conecte-se conosco

Policial

Polícia Civil indicia dois suspeitos de estelionato em Sapezal

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Uma fraude praticada contra uma empresa de agronegócio em Sapezal levou a detenção de duas pessoas na última sexta-feira (10). O gerente da empresa e mais uma pessoa vão responder por crime de estelionato e falsidade ideológica.

Os suspeitos R.F.F. 52 anos, que seria o dono de uma empresa de fachada e o gerente da empresa vítima, M.R.M, 49 anos, foram autuados em flagrante.

O gerente teria montado a empresa de fachada para prestar serviços a própria firma que trabalhava. O proprietário percebeu que vários cheques tinha sido emitidos para a tal empresa, que na realidade não prestava nenhum serviço, mas vinha recebendo valores vultosos, incompatíveis com o mercado.

O comunicante, que é proprietário da empresa, relatou que no último dia 02 de maio foi informado pela instituição financeira que um cheque emitido para pagamento de uma prestação de serviço, estava sendo depositado pelo gerente geral da empresa, M.R.M., em sua conta pessoal.

A partir de então foram solicitadas microfilmagens dos cheques emitidos em favor do prestador de serviço R.F.F., bem como solicitado ao setor administrativo da empresa que emitisse relatórios das transações e levantamentos dos contratos a fim de averiguar internamente os indícios de fraude na empresa.

Leia mais:  Polícia Civil prende trio por latrocínio de vigilante em fazenda de Livramento

Nos contratos foi verificado que havia apenas um contratado e que os valores eram substancialmente maiores que os vigentes no mercado para prestação de serviços de funilaria em algodoeira.

A vítima observou ainda que os cheques relacionados com os contratos em questão foram depositados na conta do suspeito e que tal prática pode estar ocorrendo desde 2011.

Nesta sexta-feira (10.05), o suspeito utilizou a senha da vítima para viabilizar a troca dos cheques no valor de R$ 50 mil, sem que o proprietário da empresa (comunicante) soubesse da transação bancária.

A equipe de policiais civis conduziu os suspeitos até a Delegacia de Sapezal e na carteira de M.R.M. foi encontrada a folha de cheque da referida instituição bancária no valor de  R$ 38.350,00.

Na carteira do suspeito R.F.F., a Polícia Civil encontrou outra folha de cheque no valor de R$ 50 mil. Ambos foram indiciados pela Autoridade Policial de Sapezal.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
publicidade

Policial

Polícia Civil prende em Várzea Grande foragida com com dois mandados de prisão

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Uma foragida da Justiça com dois mandados de prisão em aberto foi presa pela Polícia Judiciária Civil, na tarde de quarta-feira (21.08), em Várzea Grande, durante ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá.

Com duas ordens de prisão expedidas pelo Poder Judiciário, pelo crime de tráfico de drogas, Francisrayny Pessoa de Araujo, 32, foi presa em uma residência no bairro Deputado Milton Figueiredo, Várzea Grande.

A suspeita era procurada, por um pedido de prisão decretado pela 3ª Vara Criminal da Comarca de Pontes e Lacerda (448 km a Oeste), e outro mandado expedido pela 2ª Vara Criminal da Comarca da Capital.

As diligências iniciaram após a equipe da Derf-Cuiabá, receber uma ordem de serviço para cumprimento dos dois mandados. No decorrer das investigações, os policiais civis lograram êxito em surpreender a suspeita no bairro Deputado Milton Figueiredo.

Em cumprimento as duas ordens judiciais, a mesma foi conduzida até a Derf-Cuiabá para providências cabíveis, e posteriormente apresentada para audiência de custódia, ficando à disposição do Poder Judiciário.

 

Leia mais:  Polícia Civil prende trio por latrocínio de vigilante em fazenda de Livramento

 

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende assaltante envolvido em roubo a residência do bairro Pascoal Ramos

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um dos autores de um roubo a residência, ocorrido no bairro Pascoal Ramos, teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, na quarta-feira (21.08), após ser identificado em investigações da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá.

O suspeito, Jorge Eduardo Arruda Costa Sousa, teve a ordem de prisão decretada pelo crime de roubo majorado, cometido junto a mais dois comparsas que também já foram identificados e continuam foragidos.

O crime aconteceu no dia 28 de abril, quando três homens invadiram a residência da vítima, que foi rendida junto a seus familiares. As vítimas foram amarradas e mantidas dentro de um quarto, enquanto os criminosos recolhiam os objetos da casa.

No final da ação, os assaltantes fugiram, levando além dos bens subtraídos, o veículo Renault Duster da família. Assim que foi acionada do roubo, a equipe da Derf Cuiabá iniciou as diligências investigativas conseguindo identificar Jorge Eduardo como um dos autores do crime.

Com base nos levantamentos, o delegado, Eduardo Rizzoto de Carvalho, representou pela prisão preventiva do suspeito, que foi decretada pela Justiça. Na quarta-feira (21), os policiais da Derf conseguiram capturar o autor do assalto, no bairro Alameda, em Várzea Grande, próximo a casa de seus pais.

Leia mais:  Polícia Civil prende trio por latrocínio de vigilante em fazenda de Livramento

Após ter a prisão cumprida, o suspeito foi encaminhado para audiência de custódia, ficando a disposição da Justiça. As diligências estão em andamento para prender os outros dois envolvidos no crime, já identificados nas investigações da Derf.
 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Política Nacional

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana