conecte-se conosco

Policial

Polícia Civil prende casal por tráfico de drogas na Capital

Publicado

 Assessoria | PJC-MT

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE) com apoio da Diretoria de Inteligência (DI),  cumpriu mandado de prisão em desfavor de G.S.N. 36 anos e prendeu em flagrante L.M.P.F., 22 anos, na manhã desta sexta-feira (07.06). As prisões ocorreram em cumprimento ao mandado de busca e apreensão na residência do casal, localizada no bairro São José, em Cuiabá.  

O casal foi autuado por tráfico de drogas e associação de tráfico. A mulher estava com mandado de prisão, da 2ª Vara Criminal, pelos crimes roubo e receptação. Ambos foram encaminhados para audiência de custódia.

Na ocasião, os investigadores de polícia localizaram no interior da residência materiais de natureza ilícita, o que comprova o levantamento policial que motivou o mandado de busca e apreensão. No guarda-roupa do quarto do casal foi encontrado uma grande quantidade de cocaína.

Sendo uma porção grande e duas porções pequenas de substância análoga a cocaína, outra porção média de substância análoga a pasta base de cocaína, uma balança de precisão para pesar o entorpecente contendo resquício da droga. Além de plástico, sacolas e fita adesiva, material este usado para embalar as substâncias entorpecentes

Leia mais:  Polícia Civil identifica menores autores de furto e recupera objetos furtados

Os policiais civis apreenderam ainda uma prensa hidráulica, utilizada para o preparo de “tijolos” ou “peças” de drogas, para serem comercializadas.

Também foi encontrado no local mais de R$ 3 mil em dinheiro, o que caracteriza o comércio ilegal do entorpecente.

Os suspeitos foram encaminhados a DRE. O mandado de busca e apreensão foi expedido pela Décima Terceira Vara Especializada em Delito Tóxico da Comarca de Cuiabá/MT.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
publicidade

Policial

Trio envolvido em homicídio em Araguainha é preso logo após o crime

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Os três autores de um homicídio bárbaro, ocorrido na cidade de Araguainha, foram presos em flagrante pela Polícia Civil de Alto Araguaia com apoio da Polícia Militar, na segunda-feira (18.06), logo após o crime. Os suspeitos, Rosimar Neves da Rocha, 28, Ruan Fernandes da Silva, 18, e Thiago Augusto da Silva, 32, confessaram o crime e foram autuados em flagrante por homicídio qualificado.

O crime que vitimou, Geraldo Pereira Bezerra, 32, ocorreu na madrugada de 18 de junho, na casa da vítima, no Centro de Araguainha. Na ocasião, a vítima foi surpreendida pelos criminosos, que inicialmente o torturaram com golpes de faca e depois atearam fogo em seu corpo.

A Polícia Militar foi acionada por vizinhos que perceberam a ação dos criminosos. Quando a equipe chegou ao local, a vítima ainda estava com vida, porém logo em seguida não resistiu aos ferimento e morreu no local.

Diante da situação, as equipes da Polícia Civil e do Núcleo Investigativo Operacional (NIO) da Delegacia de Alto Araguaia foram acionadas e sob a coordenação do delegado Carlos Roberto Moreira de Oliveira, agiram rápido, conseguindo identificar e prender os autores do crime.

Leia mais:  Polícia Civil cumpre 63 mandados contra duas organizações atuantes em jogos de azar em MT

Questionados, os suspeitos confessaram o crime e disseram que executaram a vítima por conta de um desentendimento entre eles. Após serem detidos, os autores foram encaminhados para Delegacia de Alto Araguaia, onde o flagrante foi lavrado pelo delegado Fernando Fleury.

A ação contou com a participação de policiais militares de Ponte Branca, investigadores plantonistas da Delegacia de Polícia Civil de Alto Araguaia, e com a equipe de Policiais do Núcleo Investigativo Operacional (NIO) da mesma Delegacia.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Autores de roubo em Alto Araguaia têm prisão cumprida em Goiás

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Três autores de crime de roubo cometido no município de Alto Araguaia (415 km ao Sul) foram presos pela Polícia Civil de Mato Grosso no Estado de Goiás. A ação foi deflagrada com apoio da Polícia Militar local para cumprimento dos três mandados de prisão em abertos.  

Com as prisões decretadas pela Comarca de Alto Araguaia, os suspeitos D.P.B., 21, I.G.C.J., 22, e L.R.M., 42, foram localizados e presos na terça-feira (19.06), na cidade de Santa Rita do Araguaia (GO).

Os três foram descobertos nas diligências pra apurar um roubo ocorrido no ano de 2018, no centro da cidade de Alto Araguaia. Na ocasião, indivíduos com armas de fogo assaltaram um estabelecimento comercial, o qual também atuava como correspondente bancário.

As investigações realizadas pelo Núcleo Investigativo Operacional (NIO), da Delegacia de Polícia de Alto Araguaia, identificaram o trio como os responsáveis pelo crime. Diante dos indícios a Polícia Civil representou pelos pedidos de prisão dos envolvidos.  

Leia mais:  Suspeito de homicídio em saída de boate é preso em Campo Novo do Parecis

Com as ordens judiciais decretadas pela Justiça, a equipe de policiais civis do NIO conseguiu levantar o paradeiros dos investigados em Santa Rita do Araguaia (GO), região de divisa com Mato Grosso. A ação para prisão dos três procurados contou com apoio da Polícia Militar de GO. 

Após cumprimento dos mandados de prisão, os presos foram levados para Delegacia de Alto Araguaia, e posteriormente transferidos para Cadeia Pública onde permanecerão à disposição da Justiça.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Política Nacional

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana