conecte-se conosco

Esportes

Da várzea a herói do Flamengo: em 7 anos, Bruno Henrique cumpre profecia do avô

Publicado

Bruno Henrique%2C há 10 anos%2C defendia o Inconfidência arrow-options
Arquivo pessoal

Bruno Henrique, há 10 anos, defendia o Inconfidência

Maracanã, Rio de Janeiro. Bruno Henrique arranca e bate cruzado para marcar o segundo gol do Flamengo contra o Internacional , pelas quartas de final da Copa Libertadores. A 450km dali, o bairro de Concórdia, em Belo Horizonte, também vibra ao ver uma de suas crias brilhando no futebol brasileiro. Foi nos campos de terra da várzea mineira que o camisa 27 deu seus primeiros passos.

Leia também: Bruno Henrique brilha e Flamengo sai na frente do Inter nas quartas da Liberta

Essa história começa em 2009, quando Bruno Henrique era apenas “Bruninho” ou “mosquito”, apelido que ganhou na infância pois passava voando pelos zagueiros. Vindo de uma família humilde, precisou conciliar a rotina de estudos, trabalhos informais e de treinos na equipe de futebol amador do bairro: o Inconfidência Futebol Clube .

“Nessa época, ele já trabalhava como office boy. Ganhava dinheiro durante a semana e jogava aos domingos. Com 16 anos, nós víamos que ele tinha talento quando jogava contra os adultos. Foi no futebol amador que ele teve suas primeiras oportunidades”, conta Ronnie Hudson, de 36 anos, o primeiro técnico do atacante.

Antes do sucesso, Bruninho precisou ouvir diversos “nãos”. No início da carreira, foi recusado em peneiras do Atlético-MG e do América-MG e, por isso, não teve formação em categorias de base. Descoberto por Ronnie, passou a disputar a Copa Itatiaia, torneio promovido por uma rádio do estado, e lá chamou atenção.

Leia mais:  VAR na berlinda! Polêmica prossegue, mesmo com a tecnologia no futebol

“Ele entrava e todo mundo já dava para ver que ele era acima da média. Tinha velocidade para conduzir a bola nos campos de terra. Ele foi se destacando, ganhando popularidade”, conta o treinador.

Bruno Henrique marcou os dois gols do Flamengo contra o Inter arrow-options
Libertadores / Twitter / Reprodução

Bruno Henrique marcou os dois gols do Flamengo contra o Inter

Em 2012, o Independência conquistou o título da Copa Itatiaia e Bruno Henrique foi eleito o craque e o artilheiro da competição. Despertou interesse do olheiro do Cruzeiro , que convidou a ele e ao seu irmão Vander Nunes, quatro anos mais velho, para um período de testes na Toca da Raposa.

Foi também onde seu Genésio faria uma profecia para o neto: um dia veria o garoto vestindo a camisa da seleção brasileira – o que se tornará realidade no mês de setembro. Na última sexta-feira,  o atacante foi convocado pela primeira vez pelo técnico Tite para participar de dois amistosos nos Estados Unidos.

“É muito gratificante e prazeroso para todos daqui de Concórdia. Nós que começamos com ele, vimos surgindo no futebol. Não tem felicidade maior que essa. Parece que estamos vivendo um sonho, ele estava aqui com a gente e vai vestir a camisa da seleção brasileira”, completa Ronnie.

Leia mais:  Palmeiras bate recorde negativo do CSA em derrota para o Flamengo

Junior Neymar, o irmão que era a aposta de craque

Bruno Henrique era uma das promessas do Concórdia, mas quem despertava mais expectativa era o irmão Vander. Na época de Inconfidência, ele era o camisa 10 da equipe e visto como “o mais certo para vingar” pelos treinadores. Não à toa, ganhou o apelido de “Juninho Neymar”.

“Eu me destacava mais, fazia mais gols do que o Bruno Henrique. Bruninho finalizava melhor, era talentoso, mas eu participava mais dos gols”, lembra Vander, ou Juninho, que aos 29 anos ainda atua no futebol amador da cidade.

No título conquistado em 2012, Juninho foi a revelação da competição. O topetinho louro, aliado ao talento com os pés, lhe rendeu o apelido de “Neymar”.

Bruno Henrique no Santos arrow-options
Twitter/Reprodução

Bruno Henrique no Santos

“Ele estava surgindo no Santos e tinha aquele cabelo. Por isso, eu ganhei o apelido aqui na várzea”, brincou.

Assim como o irmão, Juninho seguiu para o Cruzeiro e foi emprestado ao Uberlândia, também de Minas Gerais. No entanto, as diversas lesões atrapalharam a carreira até que ele decidiu voltar para a cidade natal. Hoje, comemora o sucesso do irmão e companheiro.

“Nossa convivencia é boa, a gente conversa todo dia. É uma felicidade imensa, né? Não só para mim, mas para a família toda. É um sonho de qualquer jogador vestir a camisa da seleção brasileira. Eu e todos nós da cidade ficamos orgulhosos com as conquistas dele”

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Varane diz que rumor de Neymar no Real atrapalhou: “Perdemos o foco”

Publicado

A possibilidade de Neymar ter acertado com o Real Madrid na última janela de transferências da Europa, que encerrou em 2 de setembro, perturbou o elenco madrileno. Foi o que afirmou o zagueiro Raphael Varane. Em entrevista ao jornal francês “Le Parisien”, o defensor admitiu que o rumor fez com que os atletas do time espanhol perdessem o foco no início da temporada 2019/2020.

Leia também: Após volta ao PSG, Neymar é flagrado dançando hit de forró; assista

Raphael Verane arrow-options
Reprodução/Instagram

Raphael Verane


“Houve muito ruído, mas no clube não falávamos muito sobre isso, pois estávamos concentrados no início da temporada. A cada dia surgia muitas notícias e acabamos perdendo um pouco o foco”, disse ele sobre os rumores envolvendo Neymar.

Leia também: “Neymar se agiganta”: atacante é chamado de gênio na imprensa europeia

Varane afirmou que sempre esteve prudente aos rumores sobre a saída de Neymar do Paris Saint-Germain e a chegada dele ao Real Madrid . O zagueiro explicou que só acredita em negociações acertadas e não em supostas contratações.

“Lido sempre com esse tipo de rumores. Sou muito prudente e, enquanto uma negociação não estiver concluída, eu tenho sempre um pé atrás’, falou ao diário.

Leia mais:  Liverpool sofre, mas vence o Newcastle e segue na luta pelo título inglês

Leia também: Neymar diz que queria sair do PSG e dispara: “Não preciso que gritem meu nome”

Neymar tentou sair do PSG e retornar ao Barcelona, algo que não aconteceu. Ao mesmo tempo, o pai do jogador tentou negociá-lo com o Real Madrid, o que também foi em vão, já que o time francês exigiu pelo menos 300 milhões de euros para vender o craque brasileiro.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Willian elogia Flamengo e Palmeiras e fala sobre possível volta ao Brasil

Publicado

Willian no Chelsea arrow-options
Divulgação

Willian é jogador do Chelsea, da Inglaterra

Flamengo e Palmeiras, atualmente líder e vice-líder do Campeonato Brasileiro, são os dois times do país que mais investiram em contratações nas últimas temporadas, incluindo jogadores com passagens pela seleção brasileira, o que chamou a atenção do meia Willian, do Chelsea, que elogiou os clubes.

Leia também: Jorge Jesus diz que treinadores brasileiros estão ultrapassados

“Muitos jogadores estão voltando a jogar no Brasil. Jogadores importantes, que atuaram em grandes clubes na Europa. No Flamengo , os dois laterais de seleção brasileira (Rafinha e Filipe Luís), o time todo muito bom. Palmeiras também com um time muito bom, vários outros clubes bons, com jogadores voltando”, disse Willian em entrevista aos canais ESPN.

Apesar dos elogios, o camisa 10 da seleção brasileira na conquista da Copa América de 2019 afirmou que ainda não pretende retornar ao futebol do país.

“A gente nunca sabe o futuro, o que pode acontecer. Mas esse não é meu objetivo, por enquanto. Espero poder continuar por muito mais tempo aqui na Europa”.

Leia mais:  Inter de Milão impõe condição para tirar Sánchez do Manchester United

Leia também: Valdivia detona Alexandre Mattos nas redes sociais: “Gordo safado”

Revelado pelo Corinthians, Willian joga no futebol europeu desde 2007, quando trocou o Timão pelo Shaktar Donetsk, da Ucrânia. Em 2013, após uma passagem curta pelo Anzhi Makhachkala, da Rússia, o meia se transferiu para o Chelsea , onde atua até os dias de hoje.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Política Nacional

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana