conecte-se conosco

Mulher

Perigoso? Mãe diz que crianças não devem ficar sozinhas em público e abre debate

Publicado

É arriscado deixar uma criança de oito anos brincar sozinha fora de casa? Uma mãe abriu debate sobre a idade ideal para deixar os menores desacompanhados em público quando expôs na internet a situação que ela presenciou ao levar o filho ao parque.

Leia também: Bater nos filhos para castigá-los é aceitável? Mãe se arrepende e pede conselhos

mãe acha perigoso criança brincar sozinha
shutterstock

Uma mãe achou perigoso uma criança de oito anos brincar sozinha no parque, sem acompanhamento de um responsável


A mãe não identificada relatou tudo o que aconteceu no fórum do site britânico Mumsnet . Ela inicia o texto explicando que levou seu filho ao parque por volta das 18h30 e uma criança de oito anos, que brincava sozinha, se aproximou e começou a brincar com ele.

A mulher afirma que ficou preocupada com o fato do menino estar desacompanhado àquela hora do dia. “Eu olhei em volta e procurei por sua mãe, mas não consegui ver ninguém. Esperei mais cinco minutos e ainda não tinha ninguém. Então decidi fazer meu filho perguntar algumas coisas para ele”, diz.

Com essa iniciativa, a mulher descobriu que o garoto desacompanhado tinha oito anos e estudava em uma escola no mesmo bairro do parque . “Perguntei se a mãe dele estava lá e ele disse que não, que ela estava em casa”, conta a mãe, que também questionou onde a criança morava e constatou ser um pouco distante da sua casa.

Leia mais:  Expulsa de casamento, madrinha envia cobrança de R$6,5 mil para noiva

Leia também: Autora reabre debate ao dizer que deixar chorar é melhor método para bebê dormir

Quando decidiu ir embora, ela incentivou o menino desacompanhado a ir junto com eles. “Eu vi ele pedalar e voltar para a casa dele em segurança”, ressalta.

Tem idade para ficar sozinho na rua?

criança brincando
shutterstock

Tem idade ideal para a criança começar a brincar desacompanhada? A situação abriu um debate sobre isso


No decorrer da publicação, a mãe se diz preocupada com o fato de uma criança dessa idade andar e brincar sozinha , sem nenhum adulto responsável na supervisão. “Eu poderia ser uma predadora ou pedófila. Ele também estava pedalando no meio da rua, o que poderia levá-lo a ser ferido ou atropelado por um carro!”, explica a mulher.

Ela finaliza o texto afirmando conhecer a escola que o garoto estuda e diz pensar em expor a situação aos profissionais da instituição.

A reação da web

criança
shutterstock

O menino de oito anos que motivou o dilema na internet brincava e andava de bicicleta sozinho no parque


A postagem gerou um dilema nos comentários, com vários internautas relatando não terem visto nenhum problema no fato da criança brincar sozinha. “Meu filho de oito anos vai sozinho. É ridículo considerar a possibilidade de denunciar que uma criança tem permissão para ir a um parque a cinco minutos de sua casa”, opina uma.

Leia mais:  Vale a pena investir em água de coco e isotônico para curar a ressaca?

“Talvez seu filho não tenha bom senso, mas isso não significa que outras crianças não tenham. A criança em questão não começou a falar com você, ele começou a brincar com seu filho”, afirma outro.

Leia também: Loja gera polêmica ao vender minissaias jeans para bebês: “São muito curtas”

Algumas pessoas, porém, concordaram com a preocupação da mãe e também não deixariam os filhos brincarem sozinhos. “Eu concordo com você. Só porque é dia não significa que muitas crianças não são raptadas, estupradas e assassinadas”, comenta uma.

“Eu tenho uma criança de oito anos e não deixo ela brincar em nenhum lugar onde está fora da minha visão. Não é mantê-los em uma bolha. Simplesmente não é tão seguro quanto gostaria que fosse”, conta outro internauta ao concordar com a mãe .

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
publicidade

Mulher

De louças rústicas a urban jungle: mais tendências de decoração da ABCasa Fair

Publicado

source

A ABCasa Fair – feira da Associação Brasileira de Artigos para Casa, Decoração, Presentes, Utilidades Domésticas, Festas e Flores – segue nos inspirando por aqui. No texto publicado na terça-feira, mencionei três tendências do segmento de decoração que encontrei por lá : uso de objetos em palha, a releitura do revestimento granilite em várias peças, como, louças, vasos e caixas e ainda a utilização de cores fluorescentes em objetos de decoração.

Vamos conhecer mais tendências de decoração que foram apresentadas na ABCasa Fair?

Louças rústicas

Bowl e prato de sobremesa com estilo artesanal arrow-options
Arquivo pessoal

Elementos e texturas naturais são apostas de empresas para fabricação de louças com aspecto rústico

A utilização de elementos e texturas naturais está em alta seja no segmento de decoração como também na mesa posta . Formas orgânicas, cores neutras, peças que remetem ao trabalho artesanal são apostas das empresas do segmento de utilidades domésticas.

Já perceberam a quantidade de modelos de louças que adotaram esse estilo? Há peças fabricadas em escala industrial, mas que parecem ter sido feitas artesanalmente. Essa valorização do handmade, do artesanal, do natural é tendência.

Leia mais:  Licença-paternidade estendida favorece vínculo com filho

Nos corredores da Abcasa Fair, encontrei propostas de louças exatamente com essas características. Gosta do estilo rústico? Aposte em pratos, tigelas e xícaras com essa pegada artesanal.

Leia também: Dicas para receber em casa: como fazer uma mesa para fondue

Urban Jungle

Já ouviu falar no conceito Urban Jungle (selva urbana, em tradução livre)? A proposta inclui flores e plantas na decoração dos apartamentos, casas, escritórios, conferindo uma melhor qualidade de vida. A ideia é realmente levar a natureza para dentro de casa.

Essa tendência virou uma febre em países europeus e também no Brasil. A ideia de aproximar a natureza a vida agitada dos centros urbanos caiu no gosto das pessoas. Para além dos benefícios estéticos, encher a casa de plantas traz conforto emocional, auxilia no microclima local e ainda purifica o ar.

tendência urban jungle arrow-options
Arquivo pessoal

A tendência Urban Jungle agrada aqueles que desejam espalhar o verde pela casa

Para adotar o estilo Urban Jungle em casa, vale espalhar folhagens em vasinhos, montar uma parede verde e também optar por almofadas, louças e papéis de parede com estampas que remetem à natureza.

Leia mais:  Horóscopo do dia: previsões para 26 de maio de 2019

Durante minha visita a AbCasa Fair, encontrei diversas empresas que apostaram na tendência e apresentaram objetos com estampas de folhagens, principalmente a costela de adão. Além disso, as folhagens naturais e artificiais estavam presentes na decoração de vários espaços.

Étnico

Animal print, madeira, peças artesanais são alguns dos elementos do estilo étnico na decoração , que se caracteriza pela ousadia, combinação exótica, mistura de culturas e influências.

decoração com elementos do estilo étnico arrow-options
Arquivo pessoal

Peças que representam diferentes culturas e histórias conferem um estilo étnico à decoração

Inclua na decoração da sua casa peças e objetos que remetam à história e cultura de seu país, de lugares que você visitou ou que admira, como almofadas coloridas que remetem à Índia, esculturas africanas e tapetes com estilo marroquino.

Na ABCasa Fair , encontrei vários objetos com estilo étnico: vasos , mantas, cadeiras e louças, entre muitas coisas.

Leia também: Neo mint – como usar a cor de 2020 na decoração e na mesa posta

E você, usaria uma louça rústica para montar uma mesa? Incluiria na decoração da sua casa objetos com estilo étnico?  

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

Mãe faz camiseta para filho registrar todos os seus “primeiros dias de aula”

Publicado

source

Você se lembra de alguns dos seus primeiros dias de aula na escola? Uma mãe de Dallas, Texas, nos Estados Unidos, pensou em uma forma de deixá-los ainda mais especiais e criar memórias para o filho: com uma camiseta. A história fofa viralizou no Twitter e recebeu mais de 198 mil curtidas, além de ter sido compartilhada 31 mil vezes.

Leia também: Filho deixa mãe emocionada ao usar camisa do pai falecido para sair com ela

criança com a camiseta arrow-options
Reprodução/Twitter/carinawitha_C

A mãe decidiu fazer uma camiseta para que na formatura o filho pudesse se lembrar desses primeiros dias de aula


Carina Cansino é mãe de Gus, de cinco anos. No ano passado, ela teve a ideia de criar uma camiseta com a frase “Classe de 2032” —ano em que ele vai se formar no ensino médio — escrita na frente e, na parte de trás, todas as séries escolares a partir do jardim de infância até a formatura. O espaço abaixo, que está em branco, serve para o menino preencher com a mão, mostrando quais dessas etapas ele já completou.  

Leia mais:  Vale a pena investir em água de coco e isotônico para curar a ressaca?

“Vamos começar o primeiro ano do fundamental”, escreveu ela no Twitter. Na foto, é possível ver que Gus já pintou o jardim de infância e está começando o que seria a etapa “elementar”, que é um período de alfabetização similar ao 1º ano do ensino fundamental no Brasil.

Leia também: Mãe incentiva filha com mensagens no material escolar dela: “Você vai longe”

Mãe quer ver as fotos de cada ano na formatura do filho

Nas redes, Carina ainda explicou a ideia: “O conceito é que no primeiro dia de aula de cada ano escolar nós vamos tirar uma foto do meu filho com a camiseta, até que no fim do ensino médio ela realmente esteja do tamanho dele. Então, nós vamos ver todas as fotos do crescimento dele.” Ela ainda mostrou imagens de Gus no ano passado, quando usou a peça pela primeira vez: 


Leia também: Reciclando roupas, mulher transforma camisa do marido em vestido para filha

Leia mais:  Horóscopo do dia: previsões para 23 de maio de 2019

“Eu tive o Gus aos 15 anos de idade e fui mãe solo por muitos anos. Adoraria compartilhar a minha história e inspirar outras jovens mulheres a continuarem se esforçando”, disse.

O post viral rendeu até mesmo uma fonte de renda para a mãe, principalmente porque internautas começaram a pedir camisetas parecidas para os próprios filhos. “Vou ter que contar ao meu filho de cinco anos que ele é famoso agora. Que ótimo pimeiro dia de aula”, brincou Carina. 

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Política Nacional

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana