conecte-se conosco


Mato Grosso

Gefron recupera cinco veículos e R$ 280 mil em produtos roubados e prende 2 no fim de semana

Publicado

Cinco veículos, sendo quatro caminhões, foram recuperados neste fim de semana pelos policiais do Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron-MT). Ao todo, foram recuperados mais de R$ 280 mil em produtos provenientes de roubo ou furto. As ações são resultantes das atividades repressivas e preventivas das forças policiais nos 983 km de fronteira do Brasil com a Bolívia. Duas pessoas foram presas e os veículos apreendidos.

A primeira ocorrência aconteceu na noite de sexta-feira (29.11), na BR-070, na região do Posto do Limão, em Cáceres (a 220 km a Oeste de Cuiabá). Durante abordagem ao condutor de um caminhão, a polícia constatou que um boliviano carregava 42 bolsas de cimento na carroceria e, ao ser questionado o destino da mercadoria, o mesmo disse que seria a cidade de San Matías, na Bolívia. A ocorrência foi registrada como crime de contrabando. Um suspeito foi preso e o veículo e o carregamento foram apreendidos.

Já na tarde de sábado (30.11), na região de Avião Caído, no município de Cáceres (a 220 km a Oeste de Cuiabá), os policiais encontraram um veículo estacionado em uma rodovia. Ao realizar a checagem na placa foi constatado que o mesmo tinha registro de roubo da cidade de São José dos Quatro Marcos.

Leia mais:  Rotam prende suspeitos com dispositivo "chupa- cabra" em agência bancária da Avenida do CPA

Ainda no sábado, em Porto Esperidião, foi recuperado um caminhão com placa do município de Jandaia do Sul, no Estado do Paraná. O veículo tinha registro de roubo ou furto da cidade de Sapezal. Ao realizar vistoria interna, foram encontrados cerca de 25 metros cúbicos de madeira. Ninguém foi preso.

Já no domingo (1º.12), por volta das 17 horas, na cidade de Vila Bela da Santíssima Trindade (a 521 km a Oeste de Cuiabá), a polícia recuperou um caminhão Mercedes Benz com registro de ocorrência criminal da cidade de Vale do São Domingos.

Também no domingo, outra ação aconteceu em uma estrada vicinal do município de Cáceres, que dá acesso a cidade de San Matías, na Bolívia. Durante patrulhamento, os policiais avistaram um caminhão Mercedes Benz, que ao solicitar parada ao condutor, o mesmo fugiu pela região de mata. Os policiais iniciaram perseguição e o suspeito foi preso. O veículo tinha queixa de roubo ou furto da cidade de São José dos Quatro Marcos. O condutor confirmou que receberia R$ 1,8 mil para levar o veículo até o país vizinho.

Leia mais:  Servidores da ETE de Sinop confeccionam e doam máscaras para profissionais da saúde

Os policiais seguem as buscas pelos suspeitos dos delitos criminais. Os veículos com queixa de roubo ou furto serão revisados e entregues aos proprietários. O Gefron conta com um canal de disque-denúncias, pelo telefone 0800.646.1402. As informações recebidas são checadas pelo Grupamento e a identidade é mantida em sigilo.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

MT prorroga prazos de licenças, outorgas e cadastros de produtos florestais

Publicado

O Governo de Mato Grosso publicou nesta segunda-feira (27) o Decreto n. 464/2020 prorrogando até 31 de dezembro a data de validade das licenças de operação, outorgas e cadastros de consumidores de produtos florestais (CC-SEMA) com vencimento a partir de 20 de março de 2020.

O adiamento deverá obedecer aos prazos máximos estabelecidos pela Lei Complementar n. 592/2017. Para uma licença de operação, por exemplo, a legislação fixa um prazo máximo de dez anos.

O decreto foi assinado pelo governador Mauro Mendes e pelos secretários da Casa Civil, Mauro Carvalho, e do Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti, com objetivo de compatibilizar as ações ambientais de controle das atividades passíveis de licenciamento e controle do uso dos recursos naturais, neste momento de enfrentamento à pandemia.

Nesse período de combate ao coronavírus, a Sema está em regime de teletrabalho e escalas de revezamento para continuidade na prestação dos serviços aos cidadãos mato-grossenses. Já as atividades de fiscalização seguem em pleno funcionamento.

“É importante que o empreendedor observe que a legislação deve ser cumprida e que todos os empreendimentos estão passíveis de fiscalização neste período. Portanto, é importante manter a documentação em dia e a Sema vem empregando esforços para manter a continuidade dos serviços prestados em favor da economia e da qualidade ambiental”, alerta Mauren Lazzaretti.

Leia mais:  PM liberta caminhoneiros mantidos reféns e prende quadrilha em Rondonópolis

Atendimento Geral Sema: 0800 647 0111 (Segunda a sexta-feira, das 7h30 às 13h30).

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Servidores da ETE de Sinop confeccionam e doam máscaras para profissionais da saúde

Publicado

A Escola Técnica de Sinop criou o projeto “Máscaras Preventivas”, como o objetivo de confeccionar esse equipamento de proteção individual tão importante para o combate à pandemia da Covid-19.

Os profissionais da instituição (incluindo terceirizados) estão auxiliando na ação, que já confeccionou 530 peças e está distribuindo gratuitamente para a Unidade Básica de Saúde (UBS), na Cidade Jardim e também para o Hospital Regional.

O projeto é para contribuir com a campanha do Governo do Estado de Mato Grosso, “Eu cuido de você e você cuida de mim”, instituído no Decreto nº 437, de 03 de abril de 2020, o qual estimula que toda a população utilize máscaras artesanais, de forma a não prejudicar o fornecimento de máscaras industriais para os profissionais de saúde da rede pública e privada.

O projeto “Máscaras Preventivas” foi idealizado pela professora Gislaine Dias Florentino Ferreira, que logo mobilizou os demais profissionais da escola para confeccionar as máscaras.

“O material utilizado é fruto da doação dos funcionários da escola que disponibilizaram materiais que tinham em casa, contribuindo assim para a aquisição de tecidos, elásticos, embalagens para guardar as máscaras, além da logística para sua distribuição”, informa a professora.

Leia mais:  Detran-MT retoma atendimento presencial de serviços não disponíveis online

Gislaine destaca que é muito importante participar do projeto devido à integração gerada entre os profissionais da unidade escolar e a possibilidade de contribuir com a comunidade.

“A ação soma-se a outras já existentes no município para diminuir o contágio da Covid-19. A solidariedade também é uma ação educativa que visa promover a integração entre os profissionais da escola e da comunidade em geral, além de fomentar a importância de cuidar da própria saúde”.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Política Nacional

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana