conecte-se conosco

Economia

Petrobras avança no processo de venda de ações da BR Distribuidora

Publicado


Petrobras
Divulgação

Companhia já solicitou à Anbima a análise prévia da oferta pública de ações da subsidiária

Após a decisão do Supremo Tribunal Federal ( STF ), que autorizou o governo a vender subsidiárias de estatais sem ter de ser aprovado pelo Legislativo, a Petrobras deu mais um passo para vender o controle da BR Distribuidora , sua subsidiária líder no mercado de distribuição de combustíveis.

Leia também: Reforma da Previdência: vai ganhar mais no INSS quem trabalhar mais tempo

Nesta sexta-feira (7), a Petrobras informou que solicitou à Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) a análise prévia da oferta pública de ações da BR Distribuidora.

No mês passado, o Conselho de Administração da petroleira aprovou a venda de ações da BR Distribuidora por meio de oferta pública secundária (folow-on). O objetivo é vender o controle da companhia, reduzindo a participação da estatal dos atuais 70% para cerca de 40%.

Em nota, a Petrobras explicou que o pedido de registro da oferta está em análise e, portanto, “a oferta somente terá início após a concessão dos devidos registros pela CVM .”

Leia mais:  Veja como cada deputado votou no texto-base da reforma da Previdência

De acordo com a Petrobras, “não será realizado nenhum registro da oferta ou das ações em qualquer agência ou órgão regulador do mercado de capitais de qualquer outro país, exceto no Brasil, junto à CVM”.

A Petrobras destacou ainda que vai manter o mercado e seus acionistas informados sobre quaisquer fatos e decisões relevantes relativas à oferta.

Leia também: Presidente do BNDES não descarta moeda única entre Brasil e Argentina

Fonte: IG Economia
Comentários Facebook
publicidade

Economia

Governo federal multa Santander por envio não autorizado de cartão de crédito

Publicado

source
santander arrow-options
Reprodução/Facebook

Santander

O Banco Santander S.A foi multado no valor de R$ 750 mil por envio de cartão de crédito a consumidores sem solicitação prévia . A sanção foi aplicada pela Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC).

O Superior Tribunal de Justiça tem uma súmula sobre o tema, que considera como prática comercial abusiva. Segundo a secretaria, a ausência de manifestação por parte do cliente viola a liberdade de escolha e a autonomia de vontade.

A empresa ainda tem o prazo de 10 dias para apresentar apresentar recurso administrativo.

Fonte: IG Economia
Comentários Facebook
Leia mais:  Previdência deve passar neste mês: vale a pena tentar antecipar aposentadoria?
Continue lendo

Economia

‘Preço da passagem vai cair’, garante presidente da Azul

Publicado

source
azul arrow-options
Divulgação/Azul

John Rodgerson afirma que investiu em aviões novos e mais econômicos para conseguir baixar o valor dos bilhetes

O valor das passagens aéres no Brasil deve cair dentro de um ano. É o que garantiu o presidente da Azul Linhas Aéreas, John Rodgerson, em entrevista à revista Veja.

O gestor reconhece que o preço da passagem é alto no país e para ele, o caminho é investir em tecnologia de aeronaves que gastem menos combustível . Dessa forma, com o consumo menor, o valor de operação cai e isso vai refletir no preço dos bilhetes .

A aposta para a queda de preços é uma aeronave da Embraer, que queima 25% a menos de combustível e a Azul já encomendou 50 delas.

Após falar sobre o valor das passagens, John também reclamou da falta de infraestrutura de turismo no Brasil , e que é “uma vergonha” que as pessoas prefiram “ir à Flórida” a conhecer melhor o próprio país.

“Sempre pergunto para empresários quem conhece Foz do Iguaçu. Poucos foram, mas todos conhecem Paris. Precisamos atacar os custos e tornar investimentos mais frequentes para que o brasileiro viaje mais”, disse.

Leia mais:  Bolsonaro lança pacote que estimula emprego entre jovens e idosos

Rodgerson apontou ainda que o Brasil, inclusive, está começando a se conectar mais agora com voos diretos entre capitais sem que precisem passar pelo que chama de “triângulo”, entre São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.

Para ele, conectar pessoas ajuda o Brasil crescer. “Em todo estado que vou os governadores pedem mais voos por que isso traz emprego. Os restaurantes ficam mais cheios, os hotéis ficam mais cheios, as pessoas fecham mais negócio”, esclareceu.

Fonte: IG Economia
Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Política Nacional

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana