conecte-se conosco

Esportes

Mundial de Handebol: Brasil se complica após três jogos sem vencer

Publicado

O Brasil ficou numa situação delicada no Mundial de Handebol feminino ao ser derrotado pela Coreia do Sul, por 33 a 27, na madrugada desta terça-feira (3), na cidade de Kumamoto (Japão). A seleção estreou com derrota para a Alemanha e empatou no último domingo (1) com a França, atual campeã mundial. Após mais um revés, o Brasil encontra-se em quinto lugar no grupo B, com apenas um ponto. Somente os três primeiros colocados avançam para a próxima fase.

Para seguir sonhando com o segundo título mundial – o primeiro foi conquistado em 2013 – daqui pra frente a seleção vai precisar se superar em quadra. Terá de vencer amanhã (4) a Dinamarca e, na sexta (6), bater a lanterna Austrália com larga vantagem, pois pode vir a depender de número de gols em caso de desempate. A partida contra a Dinamarca nesta quarta (4) terá início às 8h30 (horário de Brasília). Alguns confrontos podem ser acompanhados ao vivo pelo canal do Youtube da Federação Internacional de Handebol (IHF).

Leia mais:  Veja os jogos sem transmissão de TV até a 9ª rodada do Campeonato Brasileiro

Jogo

O ataque brasileiro mostrou eficiência no início do jogo; as brasileiras abriram 7×3 no primeiro tempo, mas as sul-coreanas melhoraram a marcação, igualaram a partida em 9×9 aos 15 minutos e, antes do fim, viraram o placar pra 14×16.  No segundo tempo, o técnico espanhol Jorge Dueñas tentou corrigir as falhas, mas as sul-coreanas mantiveram o controle da partida e no fim selaram a vitória por 27 a 33. 

O destaque brasileiro foi a armadora Eduarda Amorim que anotou nove gols. Também pontuaram as jogadoras Bruna de Paula (quatro gols), Alexandra Martinez (três), Adriana de Castro (três), Mariana Costa (dois), Isaura Menin (dois), Tamires Araújo (um), Larissa Araújo (um), Ana Paula Rodrigues (um) e, Ana Cláudia Bolzan (um). 

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Sada Cruzeiro bate Al Rayyan e vai às semifinais do Mundial de Clubes

Publicado

source

O Sada Cruzeiro deu mais um passo rumo ao quarto título no Mundial de Clubes. A vaga na semifinal foi garantida após a vitória, na noite de ontem (5), sobre o Al Rayyan, do Catar, por 3 sets a 0, na última rodada da fase classificatória, disputada no Ginásio Divino Braga, em Betim (MG).

Classificado em segundo lugar, o Sada Cruzeiro, único time brasileiro na competição, enfrenta na semifinal o Zenit Kazan, da Rússia, que derrotou de virada o italiano Lube Civitanova, por 3 sets a 2. A semifinal dos mineiros do Cruzeiro contra os russos do Zenit Kazan será amanhã (7), às 17h (horário de Brasília).

Jogo

A primeira parcial começou equilibrada e, por algumas vezes, o Al Rayyan até chegou a liderar o placar, mas a equipe mineira comandada pelo técnico Marcelo Mendez assumiu o controle do jogo e se distanciou no placar, até fechar o primeiro set por 25 a 20. Na parcial seguinte, mesmo com reservas, o Cruzeiro sobrou em quadra: ganhou por 25 a 16. A equipe seguiu motivada e também fechou fácil o terceiro e último set por 25 a 17, selando a vitória por 3 sets a 0.

Leia mais:  Valverde pode estar de saída do Barcelona; veja lista de possíveis substitutos

As duas semifinais do Mundial de Clube acontecem amanhã. A primeira, às 14h, entre Lube Civitanova, da Itália, e Al Rayyan, do Catar. Na sequência, às 17h, o Cruzeiro encara o Zenit Kazan. A disputa da medalha de bronze e a final serão no domingo (8).

Edição: Guilherme Neto

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Vasco empata com Bahia e prepara despedida do Brasileirão

Publicado

source

Enquanto Vanderlei Luxemburgo concedia entrevista coletiva após o empate em 1 x 1 com o Bahia, o número de sócios do Vasco aumentava. Menos de 12 horas depois do confronto em Salvador, o clube ultrapassava a marca de 160 mil sócios-torcedores.

A mobilização dos vascaínos fora de campo vem contagiando o elenco cruzmaltino. Mesmo sem a zaga titular – Guarín e Rossi -, o Vasco foi valente na Fonte Nova. O jogo era equilibrado até o pênalti cometido por Ricardo Graça em cima de Gilberto, aos 44 minutos do primeiro tempo. O zagueiro recebeu cartão vermelho e o atacante abriu o placar para os donos da casa.

Antes, o Vasco teve um pênalti a seu favor assinalado pelo árbitro Felipe Fernandes de Lima, mas o VAR foi acionado e a marcação foi anulada. Vanderlei Luxemburgo comentou os lances de penalidade máxima.

“Acho que não foi pênalti para a nossa equipe, realmente nosso jogador forçou a barra, está claro que não foi pênalti. Mas a rigorosidade dele de achar que, além de dar o pênalti para o Bahia, tinha que expulsar meu jogador e dar cartão amarelo para outro, me prejudicou três vezes. Deu o pênalti, tudo bem. Agora expulsar o Ricardo, que não consegue perceber que o Gilberto tá chegando, não teve a intenção de machucar o Gilberto. Tem que ver se foi intenção ou imprudência. O árbitro tirou o Ricardo daqui e tirou o Richard do próximo jogo com o cartão amarelo. O pênalti se ele quis dar, tá tudo bem”.

Ouça na Rádio Nacional
Leia mais:  Veja os jogos sem transmissão de TV até a 9ª rodada do Campeonato Brasileiro

Na segunda etapa, o técnico vascaíno mexeu na equipe e recheou o time com jogadores de meio-campo. Deu certo. Mesmo com um a menos, o Vasco “cozinhou” a partida até a expulsão de Arthur Caíke, do Bahia, aos 36 minutos, pelo segundo cartão amarelo. Três minutos depois, veio o empate cruzmaltino. Bela jogada pela esquerda, toque de Gabriel Pec para o meio e Marrony marcou. O time do Rio ainda pressionou no fim, mas o Bahia segurou o empate. Para Vanderlei Luxemburgo, o resultado foi justo.

“No primeiro tempo o Bahia mereceu a vitória. Nós entramos hoje sem zagueiro porque o Bocanegra e o Castán estão próximos de uma lesão e tivemos que deixá-los no Rio. O Ricardo foi expulso e tivemos que improvisar, botar o Richard como zagueiro. No segundo tempo fizemos uma linha de quatro e ficamos amarrando o jogo com a técnica para ver se conseguíamos igualar em um contragolpe, ou então em uma expulsão, como aconteceu com o segundo cartão. Acho que o resultado foi justo por aquilo que fizemos no segundo tempo e pelo o que Bahia fez no primeiro”.

Leia mais:  Esportes estranhos pelo mundo: Buzkashi, uma versão sangrenta do polo

O último compromisso do Vasco no ano será no domingo (8), contra a Chapecoense, no Maracanã. A expectativa é de cerca de 70 mil torcedores presentes. E como a empolgação cruzmaltina não pode parar, a cantora Lexa irá se apresentar no estádio. Além disso, o clube anunciou promoção de duas cervejas por R$ 10,00. Quem não conseguir ingresso para o jogo, poderá se despedir do elenco em 2019 um dia antes. O presidente Alexandre Campello anunciou que o treino de sábado (7), às 10h, será aberto à torcida. O técnico Vanderlei Luxemburgo convocou os vascaínos.

“Nós queremos agradecer o torcedor do Vasco. Domingo tem jogo, mas vou convidar o torcedor do Vasco ao treinamento, mas levando um quilo de alimento não perecível. Nós agradecemos a presença deles em São Januário, mas também com uma ajuda a quem precisa de uma ajuda”.

Vasco e Chapecoense se enfrentam às 16h, no Maracanã. Atualmente na 13ª posição do Campeonato Brasileiro, o Cruzmaltino pode chegar à 10ª colocação se vencer a partida domingo (8) e se Goiás e Atlético-MG não conquistarem os três pontos.  

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Política Nacional

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana