conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil prende casal por prática de estelionato

Publicado

Assessoria/PJC-MT

Um casal suspeito de envolvimento em estelionato foi preso pela Polícia Judiciária Civil do município de Sinop (500 km ao norte de Cuiabá), na tarde de quarta-feira (26.02). A mulher foi autuada em flagrante delito e o companheiro foi preso em cumprimento a mandado de prisão.

A suspeita de 27 anos possui cerca de quinze boletins de ocorrências registrados contra ela, sendo a maioria por estelionato, e vinha trabalhando como motorista de aplicativo. Ao fazer uma corrida, a mulher cobrou do cliente o valor bem acima do devido. A corrida era de R$ 20,00 e ao passar o cartão, a motorista cobrou o valor de R$ 4 mil.

Logo que o cliente observou a quantia errônea cobrada, a motorista foi procurada para fazer o ressarcimento, e como forma de devolução a mesma entregou à vítima uma folha de cheque preenchida no valor de R$ 4 mil. Porém, ao fazer a consulta do cheque foi verificado que se tratava de produto de furto ocorrido em outubro de 2019, na cidade de Sorriso.

Leia mais:  Polícia Civil de Barra do Bugres prende mais um homem por agressão contra companheira

Na ocasião do furto em Sorriso, a suspeita foi detida em flagrante e ficou presa por mais de 30 dias, em uma unidade prisional feminina de Nortelândia. Segundo apuração, ela possuía vários cheques da vítima moradora de Sorriso e estava utilizando as ordens de pagamento para outras vítimas.

Já o seu companheiro foi detido ao comparecer na Delegacia de Polícia de Sinop para fazer a retirada do veículo que a esposa conduzia no momento da abordagem. Contra o homem foi constatado um mandado de prisão em aberto, decretado pela Comarca de Sorriso em novembro de 2019, também por estelionato.

A suspeita autuada em flagrante por estelionato. Após as providências cabíveis, ambos foram encaminhados para audiência de custódia do Poder Judiciário.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
publicidade

Policial

Suspeito de furto de peças de caminhões em Sapezal tem prisão cumprida em VG

Publicado

Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem suspeito de furtar peças de caminhões foi preso nesta terça-feira (07.04), em Várzea Grande, em cumprimento a um mandado expedido pela Justiça de Sapezal (480 km a noroeste de Cuiabá).

A prisão foi cumprida por equipes da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande, em apoio à Delegacia da Polícia Civil de Sapezal.

De acordo com as investigações, o suspeito, junto com outra que se encontra presa, teria realizado diversos furtos em Sapezal na madrugada do dia 14 de fevereiro deste ano. Com base nas apurações foi representada pela prisão preventiva de ambos, decretada pelo Juízo da Comarca local.

As investigações prosseguem pela Delegacia de Sapezal para identificar se os suspeitos praticaram outros furtos de peças automotivas na cidade.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Leia mais:  Polícia Civil prende casal de traficantes no bairro Colina Verdejantes em Várzea Grande
Continue lendo

Policial

Vítimas de violência doméstica podem buscar orientação psicológica por telefone

Publicado

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil criou, por meio da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cuiabá (DEDM) um canal de atendimento psicológico por telefone, para as vítimas que são atendidas pela unidade policial na Capital.

O atendimento é realizado pelo número (65) 99973-4796, onde a psicóloga da delegacia recebe mensagens, via áudio ou texto, ou ligações. O telefone recebe mensagens também pelo aplicativo whatsapp.

A delegada titular da DEDM, Jozirlethe Criveletto, explica que o serviço é para este período em que são necessários o distanciamento ou isolamento social e a redução de pessoas em circulação nas ruas e unidades policiais. “Continuamos atendendo as vítimas nas situações em que é necessário o serviço presencial. E para o atendimento psicológico, que pode ser realizado por telefone, disponibilizamos o serviço em que nossa profissional faz a escuta ativa, recebe mensagens e faz as orientações para as vítimas”.

A delegada reforça ainda que pela Delegacia Virtual (www.delegaciavirtual.mt.gov.br) as vítimas podem fazer o pré-registro de ocorrências como injúria, ameaça, calúnia, difamação, constrangimento ilegal e violação de domicílio no âmbito de violência doméstica. Para validação do pré-registro da ocorrência, a pessoa deve ligar em um dos números: (65) 3901-4839 / (65) 99989-4035 / 98463-2525.

Leia mais:  DRE recupera veículo roubado durante investigação de combate ao tráfico de drogas

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Política Nacional

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana