conecte-se conosco


Entretenimento

Rachel Sheherazade diz estar sofrendo ameaças de morte por criticar Bolsonaro

Publicado

source

Já que não está podendo dar seus pitacos nas telinhas, Rachel Sheherazade tem aproveitado as redes sociais para criticar o governo de Jair Bolsonaro e os ataques que tem sofrido dos eleitores do presidente.

Leia também: Regina Duarte acata chamado de Bolsonaro contra o Congresso

Jornalista Rachel Sheherazade arrow-options
Divulgação / SBT

Rachel Sheherazade


Nesta quinta-feira (27), Rachel Sheherazade disse em seu Twitter que tem sofrido ameaças na internet desde criticou Bolsonaro na greve dos caminhoneiros, quando ele ainda era candidato. “Campanhas difamatórias, ataques em massa, ameaças de morte, ameaças contra meus filhos têm sido uma rotina desde que ousei criticar o então candidato Jair Bolsonaro, ainda no episódio da greve dos caminhoneiros em 2018.”

Leia também: Marcelo Adnet bomba nas redes depois de imitar Bolsonaro na Sapucaí

A jornalista disse ainda que ela e muitas outras colegas de profissão têm sofrido o mesmo que ela, pois o presidente “tira proveito do ódio que semeia”, como quando atacou o trabalho de uma jornalista durante um discurso. “Não posso afirmar que o presidente está no comando desses ataques a jornalistas, seria leviano. mas não há como negar que ele tira proveito do ódio que semeia. É esse ódio que inspira seus discípulos, que encoraja os covardes, que põe em cheque a própria liberdade de imprensa.”

Leia mais:  Silvio Santos completa 89 anos; relembre a carreira do comunicador

Leia também: Titãs, Arnaldo Antunes e Nando Reis repudiam uso da canção em apoio a Bolsonaro

Rachel Sheherazade aproveitou para questionar até quando os jornalistas sofrerão com ataques de ódio deste tipo e lembrar a importância da profissão na sociedade.





Leia mais:  Repórter da Globo passa mal e desmaia ao vivo; confira o vídeo






Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
publicidade

Entretenimento

Ivy é a nova Líder do “BBB 20” após ser última a deixar prova

Publicado

source

Ivy é a nova líder do ” BBB 20 “. A modelo foi a primeira a apertar o botão na última rodada da prova, já na manhã desta sexta-feira (10), quando disputava o reinado com Mari .

Leia também: “BBB 20”: Rafa Kalimann fala que fez coach antes do programa e revolta web

Ivy arrow-options
Reprodução/Instagram

Ivy é a nova líder do “BBB”


Na prova, os participantes precisavam apertar um botão quando a logomarca da Usaflex aparecesso no telão. A cada rodada, o último brother a apertar o botão estava eliminado.

A primeira eliminada foi Rafa, ainda no program ao vivo na Globo. Na sequência foi Gizelly, Babu, Flay, Thelma e Manu, deixando apenas Mari e Ivy na disputa pela liderança. Segundo Na segunda rodada da prova, a prova ficou suspensa por um período, pois os botões dos brother travaram.

Leia também: Equipe fecha redes sociais de Ivy após acusações de racismo no “BBB 20”

A formação do paredão acontece ainda na noite desta sexta-feira, quando a líder indicará uma pessoa ao paredão e as duas mais votadas pela casa completam os emparedados.

Leia mais:  Abel começa a se reaproximar de Britney em “A Dona do Pedaço”

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
Continue lendo

Entretenimento

Em meio à quarentena, Hungria lança novo single “Made in Favela”

Publicado

source

Hungria lançou seu mais novo single nesta quinta-feira (9). ” Made in Favela ” já está disponível em todas as plataformas digitais para animar o público durante a quarentena. Na última semana, inclusive, o rapper lançou uma música que fala sobre a atual situação do mundo com a disseminação do novo coronavírus.

Leia também: Anitta revela motivo para não fazer shows em live com outros artistas

Hungria arrow-options
Divulgação

Hungria Hip Hop


Quarentena

Em entrevista exclusiva ao Portal iG , Hungria revelou que pretende fazer mais lives. A última que fez bombou na web e, através dela, foi arrecadado R$ 80 mil em doações.

“É algo marcante também para a nossa bandeira do rap”, comemora, apesar de estar com saudade também de se apresentar em público.

Leia também: De Marília Mendonça a Péricles: os próximos shows da quarentena

Na quarentena, o artista aproveita para descansar, mas não deixa de escrever músicas e pensar em projetos futuros. “É bom esse momento para a gente cada vez mais procurar a evolução”, afirmou.

Leia mais:  Repórter da Globo passa mal e desmaia ao vivo; confira o vídeo

Eclético

O rapper atribui o seu dom para a música à sua família e criação, que fez com que ele fosse influenciado por muitos estilos musicais. O artista cita até mesmo Beatles e Zé Ramalho. Mas seu estreitamento com o Hip Hop acabou acontecendo por causa da comunidade em que vivia em Brasíla.

Leia também: Web sobre lives de Péricles e Bruno e Marrone: “Vão enterrar a gente”

“Desde moleque eu sempre tive muito contato com o rap, assim como eu e meus amigos e todas as pessoas daquela comunidade. Então, esse contato me fez seguir mais nessa linha”, disse.

E Hungria mostra que é bastante eclético e que consegue transitar bem entre os polos dentro da música. Ele, inclusive, já participou de feats com cantores sertanejos como Gusttavo Lima e Marília Mendonça. Sobre o preconceito entre estilos musicais, ele diz que “hoje a gente consegue ver uma geração muito eclética, pessoas que escutam todo tipo de música, e eu sou parte dessa geração aí”. 


Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Política Nacional

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana