conecte-se conosco

Esportes

Lutador do UFC, Antonio Cara de Sapato é assaltado em São Paulo: “Susto”

Publicado

Lance


Antônio Cara de Sapato
Reprodução

Antônio Cara de Sapato, lutador do UFC, foi assaltado em São Paulo

Após Jéssica Bate-Estaca, campeã do UFC , sofrer um assalto no Rio de Janeiro no fim de maio, o também atleta do Ultimate, Antônio ‘Cara de Sapato’, foi vítima da violência urbana. O peso-médio sofreu um assalto na tarde de sexta-feira (7) em São Paulo. O lutador, que atualmente mora na Flórida (EUA), estava na capital paulista para alguns compromissos profissionais. Em sua conta no Instagram, o campeão do TUF Brasil relatou o momento de tensão, que contou com disparos do bandido.

Leia também: Saiba quem foi Ashley Massaro, lutadora e capa da Playboy que morreu nos EUA

“Cheguei aqui no Brasil para resolver algumas coisas e acabei de levar um susto. Deram um tiro no carro da gente. Acabei de ser assaltado, graças a Deus levaram só meu relógio, não levaram mais nada. Obrigado, inclusive, à PM que ajudou a gente, porque, se não fosse por eles, teriam levado tudo. Deram até um tiro, resvalou no carro da gente, no carro do lado, mas graças a Deus não aconteceu nada com o rapaz que estava nesse carro. Eu ainda estou meio em choque, mas fica o alerta pra todo mundo… Para tomar cuidado”, disse Cara de Sapato , que deixou um pedido para as autoridades.

Leia mais:  Com aval do Flamengo, volante Cuéllar está perto de fechar com time árabe

“Agradecer a Deus, porque hoje poderia ter sido um momento trágico, mas estou bem, todo mundo está bem. Um alerta à galera do governo, para cuidar dessa parte da segurança pública. Mas graças a Deus estava a galera da PM e não aconteceu nada”, concluiu.

Leia também: Vídeo: Judoca esquece celular no kimono, deixa cair na luta e é eliminado

Antonio Cara de Sapato tem 29 anos e está no UFC desde 2014. Ao todo, entrou no octógono 11 vezes, saindo vencedor em sete, perdedor em três, fora uma luta que não teve resultado oficial.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Renato Gaúcho contesta trabalho de Sampaoli no Santos: “Ganhou alguma coisa?”

Publicado

Renato Gaúcho arrow-options
Divulgação

Renato Gaúcho cutucou Sampaoli antes de partida pelo Brasileirão

Santos e Grêmio medem forças neste sábado, às 21h, na Vila Belmiro, pelo Brasileiro. O duelo marca o encontro de dois treinadores que têm dado o que falar no futebol nacional: Renato Gaúcho e Jorge Sampaoli. E questionado sobre o trabalho do argentino, o técnico gremista elogiou seu desempenho, mas questionou a falta de títulos.

Leia também: Você concorda? “O Grêmio tem o melhor futebol do Brasil”, desabafa Renato Gaúcho

“O Sampaoli vem fazendo um bom trabalho? Sim, o Sampaoli vem fazendo um bom trabalho. Aí eu te pergunto: ganhou alguma coisa? Não, pelo contrário, em todas as competições o Santos saiu”, declarou Renato Gaúcho , que também lembrou da eliminação do Santos para o River Plate (URU) na Copa Sul-Americana. 

“Na Sul-Americana, foi eliminado por uma equipe que eu nunca tinha ouvido falar. E em casa. Depois, foi desclassificado na Copa do Brasil (para o Atlético-MG), em casa também. Só ficou no Brasileiro. Então, é aí que eu falo. Está fazendo um bom trabalho? Sim, mas o trabalho é bem feito quando você ganha”, disse ao jornal Zero Hora, de Porto Alegre.

Leia mais:  “Tranca ele aí no CT”. Lionel Messi ganha camisa do Fluminense

Renato também subiu ao tom ao falar que “pelo Santos estar disputando apenas uma competição”, é normal estar entre os líderes do Brasileiro. Vale lembrar que os paulistas também deram adeus à Copa do Brasil, enquanto os gaúchos estão disputando a Libertadores.

Leia também: Por que os técnicos estrangeiros ganharam preferência? Torcedores explicam

“O Sampaoli veio fazer um trabalho bom no Santos. Aí você tem que colocar uma coisa, que as pessoas se descuidam nesse sentido. Vou dar alguns exemplos: São Paulo, Atlético-MG, Santos, principalmente o Santos e o São Paulo. Eles têm obrigação de brigar pelo título brasileiro”.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Ideia de inverter grid da Fórmula 1 irrita pilotos: “É uma merda”

Publicado

Hamilton e Vettel arrow-options
Divulgação

Hamilton e Vettel se posicionaram contra a mudança no grid da Fórmula 1

A Liberty Media, gestora da Fórmula 1, trabalha com muitas ideias para tornar as corridas mais emocionantes. Uma delas, porém, não agradou nada a elite da categoria.

Leia também: Schumacher usou nome falso e se escondeu em cobertor para entrar em hospital

A empresa estaria pensando em inverter o grid de largada , fazendo com que os melhores carros largassem de trás e tivessem mais dificuldade para ganhar. Pelo menos entre os principais pilotos da categoria, que disputam no domingo o GP de Cingapura de Fórmula 1 .

O alemão Sebastian Vettel , chateado por ter perdido a pole e largar em terceiro na prova deste fim de semana, foi um dos mais enfáticos.

“Isso é uma verdadeira merda. Não sei quem foi o gênio que inventou”, desabafou o piloto da Ferrari, quinto colocado no Mundial de F-1, com 169 pontos.

Lewis Hamilton , por sua vez, teve que concordar com a opinião do piloto rival, embora tenha mostrado menos irritação.

Leia mais:  Palmeiras acerta contratação de centroavante Luiz Adriano, do Spartak Moscou

“Ele falou melhor do que eu poderia dizer. Não sei o que estão pensando as pessoas que fizeram essa proposta”, afirmou o piloto britânico da Mercedes.

Leia também: Doria garante que GP do Brasil de Fórmula 1 não vai sair de Interlagos

Charles Leclerc, nascido no Principado de Mônaco, foi bem mais comedido em seu comentário sobre a possível mudança na Fórmula 1 : “A primeira posição tem que ser do piloto mais veloz”. disse o piloto da Ferrari, que larga na pole em Cingapura.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Política Nacional

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana