conecte-se conosco


Mato Grosso

Detran-MT realiza 174 ações de fiscalização de trânsito em Cuiabá e Várzea Grande

Publicado

De janeiro a dezembro de 2019, o Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT) realizou 174 operações de fiscalização de trânsito em Cuiabá e Várzea Grande, com apoio do Batalhão de Polícia Militar de Trânsito Urbano e Rodoviário (BPMTran) e da Secretaria de Mobilidade Urbana de Cuiabá (Semob).

A maioria das notificações geradas foi por condução de veículo sem o licenciamento, direção de veículo sem possuir a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou com a habilitação vencida há mais de 30 dias.

As operações integradas entre o Detran-MT, Polícia Militar e Semob aconteceram em pontos estratégicos de Cuiabá e Várzea Grande, em horários alternados, com base em levantamentos dos locais com maior incidência de infrações e acidentes de trânsito.

Durante a ação, os agentes do Detran, policiais militares e agentes de trânsito da Semob realizaram barreiras e bloqueios (blitz), orientando motoristas e verificando as condições de circulação dos veículos que possam colocar em risco a segurança no trânsito de toda a coletividade.

O presidente do Detran-MT, Gustavo Vasconcelos, destaca que as ações foram intensificadas em 2019 como uma das prioridades da atual gestão, com foco na redução dos acidentes de trânsito, regularização da frota de veículos automotores em circulação e, principalmente, na mudança de comportamento dos motoristas em relação à segurança no trânsito.

Leia mais:  Polícia Civil promove mudanças em diretoria e regional do interior

Além da documentação do veículo e do condutor, os agentes também verificaram as condições básicas de conservação, os equipamentos obrigatórios de segurança e a condição de trafegabilidade do veículo para circular com segurança no trânsito.

Fiscalização

O diretor-executivo do Detran-MT, José Eudes Malhado, reforça que as ações de fiscalização são fundamentais para a redução do número de acidentes e influenciam diretamente na segurança e fluidez do trânsito.

“As operações contribuem para a mudança de comportamento, especialmente do condutor infrator, pelo seu caráter repressivo, preventivo e até mesmo educativo”, diz.

O agente da autoridade de trânsito ao constatar o cometimento da irregularidade, deve lavrar o auto de infração de trânsito e aplicar a medida administrava, conforme determina o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e demais normas vigentes na legislação brasileira.

Por muitas vezes, as ações de fiscalização de trânsito não são bem compreendidas pela população, sendo avaliadas apenas pelo viés punitivo.

“Entretanto, elas têm como principal e único objetivo salvar vidas. Ignorando as leis de trânsito, o condutor coloca em risco a sua própria segurança e de outras pessoas”, observa José Eudes.

Leia mais:  Sine oferta 1.267 vagas de emprego para Mato Grosso nesta semana

Lei Seca

Além das operações diárias realizadas com apoio do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar e da Semob, a Gerência de Fiscalização de Trânsito do Detran-MT também atuou nas operações integradas com as demais forças de Segurança Pública do Estado e Federal, como a Operação Lei Seca, consolidada como política de segurança estadual com foco na redução de acidentes envolvendo bebida e direção.

Em 2019 foram realizadas 42 operações Lei Seca que resultaram na prisão de 163 motoristas por embriaguez ao volante, 444 pessoas autuadas por dirigirem sob efeito de álcool, 1.463 Autos de Infração de Trânsito (AIT’s) confeccionados, 426 Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e 780 veículos recolhidos.   

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Secretaria de Saúde acompanha ações locais sobre coronavírus

Publicado

A Secretaria Estadual de Sau´de, por meio do Centro de Operac¸o~es em Emerge^ncia a Sau´de Pu´blica para o COVID-19, acompanha duas pessoas, nos munici´pios de Glo´ria D’Oeste e Alto Taquari, e esclarece que imediatamente foram acionados os servic¸os de sau´de locais para o monitoramento e a tomada de medidas que envolvem cuidados cli´nicos, investigac¸a~o e orientac¸o~es.

Tais condutas seguem o protocolo estabelecido pelo Ministe´rio da Sau´de para o COVID-19, que visa a` protec¸a~o individual e coletiva. A SES destaca que, com o Decreto de Emerge^ncia de Sau´de Pu´blica de Interesse Nacional para o COVID -19, as ac¸o~es que envolvem qualquer caso de Si´ndrome Gripal devem ser priorizadas e todas as condutas protocolares devem ser rigorosamente seguidas no sentido de garantir o contingenciamento do risco de disseminac¸a~o do vi´rus.

O o´rga~o estadual ainda reforc¸a que todo caso suspeito, apo´s a notificac¸a~o do caso no sistema de informac¸a~o pelo servic¸o, e´ enviado ao Ministe´rio da Sau´de que avalia e declara se o caso e´ suspeito ou na~o.

Os sites da SES (http://www.saude.mt.gov.br/informe/581¿) e do Ministe´rio da Sau´de (https://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/coronavirus¿) dispo~em de informac¸o~es acerca do coronavi´rus, sendo essas as informac¸o~es oficiais.

Leia mais:  Secel prorroga inscrições do Edital de Literatura

A orientac¸a~o e´ de que na~o sejam divulgadas informac¸o~es que na~o sejam oficiais, pois divulgar noti´cias falsas causa pa^nico e atrapalha a conduc¸a~o dos trabalhos pelos servic¸os de sau´de.

O Ministe´rio da Sau´de orienta os cuidados ba´sicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecc¸o~es respirato´rias agudas, incluindo o novo coronavi´rus. Entre as medidas esta~o:

¿ evitar contato pro´ximo com pessoas que sofrem de infecc¸o~es respirato´rias agudas;
¿ realizar lavagem frequente das ma~os, especialmente apo´s contato direto com pessoas doentes ou com
o meio ambiente;
¿ utilizar lenc¸o descarta´vel para higiene nasal;
¿ cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;
¿ evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;
¿ higienizar as ma~os apo´s tossir ou espirrar;
¿ na~o compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
¿ manter os ambientes bem ventilados;
¿ evitar contato pro´ximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doenc¸a;
¿ evitar contato pro´ximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criac¸o~es.
Profissionais de sau´de devem utilizar medidas de precauc¸a~o padra~o, de contato e de goti´culas (ma´scara ciru´rgica, luvas, avental na~o este´ril e o´culos de protec¸a~o).

Leia mais:  Ação conjunta das PMs de Mato Grosso e São Paulo leva à captura de ex-cabo da Rotam

Centro de Informac¸o~es Estrate´gicas de Vigila^ncia em Sau´de
CIEVS-MT

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Recurso para campeonato de futebol amador foi liberado em 2020

Publicado

A emenda parlamentar liberada por meio da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT) para o campeonato de futebol amador “Peladão” foi paga somente em fevereiro de 2020, depois de passar por procedimentos administrativos iniciados no mês de outubro do ano passado. 

Em 2019, o evento não foi realizado. A planilha com supostas despesas do Pedalão 2019 divulgada em um site de notícias da capital se refere, na verdade, aos Jogos Abertos Mato-grossenses, competição disputada no final do ano por equipes da categoria adulta em quatro modalidades (basquete, handebol, futsal e vôlei). 

Com a liberação do recurso em 2020, a 12ª edição do maior evento de futebol amador do Centro-Oeste está agora com seu cronograma definido. 

As inscrições das equipes começaram no dia 17 de fevereiro e seguem até 19 março, no ginásio Aecim Tocantins. No dia 27 de março ocorre o Congresso Técnico para confirmação dos times e das chaves de disputa. E a partir de abril a bola começa a rolar.

Leia mais:  Estudantes de medicina da Unemat conheceram técnicas e procedimentos de APH

Durante seis meses, equipes de todo o Estado disputam o título do futebol amador “Peladão” em jogos nas cidades de Cuiabá, Várzea Grande, Nossa Senhora do Livramento, Poconé, Acorizal, Jangada, Rosário Oeste, Nobres, Barão de Melgaço, Santo Antonio de Leverger e Chapada dos Guimarães.

A competição já conta com mais de 200 equipes inscritas, sendo metade do interior do Estado. A previsão é que cerca de 450 times participem desta edição que terá R$ 180 mil em premiações para os primeiros colocados. Além do recurso disponibilizado pela emenda parlamentar do deputado estadual Wilson Santos, o evento recebe também apoios da iniciativa privada. 

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Política Nacional

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana