conecte-se conosco

Policial

Delegado da PJC defende tese de mestrado em Sociologia

Publicado

 Assessoria | PJC-MT

O Delegado da Polícia Judiciária Civil, Gênison Brito Alves Lima, defendeu sua tese de mestrado com o título: “Segurança Pública e Participação Social em Mato Grosso: As Representações Sociais de Integrantes do Conselho Comunitário de Segurança da Região do Pedra 90 em Cuiabá”. O mestrado faz parte do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal de Mato Grosso. 

A apresentação do delegado que é classe especial e Coordenador da Polícia Comunitária da PJC, aconteceu no dia 14 de maio, no auditório do Instituto de Ciências Humanas e Sociais (ICHS) da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Segundo o delegado, a pesquisa do mestrado buscou retratar a realidade dos conselhos comunitários, enquanto mecanismo de participação social, e sua interação com os demais órgãos do sistema de justiça criminal na concretização de seus anseios, bem como nas articulações e intervenções nas políticas estaduais ou municipais de urbanização, esporte, lazer, cultura, combate à evasão escolar e mediação de conflitos.

“A proposta da dissertação foi compreender como o controle social e a segurança pública são pensados pelos conselheiros comunitários de segurança pública e influenciam suas práticas na região do Pedra 90” destacou o mestre em Sociologia.

Leia mais:  Operação Lei Seca prende 83 motoristas por embriaguez ao volante

A dissertação consiste num estudo a respeito do tema refletindo a realidade dos conselhos comunitários, enquanto mecanismos de participação social, e sua interação com os demais órgãos do sistema da justiça criminal na concretização dos seus anseios, bem como nas articulações e intervenções nas políticas estaduais ou municipais de urbanização, esporte, lazer, cultura, combate à evasão escolar e mediação de conflitos.

O objetivo geral era entender como as representações sociais dos conselheiros comunitários de segurança na região do Pedra 90, a respeito do controle social e da segurança pública, interferiam na atuação dos Consegs.

A investigação proposta teve enfoque qualitativo, adotou por princípio de delineamento o estudo de caso, quanto à natureza aplicada, e no que concerne aos objetivos trata-se de um estudo descritivo.

Ao final, os discursos e a apreensão das representações sociais dos conselheiros, revelaram a maneira pela qual as relações difusas entre a comunidade e os operadores do Estado se baseiam, fruto de suas práticas como aparelho de controle social, e como elas afetam intensamente o desenvolvimento de suas atividades na área de abrangência.

Leia mais:  Polícia Civil prende jovem e fecha boca de fumo próxima a Escola no bairro CPA-III

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
publicidade

Policial

Acusado de matar menor é preso em Confresa pela PC

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Com mandado de prisão preventiva, expedido pela comarca de Porto Alegre do Norte/MT, Diogo Pereira da Silva, 22, foi preso pela Policia Civil, em Confresa, na sexta-feira (20.09).Ele é acusado de crime de homicídio  ocorrido no mês de novembro de 2017.

A vítima do crime foi um adolescente (Carlos Cardoso Figueiredo, conhecido por Carlinhos), que teve o corpo encontrado com várias perfurações de faca, e já em avançado estado de decomposição, na pista de motocross, no município de Confresa.

Durante as investigações, a Polícia Civil comprovou a participação do suspeito no crime, que à época possuía um veículo Gol vermelho,  que foi utilizado durante a ação criminosa. Além de Diogo, outros três menores também participaram da morte de “Carlinhos”, sendo que estes já haviam confessado o crime e também delatado Diogo como um dos autores do crime.

O delegado de Confresa André Rigonato representou pela prisão preventiva de Diogo Pereira da Silva. O mandado de prisão foi deferido e ele preso.

Leia mais:  Polícia Civil cumpre prisão de suspeito de agredir vítima até a morte em Várzea Grande

O suspeito será encaminhado para a Cadeia Pública de Porto Alegre do Norte.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende estelionatário por falsa comunicação de crime em Jaciara

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um homem suspeito de envolvimento em golpes e crimes de estelionato, praticados em vários região do Brasil, foi preso pela Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso, na tarde de quinta-feira (19.09), no município de Jaciara (144 km ao Sul da Capital).

O suspeito, L.C.C. de 35 anos, foi autuado em flagrante por comunicação falsa de crime, após comparecer na Delegacia de Polícia de Jaciara para registrar em suposto roubo, o qual nunca aconteceu.

Conforme boletim de ocorrência feito pelo suspeito, ele foi vítima de um assalto, ocorrido na Rodovia BR 364. Na narrativa foi comunicado que dois indivíduos armados teriam levado o veículo da vítima, todos os documentos, cartão de crédito, bem como a quantia de R$ 800,00 em dinheiro.

Entretanto, no decorrer do depoimento, o suspeito passou a entrar em contradição, chamando assim, a atenção dos policiais civis. Inicialmente, L.C.C. disse que o automóvel roubado pertencia a uma tia. Em seguida, alegou que o carro era de propriedade da sua mãe. Ainda na sequência, alegou que o veículo era de um parente da parte paterna.

Leia mais:  Polícia Civil prende foragido no bairro Pedra 90

Diante dos fatos confusos, L.C.C. acabou contando que há cerca de 2 anos integra um grupo de estelionatários, exercendo a função de registrar boletins de ocorrência falsos. Para cada documento confeccionado, o mesmo recebia o valor de R$ 2 mil.

Ainda segundo o suspeito, o delito de falsa comunicação de crime, foi praticado mais de doze vezes em diversas cidades de diferentes Estados.

Com base na confissão, o suspeito foi autuado pelo delegado Sidarta Vidigal de Almeida, por comunicação falsa de crime, e posteriormente colocado à disposição da Justiça.

As investigações continuam com objetivo de identificar os outros possíveis comparsas do preso.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Política Nacional

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana