conecte-se conosco

Entretenimento

Lília Cabral sobre acusação de assédio envolvendo José Mayer: “Não acredito”

Publicado

source

Nesta terça-feira (22) Lília Cabral foi a convidada do “Morning Show”, da rádio Jovem Pan . Durante o papo, a atriz da Globo falou sobre a acusação de assédio envolvendo José Mayer.

Leia também: José Mayer vai processar figurinista que o acusou de assédio, diz colunista

Lilia Cabral arrow-options
Divulgação

Lilia Cabral

“É difícil de falar, porque prejudicou algumas pessoas de uma forma muito séria. Você tem que ter uma postura, e não só a mulher que tem que ter uma postura e sim o ser humano precisa ter uma postura”, iniciou Lília Cabral .

Leia também: Fãs de José Mayer usam as redes sociais para declarar apoio ao ator

Em seguida, a atriz da Globo saiu em defesa do colega de profissão. “Eu tenho muito carinho pelo José Mayer , eu trabalhei com ele durante muitos anos e eu fiquei um pouco chocada, porque ele padeceu. Ele teve uma doença muito séria de tristeza. Eu não acredito que ele seja aquele homem que ele foi, da forma como falaram dele. Não consigo acreditar”.

Leia mais:  Em “Órfãos da Terra”, Eva descobre que Davi morreu

Leia também: Globo encerra contrato com José Mayer após dois anos de caso de assédio

Na época da polêmica, em 2017, Lília Cabral preferiu manter-se em silêncio. “Acho que você não pode deixar de defender uma posição. E [a defesa de Mayer] essa é a minha. É a primeira vez em que estou falando”, concluiu.


Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
publicidade

Entretenimento

Netflix divulga trailer de “Esquadrão 6”, filme estrelado por Ryan Reynolds

Publicado

source

Qual é a melhor parte de estar morto? Não é escapar do seu chefe, da sua ex, ou até mesmo apagar seus antecedentes criminais. A melhor parte de estar morto… é a liberdade. E o personagem de Ryan Reynolds em “Esquadrão 6” sabe bem disso.

Leia também: Ryan Reynolds vem ao Brasil em dezembro participar da CCXP

Ryan Reynolds arrow-options
Reprodução/Youtube

Ryan Reynolds em cena de “Esquadrão 6”


A liberdade para lutar pela injustiça e pela maldade que se escondem em nosso mundo sem que nada nem ninguém possa te deter ou dizer ‘não’. “Esquadrão 6”, novo filme de Ryan Reynolds para a Netflix,   apresenta um novo tipo de herói de ação. Seis indivíduos de várias partes do mundo, cada um é o melhor no que faz, foram escolhidos não só por suas habilidades, mas pelo desejo que eles têm de apagar seus passados para mudar o futuro.

Leia também: Estranho no ninho de Hollywood, Justice Smith muda de patamar ao lado de Pikachu

Leia mais:  Jornalista Fernanda Alves descobre que ex ameaçou funcionário com facão

A equipe é reunida por um líder enigmático (Reynolds), cuja única missão na vida é garantir que, embora ele e seus agentes nunca sejam lembrados, as ações deles certamente serão. ” Esquadrão 6 ” estreia no próximo dia 13 de dezembro, na Netflix, e conta com nomes como Mélanie Laurent, Corey Hawkins, Adria Arjona, Manuel Garcia-Rulfo, Ben Hardy, Lior Raz, Payman Maadi e Dave Franco

Leia também: Revista divulga lista dos atores mais bem pagos de Hollywood em 2019


Vale lembrar que Ryan Reynolds virá ao Brasil em breve, participar da CCXP 2019, que acontecerá em São Paulo.

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
Continue lendo

Entretenimento

Vetada pela Globo, Carla Vilhena fala sobre críticas a Maju: “não sou racista”

Publicado

source

Há pouco tempo, Carla Vilhena deu o que falar ao fazer críticas a Maju Coutinho nas redes sociais. Mesmo após pedir desculpas, a jornalista continua sendo questionada sobre o assunto e em uma recente entrevista ao “TV Fama”, ela deu mais detalhes sobre sua atitude e negou ter sido maldosa em suas palavras.

Carla Vilhena arrow-options
Divulgação/TV Globo

Carla Vilhena

“Eu errei ao não ter a percepção de quem eu estava falando. Não estava falando de uma pessoa qualquer, mas de uma pessoa que é um símbolo de muitas pessoas, como exemplo a ser seguido”, falou  Carla Vilhena sobre o assunto.

Leia também: Carla Vilhena chorou ao deixar “Bom Dia SP” e já dormiu na garagem da Globo

Depois das declarações contra  Maju Coutinho , a jornalista foi apontada como racista e se desviou das acusações explicando: “Eu sou tão não racista que não atentei para a cor da pessoa e para o passado de ataques a outras pessoas”.

Leia também: Ex-contratada da Globo, Carla Vilhena chama funk de “porcaria” e “nojeira”

Leia mais:  Cara de uma focinho da outra? Gillian Anderson surge como Thatcher em The Crown

Por falar em racismo,  Carla Vilhena aproveitou para dizer que sofreu veto da Globo por tentar usar seu cabelo natural, como Maju. “Tentei usar muitas vezes meu cabelo que é crespo, mas nunca me foi permitido. O anterior do anterior diretor de jornalismo da Globo vetou expressamente meu cabelo. No ‘Jornal Hoje’ foi vetado e no ‘SPTV’ também”.

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Política Nacional

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana