Bernardo do Campo, Sorocaba, Indaiatuba e em Porto Feliz, todas em São Paulo.

 Vale lembrar que o valor mínimo para conseguir abatimento da cobrança de ICMS de 2,5%, pelo programa IncentivAuto, é de R$ 1 bilhão. E que a Toyota ainda não tem nenhum modelo no disputado segmento de SUVs compactos. Portanto, o mais provável é que a marca irá produzir a versão definitiva do protótipo Daihatsu DN Trec , mostrado pela primeira vez no Salão de Tóquio (Japão), em novembro de 2017.

LEIA MAIS: Novos híbridos japoneses conseguem unir versatilidade e economia

O SUV compacto terá a mesma base da nova geração do Toyota Yaris, a TNGA-B. Mede apenas 3,98 metros de comprimento por 1,70 m de largura e 1,60 m de altura. Deverá começar a ser vendido no Brasil apenas em 2021, quando irá enfrentar rivais como Jeep Renegade, Hyundai Creta, Honda HR-V, Nissan Kicks, Ford EcoSport e outros. É bem possível que tenha pela menos uma versão híbrida.

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

JAC Motors lança nova linha de carros elétricos no Brasil

Publicado

source
JAC iEV20 arrow-options
Divulgação

JAC iEV20 é o menor dos novos modelos da marca no Brasil. Mas tem sistema elétrico com até 400 km de autonomia

A JAC Motors apresenta para a imprensa sua linha de modelos elétricos no Brasil que começa a chegar às lojas. Começa pelo iEV40, que está disponível pelo preço sugerido de R$ 153.500, valor que não inclui o carregador que vai instalado na casa do cliente por mais R$ 3,9 mil. Baseado no T40, tem autonomia de 300 km, que pode chegar a 350 no modo Eco.

 LEIA MAIS: JAC Motors terá cinco veículos elétricos no Brasil até meados de 2020

De acordo com a JAC Motors , com o carregador doméstico, instalado em uma rede  de 220V, o carro pode ter 80% de carga em 4 horas saindo de 15%. Além disso, a marca diz que o carro pode atingir 130 km/h e faz de 0 a 100 km/h em 9,8 segundos. Em breve, a reportagem de iG Carro irá avaliar o modelo, quando teremos mais detalhes sobre a novidade.

Em seguida, vem o subcompacto com ares aventureiros iEV20 , que está previsto para chegar às lojas em janeiro de 2020, por R$ 119.900. Conta com motor elétrico, de 68 cv e bons 21,9 kgfm, força disponível logo ao pisar no acelerador. 

Leia mais:  Depois do Brasil, Fiat 500 sai de linha nos EUA após baixa nas vendas

A JAC declara uma autonomia que varia entre 320 e 400 km, dependendo do modo de condução. No que faz maior regeneração de energia o carro fica mais econômico. Faz de 0 a 50 km/h em menos de 3 segundos a atunge 113 km/h, diz a fabricante. 

O próximo modelo elétrico da JAC que chega ao Brasil é o SUV médio iEV60, baseado no T60. Vai estrear no País apenas em julho de 2020. Então, ainda não há muitos detalhes sobre o carro, apenas que tem 380 km de autonomia. Tem o mesmo porte do Jeep Compass. E pela cotação atual, tem estimativa de preço de R$ 198.900.

 Até caminhão elétrico a JAC Motors terá no Brasil

caminhão elétrico da JAC Motors arrow-options
Divulgação

Caminhão elétrico da JAC Motors tem capacidade de até 6 toneladas e custo de manutenção menor que modelos a diesel


No segmento de comerciais, a JAC começa a vender a picape elétrica iEVP330 a partir de abril de 2020, com 320 km de autonomia. Nas primeiras impresões ao dirigir notamos que é um modelo mais voltado para o trabalho e menos para o conforto. Mais adiante também será vendida com motor a gasolina, provavelmente o 1.5, turbo, de 120 cv. E o preço estimado fica entre R$ 115 mil e 120 mil, no caso da versão apenas elétrica.

Leia mais:  Divisão de motos BMW revela conceito que adianta novidades que virão até 2023

 LEIA MAIS:  Volkswagen e JAC fecham acordo para produzir novo elétrico na China

Haverá também o caminhão iEV 1200T, com capacidade de 6 toneladas e 200 km de autonomia Chega em novembro próximo, por R$ 259.900. A marca ressalta que o custo de manujtenção é bem menor que um modelo a diesel, resumindo-se à troca de palhetas do limpador de para-brisa, verificação dos freios e lavagem, aos 20 mil km e, aos 40mil, os mesmos itens com acréscimo da limpeza do ar-condicionado.

Com todos os cinco modelos elétricos no Brasil , o Grupo SHC espera vender em torno de 300 unidades por mês. Mas as vendas deverão deslanchar apenas a partir de 2021. Quanto à produção  no Brasil, essa hipótese está totalmente descartada por uma série de fatores, como a importação com alíquota de 0% e os baixos volumes de vendas

 LEIA MAIS: JAC mostra SUV T80, o mais sofisticado da marca no Brasil

A JAC Motors também informou que acaba de inaugurar uma concessionária na Avenida Europa, em São Paulo, com além de um estacionamento para a recarga de modelos da marca e outras bases elétricas no mesmo local. 

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Política Nacional

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana