conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil prende mulher que tentava transferir veículo utilizando documento falso

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Uma mulher que usava documento falso para transferir para o seu nome a motocicleta do marido já falecido foi presa em flagrante pela Polícia Judiciária Civil, na quinta-feira (23.01), em ação realizada pela equipe da Divisão Especializada de Roubos e Furtos (DERF) de Sorriso (442 km ao Norte de Cuiabá).

As diligências iniciaram após a equipe da DERF ser acionada pelo cartório do 2º Ofício da Comarca de Sorriso. Segundo as informações, na segunda-feira (20), a mulher compareceu no estabelecimento para fazer o reconhecimento de sua assinatura, porém ao entrarem em contato com cartório de Várzea Grande foi informado que se tratava de uma falsificação.

Também foi informado que o selo de autentificação não foi gerado pelo Cartório de Várzea Grande, como constava no documento de Certificado de Registro de Veículo, apresentado pela suspeita. Ao ser abordada pelos policiais da DERF, a suspeita disse que a motocicleta estava em nome do seu marido, que faleceu há dois anos.

Leia mais:  Projeto ‘Papo de Homem para Homem’ conscientiza agressores sobre atitudes machistas

Ela disse que o veículo estava apreendido e precisava dele para trabalhar e por isso procurou o proprietário de uma autoescola em Matupá que disse que poderia ajudar na liberação do veículo, cobrando R$2,5 mil para “fazer os documentos” e reconhecer firma. Após receber os documentos, a mulher foi orientada a fazer o reconhecimento da assinatura no Cartório de Sorriso, ocasião em que foi descoberta.

Diante da situação, a suspeita foi conduzida a Delegacia de Sorriso, onde após ser interrogada foi autuada em flagrante pelo crime de uso de documento falso. As investigações continuam em andamento para localizar o suspeito de falsificar os documentos.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
publicidade

Policial

Polícia Civil prende casal por prática de estelionato

Publicado

Assessoria/PJC-MT

Um casal suspeito de envolvimento em estelionato foi preso pela Polícia Judiciária Civil do município de Sinop (500 km ao norte de Cuiabá), na tarde de quarta-feira (26.02). A mulher foi autuada em flagrante delito e o companheiro foi preso em cumprimento a mandado de prisão.

A suspeita de 27 anos possui cerca de quinze boletins de ocorrências registrados contra ela, sendo a maioria por estelionato, e vinha trabalhando como motorista de aplicativo. Ao fazer uma corrida, a mulher cobrou do cliente o valor bem acima do devido. A corrida era de R$ 20,00 e ao passar o cartão, a motorista cobrou o valor de R$ 4 mil.

Logo que o cliente observou a quantia errônea cobrada, a motorista foi procurada para fazer o ressarcimento, e como forma de devolução a mesma entregou à vítima uma folha de cheque preenchida no valor de R$ 4 mil. Porém, ao fazer a consulta do cheque foi verificado que se tratava de produto de furto ocorrido em outubro de 2019, na cidade de Sorriso.

Leia mais:  Projeto ‘Papo de Homem para Homem’ conscientiza agressores sobre atitudes machistas

Na ocasião do furto em Sorriso, a suspeita foi detida em flagrante e ficou presa por mais de 30 dias, em uma unidade prisional feminina de Nortelândia. Segundo apuração, ela possuía vários cheques da vítima moradora de Sorriso e estava utilizando as ordens de pagamento para outras vítimas.

Já o seu companheiro foi detido ao comparecer na Delegacia de Polícia de Sinop para fazer a retirada do veículo que a esposa conduzia no momento da abordagem. Contra o homem foi constatado um mandado de prisão em aberto, decretado pela Comarca de Sorriso em novembro de 2019, também por estelionato.

A suspeita autuada em flagrante por estelionato. Após as providências cabíveis, ambos foram encaminhados para audiência de custódia do Poder Judiciário.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil promove atividades de qualidade de vida para servidoras

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Em alusão ao “Dia Internacional da Mulher”, comemorado em 8 de março, a Polícia Judiciária Civil, por meio da equipe psicossocial da Coordenadoria de Gestão de Pessoas, promoverá em Cuiabá um evento no dia 06 de março, com diversas atividades.

A programação será realizada em períodos (matutino e vespertino) e terá ações preparadas especialmente para as profissionais da Polícia Civil, voltadas ao bem-estar, valorização e autoestima das servidoras.

No cronograma terão atividades de massagem neurocirculatória e massagem quick, técnicas que visam proporcionar benefícios para a saúde física e mental da pessoa, além de potencializar e estimular qualidade de vida.

Haverá também a apresentação da prática corporal chinesa conhecida como Chi Kung e a Terapia Comunitária Integrativa (TCI), que trazem na essência a harmonia e fortalecimento do sistema corporal, aumento da longevidade, entre outros auxílios e estímulos importantes para o aconchego e felicidade.

O evento é realizado pela Gerência de Aplicação, Desenvolvimento, Saúde e Segurança, da Coordenadoria de Gestão de Pessoas da Polícia Civil, em parceria com o Instituto de Pesquisa e Ensino Avançado (IPEA) e Unidade de Referência de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (URPICS) da Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá.

Leia mais:  Polícia Civil participa de caminhada no Combate a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes em Colíder

Para as atividades do período vespertino, que ocorrerá no Horto Florestal Tote Garcia, em Cuiabá, é necessário fazer a inscrição até o dia 05 de março (quinta-feira) pelos telefones (65) 3613-5627 e/ou 99972-5945.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Política Nacional

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana