conecte-se conosco

Mato Grosso

Mato Grosso tem sete frigoríficos habilitados a exportar para a China

Publicado

Indústrias mato-grossenses poderão exportar carnes para a China. Vinte e cinco empresas, incluindo sete de Mato Grosso, de carnes bovina, suína e de frango, foram habilitadas pelos chineses, segundo informação do Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). O Governo de Mato Grosso, Instituto Mato-grossense da Carne (IMAC), empresas e Governo Federal, vem trabalhando desde o ano passado para a concretização deste processo.

“Estivemos pela última vez na China em maio, durante a Sial China, a maior feira de alimentos da Ásia. Mostramos todo o potencial produtivo de Mato Grosso e a união dos governos e empresários para o desenvolvimento”, disse César Miranda, secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico.

O Mapa vem desde o ano passado negociando com o governo chinês as adequações necessárias para a habilitação de mais unidades frigoríficas brasileiras. “Um trabalho realizado por muitos agentes públicos e privados que deverá intensificar o comércio de nossa carne”, afirmou Guilherme Nolasco, presidente do IMAC.

A concretização deste processo permitirá que o Estado amplie o comércio de carne bovina com o maior país do mundo e deverá ter impacto direto na geração de renda no campo e emprego nos municípios.

Leia mais:  Pavimentação de trecho da MT-244 facilita escoamento de grãos e produtos

Foi anunciada a habilitação dos Serviços de Inspeção Federal (SIFs) números 411 – Redentor de Guarantã do Norte; 1751 – Marfrig de Tangará da Serra; 1811 – Naturafrig de Barra do Bugres; 2015 – Marfrig de Várzea Grande; 3941 – Agra de Rondonópolis; 4490 – Vale Grande de Matupá e 3515 – BRF  de Lucas do Rio Verde. Até então, somente a unidade do grupo JBS de Barra do Garças era autorizada a exportar à China.

Em 2019, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, juntamente com o IMAC, realizou missões para a China com o Mapa e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex) e também firmou, em setembro do ano passado, um protocolo de intenções com o NBCIC (National Beef Cattle Improvement Center), o Centro Nacional de Desenvolvimento da Carne na China.

O documento visou a conjugação de esforços para o desenvolvimento de estudos e pesquisas para o aprimoramento da produção de bovinos chineses e habilitação de plantas frigoríficas para o aumento das exportações de carne bovina de Mato Grosso.

Leia mais:  Primeira parcela do salário de maio dos servidores será paga neste sábado

China

Este ano, Mato Grosso já exportou o equivalente a US$ 97,105 milhões em carne bovina para a China, 13% do total exportado pelo estado nos primeiros oito meses deste ano em valores. Em volume, a participação chinesa este ano foi de 10% com 19,53 mil toneladas de carne bovina (congelada) de um total de 193 mil toneladas de carne bovina exportada (congelada e resfriada).

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Delegacia de Poconé recebe viatura reformada com apoio da sociedade

Publicado

Um trabalho de parceira com a sociedade civil organizada proporcionou a entrega de uma viatura totalmente reformada, à Polícia Judiciária Civil do município de Poconé (104 km ao Sul). A entrega da caminhonete Mitsubish L200 foi realizada nesta segunda-feira (16.09), na Delegacia Regional de Várzea Grande. 

O novo veículo é resultado da união de esforços entre a Delegacia de Polícia de Poconé, o Conselho da Comunidade do município, a Cooperativa de Mineradores de Poconé (Cooper Poconé) e a empresa privada (oficina mecânica) Abdala Quality.

A caminhonete modelo L200, de patrimônio do Estado, estava baixada no setor de transporte da Polícia Civil, deteriorada, com problemas mecânicos e motor fundido.

Diante da demanda para atender a região rural de Poconé, e sem uma viatura específica para o tipo de trabalho, à Delegacia de Polícia da cidade, passou a buscar parceiras com objetivo de angariar uma viatura para estrada de chão.

Conforme o delegado de Poconé, João Eduardo Sampaio de Alencar, que está a frente da unidade policial há cerca de cinco meses, o município além da área urbana, tem 72 comunidades e assentamentos na sua circunscrição, localizadas em regiões as quais em época de chuva ficam praticamente intransitáveis.

“Em razão da importância de se atender toda a população, com diversos expedientes e diligências pendentes na delegacia, por falta de carro para deslocamento em estradas de terra, sem asfalto, a Polícia Civil de Poconé passou a buscar por parceira para sanar o problema”, disse o delegado de Poconé. 

Leia mais:  ‘Operação Tempus’ já prendeu 420 em flagrante, recuperou 90 veículos e apreendeu 52 armas de fogo

Com apoio do Conselho da Comunidade, Cooper Poconé e a empresa Abdala Quality, foi possível retirar a L200 que estava parada e em desuso, a qual foi totalmente recuperada e adesivada, conforme a nova identidade visual da instituição. Todo trabalho de recuperação do motor e lataria da caminhonete foi realizado em Cuiabá, na oficina mecânica que cedeu a mão de obra, Abdala Quality. 

Durante o evento da entrega da viatura, o presidente da cooperativa de garimpeiros e mineradores (Cooper Poconé), André Molina, falou dos projetos em parceria que veem sendo elaborados, para promover melhorias e consequentemente fortalecer a segurança pública na região.

Entre outros planejamentos para a Delegacia de Poconé estão: a reforma do prédio da unidade, doação de quatro computadores, contratação de um estagiário, bem como a limpeza e retirada de cerca de 32 toneladas de sucatas, que estavam aglomeradas no antigo pátio da delegacia, realizada no início do mês de setembro.

“Nos últimos anos, a Cooperativa vem desenvolvendo atividades sociais, auxiliando em diferentes projetos de várias áreas, como saúde, educação e outras. Então essa parceira com a Polícia Civil, em contribuir no conserto de um veículo que vai auxiliar na mobilidade dos policiais, é de suma importância e vem de encontro com nosso objetivo, uma vez que vai melhorar e fortalecer ainda mais o setor da segurança pública”, disse André Molina.

O presidente do Conselho da Comunidade, Luís Eduardo Costa Campos, falou da inédita iniciativa da Polícia Civil de Poconé, por meio do delegado João Eduardo, que de forma diferenciada vem fazendo um trabalho que vai muito além do que o sistema pode oferecer.

Leia mais:  MTI retoma PDV e institui novo prazo para adesão ao plano

“O Conselho da Comunidade está muito feliz de fazer parte dessa parceria, e lisonjeado em poder ter junto nesse trabalho e na coordenação da Delegacia de Poconé, um profissional dedicado, proativo e que correr atrás, na busca de soluções e alternativas para os problemas, assim como faz João Eduardo”, parabenizou o presidente.

Presente na ocasião, o delegado geral adjunto, Gianmarco Paccola Capoani, em nome da Polícia Judiciária Civil, agradeceu a sociedade civil organizada de Poconé, pelo empenho em colaborar com a Segurança Pública, transformando um veículo baixado e inutilizado, em um praticamente zero-quilômetro.

“Atitudes como essas dignificam o policial. Atualmente estamos trabalhando com pouco efetivo, porém esse número bem abaixo do ideal, tem nos demonstrado comprometido e por isso estão fazendo toda a diferença. Parabéns a todos envolvidos nessa empreitada, que tem como retorno a valorização e engrandecimento dos nossos policiais”, elogiou o delegado geral adjunto.

Ao final os policiais civis da Delegacia de Poconé, fizeram um agradecimento em especial ao delegado João Eduardo Sampaio de Alencar, pela excelente gestão humanizada que vem fazendo, e de forma brilhante agregando toda a equipe.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Ciopaer receberá aeronave e veículos nesta terça-feira (17)

Publicado

A Secretaria de Estado de Segurança Pública entrega oficialmente nesta terça-feira (17.09) mais uma aeronave e veículos para o Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer). São três caminhonetes modelo Hilux e um avião modelo Seneca 3 PT-VEM.  A entrega será no hangar do Ciopaer, no Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, às 10h30.

O avião 3 PT-Vem está em operação na unidade aérea da Sesp há oito anos. Avaliada em R$ 600 mil, a aeronave tem capacidade para quatro passageiros e dois tripulantes. O Ciopaer permaneceu como fiel depositário do avião até a liberação definitiva pela justiça.

As caminhonetes foram adquiridas com o recurso do leilão, cuja arrecadação foi de R$ 420 mil da aeronave Cessna e em boas condições de uso, realizado pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag). O Cessna estava há cinco anos sem utilização nas operações de segurança pública, pois foi substituído pela aeronave prefixo PP-HAR, apreendida em março de 2018, com 350 quilos de drogas.

O Ciopaer foi criado e opera no estado há 13 anos. Entre janeiro e agosto deste ano, a unidade já participou de 635 operações e recuperou 80 veículos. Ao todo, foram voadas 1.191 horas em 2019, sendo 672 de helicóptero e 519 de avião, e, apoio a operações da segurança pública e meio ambiente.

Leia mais:  PM prende motorista com cinco toras de madeira de origem ilícita em Rondolândia

UTI Aérea

Outra aeronave, modelo Cheyenne II, que está sob tutela do Estado, passa por reformas e adaptações para se tornar a primeira UTI aérea do Governo de Mato Grosso. O projeto gerou economia aos cofres do Poder Executivo e será utilizada em benefício da saúde pública. A previsão é que a UTI aérea passe a operar a partir de dezembro deste ano. (Sob supervisão Raquel Teixeira)

Serviço

Evento: Entrega de aeronave e veículos para o Ciopaer

Horário: 10h30

Local: Hangar do Ciopaer, em Várzea Grande

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Política Nacional

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana