conecte-se conosco

Policial

Operação cumpre 16 mandados contra alvos suspeitos de roubos a propriedades agrícolas

Publicado

Assessoria/PJC-MT

Uma operação da Polícia Judiciária Civil, com apoio do Ministério Público Estadual e forças de segurança do estado, foi deflagrada nesta segunda-feira (11.11) para cumprimento de mandados de prisões e de buscas e apreensões contra suspeitos envolvidos em roubos a propriedades rurais, com foco especial na subtração de veículos e insumos agrícolas, em cidades de Mato Grosso. A operação Camuflagem II, coordenada pela Polícia Civil de Sorriso, teve mandados cumpridos nos municípios de Sorriso, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum, São José do Rio Claro, Sinop, Paranatinga e Cuiabá.

A operação é resultado da atuação integrada do Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco) de Sorriso, Polícia Militar, Grupo de Combate ao Crime Organizado (GCCO) da Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal e Ciopaer.

Nove pessoas tiveram mandados de prisão preventiva cumpridos, deferidos pela Comarca da Justiça de Sorriso.

Foram apreendidos materiais utilizados pelo grupo criminoso, como armamento, munições, roupas camufladas semelhantes às usadas pelas forças armadas e equipamentos de vigilância para praticar roubos a propriedades agrícolas. Também foram apreendidos defensivos agrícolas, computadores e diversas anotações.

Leia mais:  Polícia Civil prende suspeito de tráfico e autor de furtos em Vila Bela

De acordo com o delegado André Eduardo Ribeiro, que coordena a operação, foram cumpridos 16 mandados de prisões e de buscas, sendo a maioria deles em Sorriso. “O grupo criminoso utilizava-se desses equipamentos apreendidos, roupas camufladas, para facilitar a movimentação e praticar os roubos nas fazendas, especialmente de camionetes e defensivos agrícolas”.

O material apreendido ainda será contabilizado pela Polícia Civil.

Todos os presos na operação serão encaminhados à audiência de custódia e permanecerão à disposição da justiça.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
publicidade

Policial

Ponto de venda de droga é fechado e homem preso no bairro Dom Aquino

Publicado

Assessoria/PJC-MT

Trabalho investigativo da Polícia Civil, por meio da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), desarticulou mais um ponto de venda de droga e prendeu uma pessoa em Cuiabá, na manhã desta sexta-feira (06.12).

A ação foi realizada para cumprimento de mandado de busca e apreensão domiciliar, e resultou na prisão em flagrante de Ronilson Graminho Pinto, 26, pelo crime de tráfico de drogas.

Na residência do suspeito, no bairro Dom Aquino, foram apreendidas porções de maconha, de ácido bórico, uma motocicleta, além de diversos apetrechos utilizados para preparar e comercializar entorpecentes.

O endereço de Ronilson foi identificado durante diligências rotineiras para mapear ponto de tráfico de entorpecentes. Com base nos indícios colhidos pela equipe da DRE, a Polícia Civil representou pelo mandado de busca e apreensão, decretado pela Justiça.

De posse da ordem judicial, os policiais civis foram até a residência investigada. No local, um morador que fazia uso de tornozeleira eletrônica tentou fugir. Contido, o mesmo assumiu os fatos e indicou o lugar onde a droga estava.

Leia mais:  Polícia Civil cumpre prisão de homicida foragido da justiça em Cuiabá

Na casa foram apreendidas duas porções médias, sendo uma de pasta base de cocaína e outra de ácido bórico, além de outros objetos usados para a venda de drogas.

Ronilson Graminho Pinto foi encaminhado para DRE junto com os materiais apreendidos, interrogado e autuado por tráfico de drogas.

Ele foi apresentado para audiência de custódia ficando à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil apreende armas e munições durante buscas na zona rural de Cáceres

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Seis espingardas e diversas munições foram apreendidas pela Polícia Judiciária Civil, na quinta-feira (05.12), em um sítio na zona rural do município de Cáceres (225 km a Oeste de Cuiabá). Um homem também foi preso na ação integrada para cumprimento de mandado de busca e apreensão.

G.N.L., de 69 anos, foi autuado por posse irregular de arma de fogo e munições. Com passagem pela polícia por porte ilegal de arma de fogo, o suspeito foi descoberto durante investigações da 1ª Delegacia de Polícia de Cáceres, para apurar uma ocorrência de homicídio tentado.

O crime ocorreu no dia 06 de novembro, em uma região agrícola conhecida como “Paiol”. Na ocasião, houve um desentendimento entre dois vizinhos, quando um deles acabou efetuando um disparo de arma de fogo contra a desafeto.

Nas diligências, o suspeito G.N.L. foi identificado como o autor da tentativa de homicídio, bem como mantinha em sua propriedade um arsenal de armas e munições.

Com base nos indícios levantados, a Polícia Civil representou pelo mandado de busca e apreensão domiciliar decretado pela Justiça.

Leia mais:  Polícia Civil prende suspeito de tráfico e autor de furtos em Vila Bela

De posse da ordem judicial, os investigadores foram até o endereço alvo, onde lograram êxito em localizar seis espingardas, sendo: três de calibre 38, duas de calibre 22 e uma de calibre 12 da marca Chamber, além de muitas munições e apetrechos como coldres e outros.

Em checagem, foi constatado que a espingarda de calibre 12 estava com restrição de furto, registrado ano de 2017 na cidade de Pontes e Lacerda.

Diante do flagrante, o investigado foi conduzido para delegacia, interrogado e autuado pelo crime de posse irregular de arma de fogo e munições.

Participaram do trabalho, os policiais civis do setor de homicídios da 1ª Delegacia de Polícia, com apoio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) e da Delegacia Regional de Cáceres.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Política Nacional

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana