conecte-se conosco

Policial

Gado roubado em Nossa Sra. do Livramento é recuperado pela Polícia Civil em Várzea Grande

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um rebanho de gado roubado de uma propriedade na zona rural do município de Nossa Senhora do Livramento (42 km ao Sul) foi recuperado pela Polícia Judiciária Civil, na terça-feira (21.05), durante diligências realizadas pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf-VG).

O assalto aconteceu na manhã de segunda-feira (20.05), na Fazenda Monjolo, na Rodovia BR 070. Três indivíduos armados invadiram o local onde renderam o proprietário que foi amarrado e mantido em cárcere dentro de um dos cômodos, por cerca de 10 horas.

Na ocasião, foram levadas vinte cabeças de gado, um touro e uma motosserra. Os criminosos usaram o telefone rural da vítima para ligar para os freteiros buscar os bois, e ainda fizeram almoço na casa.

Em investigação para apurar o roubo, os policiais civis da Derf Várzea Grande levantaram as informações que os animais estariam em um sítio em Várzea Grande. Com base nas suspeitas, a equipe foi até o endereço onde recuperaram o gado.

Leia mais:  Atendimento realizado pela Rede de Frente de Barra do Garças concorre a prêmio neste ano

O responsável pelo sítio não foi encontrado no momento da chegada dos policiais civis. No entanto, o já foi identificado e intimado para esclarecimentos dos fatos.

As diligências continuam com objetivo de prender os autores do roubo.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
publicidade

Policial

Trio envolvido em homicídio em Araguainha é preso logo após o crime

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Os três autores de um homicídio bárbaro, ocorrido na cidade de Araguainha, foram presos em flagrante pela Polícia Civil de Alto Araguaia com apoio da Polícia Militar, na segunda-feira (18.06), logo após o crime. Os suspeitos, Rosimar Neves da Rocha, 28, Ruan Fernandes da Silva, 18, e Thiago Augusto da Silva, 32, confessaram o crime e foram autuados em flagrante por homicídio qualificado.

O crime que vitimou, Geraldo Pereira Bezerra, 32, ocorreu na madrugada de 18 de junho, na casa da vítima, no Centro de Araguainha. Na ocasião, a vítima foi surpreendida pelos criminosos, que inicialmente o torturaram com golpes de faca e depois atearam fogo em seu corpo.

A Polícia Militar foi acionada por vizinhos que perceberam a ação dos criminosos. Quando a equipe chegou ao local, a vítima ainda estava com vida, porém logo em seguida não resistiu aos ferimento e morreu no local.

Diante da situação, as equipes da Polícia Civil e do Núcleo Investigativo Operacional (NIO) da Delegacia de Alto Araguaia foram acionadas e sob a coordenação do delegado Carlos Roberto Moreira de Oliveira, agiram rápido, conseguindo identificar e prender os autores do crime.

Leia mais:  Acusado de estupro de vulnerável tem prisão cumprida em Poconé

Questionados, os suspeitos confessaram o crime e disseram que executaram a vítima por conta de um desentendimento entre eles. Após serem detidos, os autores foram encaminhados para Delegacia de Alto Araguaia, onde o flagrante foi lavrado pelo delegado Fernando Fleury.

A ação contou com a participação de policiais militares de Ponte Branca, investigadores plantonistas da Delegacia de Polícia Civil de Alto Araguaia, e com a equipe de Policiais do Núcleo Investigativo Operacional (NIO) da mesma Delegacia.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Autores de roubo em Alto Araguaia têm prisão cumprida em Goiás

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Três autores de crime de roubo cometido no município de Alto Araguaia (415 km ao Sul) foram presos pela Polícia Civil de Mato Grosso no Estado de Goiás. A ação foi deflagrada com apoio da Polícia Militar local para cumprimento dos três mandados de prisão em abertos.  

Com as prisões decretadas pela Comarca de Alto Araguaia, os suspeitos D.P.B., 21, I.G.C.J., 22, e L.R.M., 42, foram localizados e presos na terça-feira (19.06), na cidade de Santa Rita do Araguaia (GO).

Os três foram descobertos nas diligências pra apurar um roubo ocorrido no ano de 2018, no centro da cidade de Alto Araguaia. Na ocasião, indivíduos com armas de fogo assaltaram um estabelecimento comercial, o qual também atuava como correspondente bancário.

As investigações realizadas pelo Núcleo Investigativo Operacional (NIO), da Delegacia de Polícia de Alto Araguaia, identificaram o trio como os responsáveis pelo crime. Diante dos indícios a Polícia Civil representou pelos pedidos de prisão dos envolvidos.  

Leia mais:  Polícia Civil cumpre 63 mandados contra duas organizações atuantes em jogos de azar em MT

Com as ordens judiciais decretadas pela Justiça, a equipe de policiais civis do NIO conseguiu levantar o paradeiros dos investigados em Santa Rita do Araguaia (GO), região de divisa com Mato Grosso. A ação para prisão dos três procurados contou com apoio da Polícia Militar de GO. 

Após cumprimento dos mandados de prisão, os presos foram levados para Delegacia de Alto Araguaia, e posteriormente transferidos para Cadeia Pública onde permanecerão à disposição da Justiça.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Política Nacional

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana