conecte-se conosco


Política MT

Deputado se reúne com Ministra Damares e presidente da Funai

Publicado

Na última quinta-feira (17), o deputado estadual delegado Claudinei (PSL) se reuniu com a ministra Damares Alves, titular da pasta da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e o presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), General Franklimberg, na sede da Esplanada dos Ministérios, em Brasília (DF). A pauta principal do encontro foi as dificuldades enfrentadas pelos povos indígenas nas aldeias e, também, o incremento ao turismo e a viabilização para a implantação de usinas flex para a produção do etanol e batata-doce nas aldeias para geração de renda e trabalho.

Antes de iniciar a reunião, os indígenas recepcionaram os presentes com uma apresentação com música e dança, conforme tradição cultural das etnias pertencentes ao estado do Maranhão (MA). A cacique Libiana da aldeia Mainumy apontou que buscam a independência financeira, que faltam oportunidades de trabalho para ter uma vida com dignidade e que os índios não estão satisfeitos em contar apenas com bolsa família para o sustento das crianças.

Também esteve presente José Pompeu da etnia Guarajá, que fica na terra indígena Canabrava (MA). Ele conta com o apoio do Governo Federal e de todo o Poder Legislativo para solucionar os problemas enfrentados pelos índios. “Não somos miseráveis. Não aceitamos mais ser rotulados, de bandidos e de preguiçosos. Nós queremos produzir, nós temos potencial. E sabemos que esteve governo veio para mudar essa história do Brasil. Queremos essa mudança, já! Todas as esferas possam nos apoiar, tanto na usina flex do etanol, quanto no turismo e em outros potenciais que existem nas nossas áreas, pois as terras são produtivas”, esclarece o indígena.

Leia mais:  Botelho vistoria ampliação e reforma do Hospital Metropolitano

Uma das propostas apresentadas pelos índios ao presidente da Funai foi sobre o incremento da agricultura indígena e familiar na matriz energética que compõe a cadeia produtiva do etanol social que é considerado ecologicamente correto, que favorecerá a independência financeira para as aldeias indígenas. “Nós estamos incentivando o pequeno produtor, continuamos a incentivar qualquer projeto que venha gerar renda. Sobre a usina flex piloto e industrial, já conversamos, o empresário que quiser construir uma usina, pode construir em uma terra indígena, e isso implica que este imóvel é da União. Estamos torcendo para que produzam a batata, o etanol”, conta General Franklimberg.

O presidente da Funai acrescenta que a usina em território indígena poderá contar com financiamento de instituições bancárias como BNDES ou Fundo da Amazônia. Ele esclarece que para que essa ideia seja viabilizada é necessária uma articulação junto a Procuradoria Federal Especializada e que mesmo que haja algum fundo para investir é preciso legalizar junto à este órgão.

Para Delegado Claudinei, o encontro foi bastante relevante, principalmente por Mato Grosso ser sexto estado com a maior população indígena no Brasil, sendo mais de 40 mil índios. Em relação ao projeto de lei que o parlamentar propõe atualmente, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), sobre a criação do selo Etanol Social, ele reconhece que o sistema de usina flex beneficiará a agricultura familiar na matriz energética. “Estender essa oportunidade para os indígenas que buscam ter a sua autonomia e independência financeira é de suma importância. O presidente da Funai esclareceu todos os trâmites precisos, desde financiamento até legalização junto à procuradoria federal. Utilizar fontes alternativas como batata-doce é uma inovação tecnológica que desenvolve uma plantação ecologicamente correta com a produção do etanol”, pontua Claudinei.

Leia mais:  Delegado Claudinei questiona Gallo sobre pagamentos de salários, 13º e emendas

Estiveram na reunião Eliete Touta que é funcionária da Funai na Coordenação Técnica Local de Barra do Corda (MA), a assistente técnica da assessoria da Presidência da Funai Hilda Araújo Azevedo, o pesquisador e idealizador do projeto Etanol Social em Mato Grosso Aldo Marcos Silva, a advogada na área de políticas públicas Mônica Maria Holanda Vasconcelos e o empresário Paulo César Lima que foi responsável por conduzir a comitiva dos indígenas para o encontro.

Fonte: ALMT
Comentários Facebook
publicidade

Política MT

Campanha “Máscara faz bem” incentiva e une a população de MT

Publicado

Foto: DIEGO SAPORSKI

Uma foto postada nas redes sociais (facebook e instagram) do deputado Dr. Eugênio (PSB), no último fim de semana, deu inicio a uma campanha que tem como objetivo incentivar e unir a população de Mato Grosso em prol do uso da máscara no combate à Covid-19.

Intitulada com a hashtag #MASCARAFAZBEM, o parlamentar lançou um desafio: “As rotinas, aos poucos, voltarão ao normal. Precisamos nos proteger. O uso de máscaras é fundamental. Faço aqui um desafio a três amigas para postarem fotos com máscaras: Janaina Riva, Clélia Valadão e Marinalva Silva”, escreveu.

E não demorou muito para que as fotos começassem a aparecer no feed e no story das pessoas desafiadas. “A brincadeira é séria. Queremos mostrar que uma foto pode passar despercebida, mas o que importa é a prevenção, o nosso cuidado”, disse Dr. Eugênio.

O uso de máscaras – A partir do dia 5 de maio, enquanto estiver vigente o decreto de calamidade pública, os estabelecimentos públicos e privados que estiverem em funcionamento em qualquer município de Mato Grosso devem exigir o uso de máscaras faciais dos funcionários, colaboradores e clientes.

Leia mais:  Delegado Claudinei questiona Gallo sobre pagamentos de salários, 13º e emendas

Fonte: ALMT
Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Após indicação do Delegado Claudinei, governo faz parceria e hotel abriga profissionais de saúde

Publicado

Foto: ANGELO VARELA / ALMT

Pelo mundo inteiro, é alto número de infectados pela Covid-19 entre os profissionais de saúde, pois estão na linha de frente e eles não param, ainda que isso represente colocar suas próprias vidas em risco e, até mesmo, de seus familiares. Preocupado com essa situação em Mato Grosso, no início de abril, o deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) apresentou a Indicação nº 1253/20 para que o governo alugue quartos de hotéis para esses profissionais, durante o combate ao coronavírus.  

Na última semana, o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, anunciou uma parceria com o Hotel Fazenda Mato Grosso, em Cuiabá, para hospedar servidores da saúde infectados pela Covid-19 ou que residam com algum familiar que tenha testado positivo ao vírus.  

“Essa é uma medida muito importante que o Governo adotou, já tínhamos essa preocupação, ainda mais porque o índice de propagação da Covid-19 é muito alto e o que pudermos fazer pelos nossos heróis da saúde, vamos fazer”, afirmou Delegado Claudinei.

Leia mais:  Botelho vistoria ampliação e reforma do Hospital Metropolitano

O hotel vai disponibilizar 50 apartamentos para servidores contaminados com sintomas leves, que não precisam ser hospitalizados e não tenham como cumprir quarentena por morarem com outras pessoas. Em Mato Grosso, até ontem à noite (26) já tinham sido registrados 10 mortes e 250 casos confirmados pela Covid-19. 

IDOSOS – Outra indicação que o deputado fez ao governo do estado é a nº 1254/20 para o aluguel de quartos de hotéis destinados idosos de baixa renda e que residam em maior concentração de pessoas, durante a pandemia. “As pessoas com mais de 60 anos fazem parte do grupo de risco da Covid-19 e, também solicitamos essa atenção do Governo para adotar alguma medida neste sentido”, concluiu o parlamentar. 

Fonte: ALMT
Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Política Nacional

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana