conecte-se conosco

Mato Grosso

Professora da Escola Heliodoro é vencedora de fase regional do 12º Prêmio Professores do Brasil

Publicado

A professora de língua portuguesa Célia Dione Macedo Silva, da E.E. Heliodoro Capistrano da Silva, localizada em Cuiabá, foi a vencedora da região Centro-Oeste da 12ª edição do Prêmio Professores do Brasil, categoria Ensino Fundamental 6º ao 9º ano. Ela concorreu com o trabalho “Se as mulheres não têm voz, o seu grito não tem som”.

Como prêmio, a professora e demais finalistas regionais ganharam uma viagem para o Canadá, paga pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) para conhecer experiências educacionais daquele país.

Segundo Célia, o foco de seu projeto é combater a violência doméstica, fazendo com que os homens tenham noção da gravidade do problema e passem a respeitar a mulher. A ideia de fazer um trabalho abrangente surgiu durante as aulas de Educação de Jovens e Adultos (EJA), após ouvir relatos de violência doméstica entre os alunos.

“Levei em conta o fato de Mato Grosso estar entre os cinco Estados com maior registro de violência contra a mulher. Fiz um questionário, e na tabulação, o resultado surpreendeu. A maior parte, uma quantidade significativa de alunos e alunas, vivenciou algum tipo de violência em casa”, destaca.

Leia mais:  PM prende em flagrante suspeito de latrocínio em Tangará da Serra

Célia Dione explica que um dos desafios era trabalhar a questão, não como uma bandeira feminista e tampouco uma cruzada contra os homens, mas chamá-los para entender a gravidade que é a violência doméstica. Os alunos dela são jovens e adultos, com idade entre 15 e 50 anos. Ela frisa que o objetivo foi atingido, pois os alunos entenderam a questão do respeito com a mulher.

A professora ressalta que seu trabalho é uma proposta que faz a diferença na vida das pessoas e que pode ser aplicada em qualquer escola do país.  “O engajamento dos alunos é tão grande que até hoje recebo mensagens de ex-alunos que deram continuidade nos estudos e estão fazendo faculdade”.

CANADÁ

Célia Dione e os demais vencedoras das etapas regionais do prêmio viajaram para a capital canadense, Ottawa.  Foram sete dias – de 26 de maio a 1º de junho – para conhecer as experiências educacionais daquele país.  Durantes esse período, os professores visitaram escolas, acompanharam o trabalho dos professores canadenses em sala de aula e visitaram muitos museus.

Leia mais:  UFMT e CGE abrem inscrições para eventos sobre gestão de integridade e compliance

“Os canadenses estão comprometidos com a educação. Eles se orgulham em ter uma educação exemplar”.

PRÊMIO

O Prêmio Professores do Brasil é uma iniciativa do Ministério da Educação, juntamente com instituições parceiras, que busca reconhecer, divulgar e premiar o trabalho de professores de escolas públicas que contribuem para a melhoria dos processos de ensino e aprendizagem desenvolvidos nas salas de aula.

Criado em 2005, o prêmio possui seis categorias: Creche, Pré-Escola, Ciclo de Alfabetização (1º ao 3º ano do Ensino Fundamental), 4º e 5º anos do Ensino Fundamental, 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e Ensino Médio.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Governo do Estado consegue prorrogação para obras da ZPE de Cáceres

Publicado

O Conselho Nacional das Zonas de Processamento de Exportação (ZPE) aprovou nesta quinta-feira (21.11) a prorrogação do prazo para as obras da ZPE de Cáceres (200km de Cuiabá). Com a anuência dos conselheiros, haverá mais 540 dias para que o cronograma seja executado.

“O Governo do Estado está tentando viabilizar a ZPE em Cáceres, que já existe há 30 anos. Com a aprovação da prorrogação do prazo, o Governo, Fiemt e parceiros, como o grupo Itamarati, estará executando o projeto de viabilidade econômica”, explica César Miranda, secretário de Desenvolvimento Econômico.

Para o secretário, a ZPE poderá ser um impulsionador no desenvolvimento da região, com geração de emprego de qualidade e renda ao levar novas indústrias para o local.

A ZPE daria a possibilidade de abertura para o mercado internacional. De acordo com a legislação vigente, 80% do que as indústrias produzirem no local poderá ser exportado e 20% deverá ficar no mercado interno. O novo cronograma físico-financeiro foi aprovado e a ordem de serviço pode ser dada ainda em 2019.

O Conselho é formado por representantes dos Ministérios da Economia, da Infraestrutura, do Desenvolvimento Regional e da Receita Federal.

Leia mais:  Desenvolve MT capacita analistas para dar celeridade ao crédito

O que é

As ZPEs caracterizam-se como áreas de livre comércio com o exterior, destinadas à instalação de empresas voltadas para a produção de bens a serem comercializados no exterior, sendo consideradas zonas primárias para efeito de controle aduaneiro. As empresas que se instalam em ZPE têm acesso a tratamentos tributário, cambiais e administrativos específicos.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Inquérito da morte de engenheira é concluído e suspeito indiciado por homicídio qualificado

Publicado

A Polícia Judiciária Civil, por meio da atuação da Delegacia Municipal de Sorriso (420 km ao norte de Cuiabá), concluiu o inquérito da morte da engenheira agrônoma Júlia Barbosa de Souza, 28 anos, e indiciou Jackson Furlan, 29 anos, por homicídio qualificado, com emprego de meio que dificultou defesa da vítima e por motivo fútil. O delegado responsável, André Eduardo Ribeiro, encaminhou nesta terça-feira (19.11) o inquérito à Promotoria Criminal de Sorriso.

Júlia Barbosa morreu na madrugada do dia 09 de novembro, em um hospital da cidade, após ser atingida por um disparo de arma de fogo efetuado por Jackson contra o carro em que estavam a vítima e seu namorado.

Jackson teve a prisão preventiva cumprida no dia 10 de novembro quando se entregou na delegacia municipal acompanhado de advogados. Ele permanece recluso no Centro de Ressocialização de Sorriso, depois de passar por audiência de custódia na Justiça, que manteve a prisão preventiva.

De acordo com o delegado André Ribeiro, cinco testemunhas foram ouvidas durante as investigações para apurar o homicídio. “Foram juntados diversos vídeos de câmeras de monitoramento das vias públicas por onde passaram os veículos da vítima e do indiciado, além do laudo de local de crime e das oitivas, que foram remetidos ao Ministério Público Estadual”.

Leia mais:  Agricultores familiares plantam 80 hectares de frutíferas em Sorriso

O crime

Em diligências realizadas pela equipe da Delegacia Municipal foram coletadas informações de imagens de câmeras de seguranças que comprovaram o crime. De acordo com a apuração, a vítima e o namorado estavam na casa de amigos e após o jantar, a pedido de Júlia, o casal foi até a conveniência de um posto de combustível, situado na Avenida Natalino Brescancin, região central de Sorriso, onde o namorado comprou chocolate. Após a compra, o casal seguiu na camionete Hillux  para dar um último passeio, antes de retornar para casa.

No percurso, um veículo Gol preto passou a andar devagar pela via, fazendo com que o veículo em que estava o casal também reduzisse a velocidade. Neste momento, o indiciado, também conduzindo uma camionete Hillux, se aproximou do veículo do casal, passando a buzinar e a forçar passagem pela via estreita e que possui fluxo lento. 

O veículo onde estava a vítima seguiu em velocidade reduzida, compatível com aquele momento, o que provavelmente enfureceu o suspeito, que estava embriagado. Jackson passou a seguir o veículo do casal, que tentou fugir pelas ruas da cidade. Próximo ao Hospital 13 de Maio, na Avenida Brasil, Furlan disparou contra o veículo do casal.

Leia mais:  Atrações da semana incluem música, humor, cinema e artes visuais

O projétil transfixou o vidro traseiro do veículo e atingiu a vítima, que foi socorrida pelo namorado e levada até o hospital próximo. Entretanto, mesmo com atendimento imediato da equipe médica, a engenheira não resistiu ao ferimento. Júlia estava na cidade visitando o namorando e morava no interior do Paraná.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Política Nacional

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana