conecte-se conosco

Policial

Operação conjunta contra o tráfico prende sete traficantes na capital

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Sete traficantes foram presos nesta quinta-feira (18), em operação conjunta da Polícia Civil com a Polícia Militar, por meio da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), com o 1º Batalhão de Polícia Militar, 3º Batalhão, 24º Batalhão e a Força Tática.

Logo cedo, os policiais distribuídos em equipes nos bairros Pedra 90, Fortaleza, Lixeira, Praeirinho, Residencial Coxipó, Santa Terezinha, Jardim Paraiso e Maria de Lurdes, cumpriram 10 mandados de busca e apreensão, expedidos pela Vara de Delitos de Tóxicos de Cuiabá, após averiguações de denúncias do comércio de drogas, nas chamadas bocas de fumos, instaladas nesses bairros.

O objetivo da operação foi o combate ao tráfico de drogas e aos crimes conexos de roubos, furtos e homicídios. Nos locais, foram apreendidos porções de drogas, dinheiro, caixas de cigarros e arma de fogo do tipo espingarda.  

O delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira destacou a integração das polícias no fortalecimento do combate ao tráfico de drogas na região metropolitana.

“Fizemos um levantamento e nesta manhã cumprimos em conjunto com a PM dez mandados de busca e apreensão. Agora o objetivo é dar continuidade nas investigações para que possamos identificar outros envolvidos nessa associação criminosa.

Leia mais:  Polícia Civil apreende adolescente suspeito de homicídio

O tenente-coronel da Polícia Militar Avelino Neto também comentou o trabalho integrado realizado nesta manhã. “Essa é uma operação muito importante que destaca a integração entre as forças policiais no enfrentamento à criminalidade. Essas ações, além de serem repressivas, têm um impacto muito grande na questão da prevenção, porque demonstra que as forças policiais estão trabalhando em prol da criminalidade. A Polícia Militar e a Polícia Civil estão caminhando juntas para redução da criminalidade na Grande Cuiabá e em todo o Estado de Mato Grosso”, afirmou.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
publicidade

Policial

Indiciados pela PJC por homicídio de jovem em Nobres são condenados pela Justiça

Publicado

Assessoria/PJC-MT

Duas pessoas indiciadas pela Polícia Judiciária Civil pelos crimes de homicídio qualificado, ocultação de cadáver e corrupção de menor, que vitimaram um rapaz de 20 anos na cidade de Nobres, foram condenadas em juri popular a penas de 21 e 14 anos, respectivamente. A pena maior foi imputada ao réu acusado de ser o mandante do crime. 

O inquérito coordenado pela Delegacia Municipal de Nobres apurou a morte de João Pedro Ojeda da Conceição, ocorrida em março de 2015. O corpo foi encontrado enterrado, em avançado estágio de decomposição. Cinco dias após a localização do cadáver, dois adultos, sendo um deles primo da vítima, e mais um adolescente foram identificados e detidos por envolvimento no crime.

Desde o início, as suspeitas apontavam para o primo da vítima. Conforme a investigação, o suspeito teria “cantado” a namorada da vítima, que quando soube foi tirar satisfação com o primo, que passou a ameaçá-lo de morte.

Em diligências, o adolescente confessou que a vítima já estava morta, indicou o local onde o corpo estava enterrado e deu detalhes de como o crime foi executado. Dois dos indiciados apontaram o primo da vítima como mentor do crime.

Leia mais:  Polícia Civil de MT prende foragido da Justiça do Estado de Goiás

O adolescente identificado nas investigações do homicídio teve responsabilização criminal aplicada, com internação em unidade do Sistema Socioeducativo. 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende 5 pessoas durante investigação de oficina de desmanche em Várzea Grande

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Cinco pessoas suspeitas de envolvimento em crimes de receptação e adulteração de sinal de veículo automotor foram detidas pela Polícia Judiciária Civil, na quinta-feira (23.01), em ação da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (DERRFVA).

As investigações iniciaram após a equipe da DERRFVA receber denúncia sobre uma oficina irregular, de propriedade de dois irmãos, que funcionaria como desmanche de veículos, no bairro São Mateus, em Várzea Grande. Logo que chegaram ao local, os policiais constataram a grande quantidade de veículos entre caminhões, ônibus, carros pequenos e motocicletas.

Devido ao tamanho da oficina foi solicitado o apoio de outras equipes e de um perito criminal para checagem dos veículos encontrados no estabelecimento. Durante checagem de um para-choque foi constatado que a peça pertencia a um ônibus com restrição de roubo/furto.

Questionados, os irmãos disseram que o veículo foi deixado pelo dono de outra oficina, na Rodovia dos Imigrantes. Com base nas informações, os policiais foram até o estabelecimento onde em conversa com o proprietário, foi informado que ele recebeu o veículo como pagamento de uma dívida, indicando o nome do responsável pelo ônibus.

Leia mais:  Polícia Civil prende traficante com vários produtos destinados a fabricação de droga

Em continuidade as diligências, os policiais localizaram o suspeito que confessou que ofereceu o ônibus para quitar a dívida com vítima. Diante dos fatos, os cinco suspeitos foram conduzidos a DERRFVA, onde após serem interrogados foi lavrado o flagrante pelo crime de receptação e adulteração de sinal de veículo automotor.

 

 

 

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Política Nacional

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana