conecte-se conosco

Policial

Polícia Civil recupera carga de carnes avaliada em mais de R$ 500 mil em Várzea Grande

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Duas pessoas envolvidas no desvio de uma carga de carne avaliada em R$ 520 mil foram presas em flagrante pela Polícia Civil, na segunda-feira (12.08), durante investigações desencadeadas pela Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE). A ação resultou ainda na apreensão de dois veículos que davam apoio a ação criminosa.

O suspeito, Jean Davis Soares Pinto e o motorista da carreta, Edson Rodrigues de Godoi, foram autuados em flagrante pelos crimes de furto e associação criminosa. Jean ofereceu dinheiro aos policiais para não ser preso e também responderá pelo crime de corrupção ativa.

As investigações iniciaram após os policiais da DRE receberem informações de que os suspeitos utilizariam um caminhão Mercedes Benz para transportar drogas na Rodovia dos Imigrantes, região do Trevo do Capão Grande. Em monitoramento da região, os policiais visualizaram o caminhão próximo ao galpão de uma empresa, com as portas da câmara fria abertas conjugado com outro caminhão também com portas abertas.

Leia mais:  Sesp e MJSP iniciam Operação Integrada Vigia no Pantanal e na Fronteira

Diante das suspeitas, os policiais mantiveram a vigilância do local conseguindo identificar dois veículos, um Toyota Corolla e um Chevrolet Cobalt, que acompanhava e dava apoio a ação dos criminosos. Cerca de uma hora após o início do monitoramento, o caminhão saiu do galpão escoltado pelo veículo Chevrolet Cobalt.

Os policiais seguiram a carreta que foi estacionada próximo a empresa Energisa em Várzea Grande. Com base no monitoramento, os investigadores conseguiram identificar alguns integrantes da quadrilha e por volta de 02 horas da manhã, realizaram a abordagem do suspeito Jean em sua residência, no bairro Hélio Ponce.

Questionado, o suspeito confessou que o caminhão estava com uma carga de carnes furtada, avaliada em cerca de R$ 520 mil, e que seria vendida pelos criminosos pelo valor de R$ 140 mil. No momento da prisão, Jean ofereceu dinheiro aos policiais para que não fosse preso, cometendo também o crime de corrupção ativa.

Após a prisão do suspeito, os policiais conseguiram localizar os veículos Corolla e Cobalt que davam apoio a ação criminosa na residência da mãe de outro integrante do grupo.

Leia mais:  Polícia Civil realiza palestra sobre drogas lícitas e ilícitas para estudantes em Carlinda

Em continuidade as diligências, caminhão que estaria transportando a carga, um caminhão cavalo e semirreboque antes de ser furtada, foi identificado sendo constatado que o motorista também tinha participação no furto. Ao ser abordado, o condutor da carreta, confessou que receberia R$ 10 mil, para fingir ter sido vítima de roubo da carga, fato que seria noticiado na cidade de São Paulo SP.

Os suspeitos foram conduzidos a DRE onde após serem interrogados pelo delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, foram autuados em flagrante pelos crimes de furto e associação criminosa. “O procedimento foi encaminhado a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande, que dará andamento nas investigações, uma vez que outros integrantes da quadrilha já foram identificados”, disse o delegado.

 

 

 

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
publicidade

Policial

Polícia Civil prende receptador que comercializava produtos ilícitos no shopping popular

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um homem que receptava produtos adquiridos através de falsas vendas em uma loja de pneus e peças automotivas em Várzea Grande foi preso pela Polícia Judiciária Civil, na sexta-feira (17.01), em trabalho realizado pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos do município (DERF-VG).

A prisão do suspeito aconteceu após a equipe de policiais da DERF-VG receber informações de que peças compradas ilegalmente na empresa, através de compras não autorizas pelos clientes cadastrados, estavam sendo entregues a um terceiro que as comercializava no estabelecimento conhecido como “Shopping Popular” na Capital.

Segundo as investigações, um funcionário era o responsável pelas vendas paralelas, utilizando o cadastro dos clientes para simular as compras e repassar o produto para o terceiro, sem que o valor entrasse para a empresa.

Com informação de que a mercadoria seria entregue no shoppingo popular, os policiais da DERF-VG diligenciaram até o local, onde conseguiram realizar a abordagem do suspeito no momento da entrega dos produtos.

O proprietário da banca do shopping popular, responsável pela venda dos produtos foi encaminhado a especializada, onde após ser interrogado, foi autuado em flagrante pelo crime de receptação qualificada, o qual não cabe fiança, sendo o suspeito encaminhado para audiência de custódia.

Leia mais:  Polícia Civil apreende drogas, armas, munições e dinheiro com casal de traficantes

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil cumpre mandados e prende traficantes em Nova Monte Verde

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Seis mandados de busca e apreensão domiciliar foram cumpridos pela Polícia Judiciária Civil, na sexta-feira (17.01), com objetivo de combater o tráfico de drogas no município de Nova Monte Verde (968 km ao Norte de Cuiabá). A ação resultou na apreensão de uma arma de fogo, munições e porções de entorpecentes.

Três pessoas (dois homens e uma mulher) localizadas em um dos alvos foram presas em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.  Os irmãos, proprietários da residência em que foram encontrados os objetos ilícitos responderão também por posse ilegal de arma de fogo e munições.

A operação tinha o objetivo de dar cumprimento a mandados de busca e apreensão domiciliar expedidos pela Justiça, com base em investigações realizadas pela Delegacia de Nova Monte Verde, que identificaram pontos de venda de drogas no município.

As investigações foram inciadas pelo delegado Eugênio Rudy Junior (titular da Delegacia de Nova Monte verde à época) e os mandados foram cumpridos na operação coordenda pelo delegado Pablo Carneiro (atual titular).

Leia mais:  Projetos Sociais PJC intensificam ações preventivas em escolas da região metropolitana e interior do Estado

Em buscas em um dos alvos, os policiais conseguiram localizar uma pistola calibre 765, além de porções pequenas de maconha, pasta base e cocaína. Segundo o delegado, Pablo Carneiro, além da droga, também foi apreendido um caderno de anotações com referências ao tráfico de drogas na região.

“Por conta das apreensões realizadas na casa corroboradas com o relatório de investigações feito pela delegacia, foi lavrado o auto de prisão em flagrante dos três suspeitos que estavam no local pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico“, disse o delegado.

 

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Política Nacional

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana