conecte-se conosco

Mato Grosso

Com parcerias, unidade prisional leva qualificação profissional a reeducandos

Publicado

Uma parceria entre a cadeia pública de Jaciara, Secretaria de Assistência Social do município, Sine e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-MT) possibilitou a qualificação profissional em pintura de obras a 18 reeducandos. Os certificados foram entregues nesta semana na unidade prisional.

Lizeu Dutra é um dos beneficiados com a qualificação e agradece a oportunidade recebida. “Todos estão sempre aqui dando oportunidade para nós. Foi muito bom aprender uma profissão a mais. A gente só tem a agradecer por tudo que vocês têm feito, estão acreditando na mudança do reeducando”.

O diretor da unidade prisional, Ricardo Simplício, afirma que sempre busca parcerias para ofertar qualificação e capacitação, proporcionando ensino e trabalho aliados à disciplina, e a Prefeitura Municipal apoia as ações na cadeia, com demais parceiros como o Senai, que oferta gratuitamente os cursos de qualificação. “Cobramos bom comportamento e respeito às regras e em contrapartida vamos atrás de cursos, de oportunidades de aprendizagem para que ao sair daqui eles possam seguir um novo rumo em suas vidas, buscar uma segunda chance. Para alguns deles acaba sendo a primeira chance, alguns nunca tiveram a oportunidade, nem uma chance de emprego”, explica o agente penitenciário, acrescentando que um dos reeducandos que fez os cursos de pintura e de marcenaria e saiu da unidade, hoje está empregado.

Leia mais:  Encontro destaca qualidade de serviços penitenciários e boas práticas na gestão

O reeducando Hermes Ferreira destaca a importância da qualificação diante da perspectiva de sair da unidade prisional após cumprir a pena. “Durante o curso de pintura nós aprendemos muitas coisas. E é um meio de vida para quem está aqui dentro saber que vai sair com uma profissão. Uma nova vida para quem quer renovar a vida para o lado de fora”.

A secretária de Assistência Social de Jaciara, Luciana Cristina dos Santos, falou da necessidade do município em trabalhar pela inclusão social dos reeducandos. “”É uma junção da Assistência Social, Sine e Senai, para fazer a inclusão social. Agradeço ao Simplício que nos atende muito bem, sempre que possível estaremos viabilizando esses cursos na Cadeia Pública de Jaciara”, ressaltou.

Como parte das aulas do curso profissionalizante, os reeducandos fizeram a pintura do prédio da unidade prisional. 

Oficinas laborais

A cadeia pública de Jaciara abriga aproximadamente 74 presos da região. No local, a direção e servidores penitenciários coordenam atividades educativas e laborais com os reeducandos, como oficina de marcenaria e horta. A venda dos móveis fabricados no local é revertida na compra de insumos para a marcenaria e também em melhorias na unidade.

Leia mais:  Dois são presos por tentar explodir caixa de banco em supermercado

Neste ano, os reeducandos já receberam três cursos profissionalizantes de marcenaria, pintor de obras e aproveitamento de resíduos de madeira.

Com informações da Prefeitura de Jaciara

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Temos que dar o exemplo e criar oportunidades para esses jovens, afirma governador

Publicado

O governador Mauro Mendes defendeu ser necessário que as instituições públicas possam dar o exemplo no que diz respeito a oportunizar espaço para aprendizagem profissional de jovens e adolescentes egressos do sistema socioeducativo.

Para o governador, é com o exemplo que será possível fazer com que mais empresas participem do programa de aprendizagem profissional e cumpram o que é exigido em lei, que prevê um percentual das contratações voltado a este público.

Mauro Mendes, que participou da abertura do painel “Política de Aprendizagem” na tarde desta terça-feira (12.11), no Tribunal de Justiça de Mato Grosso, afirmou que a união de forças dos poderes e instituições, além das federações, é fundamental para que os jovens possam ser inseridos no mercado de trabalho e, assim, consequentemente, trilharem o futuro.

“Esse trabalho é fundamental e tem que ser feito a quatro mãos por todas as instituições envolvidas, os poderes, as associações, federações e o setor produtivo. O Governo do Estado pretende dar o exemplo, buscando dentro das  nossas secretarias e dos nossos órgãos criar essas oportunidades. E, a partir daí, cobrarmos da iniciativa privada para que também coopere e colabore, para que possamos através da educação profissional dar oportunidades e criar uma alternativa para esses jovens”, destacou.

Leia mais:  Parcerias firmadas pela PJC possibilitam novo prédio para delegacia no interior

O presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, Carlos Alberto Alves da Rocha, ressaltou que o encontro é fundamental para que o setor empresarial se envolva na causa e possa obter informações mais precisas sobre como proceder para empregar um menor e “ajudá-lo em seu crescimento”.

“Nós temos dito sempre que o jovem é o futuro da nação, chegou a hora e o futuro está aí. Nós devemos encaminhá-los da forma mais adequada possível e a sociedade tem esse dever também”, disse.

Para a presidente do Tribunal Regional do Trabalho, desembargadora Eliney Veloso, a aprendizagem é um “mundo novo e cabe a nós promovermos a transformação desses jovens”. 

“Colocá-los no mercado de trabalho é tirá-los do risco e de péssimas influências do mundo da criminalidade”, pontuou, defendendo ainda que o empresário precisa “se sensibilizar para o cumprimento da cota exigida na lei, pois a legislação tem uma finalidade, a de transformar a vida dos jovens”.

O evento também contou com a participação da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio), da Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt), da Assembleia Legislativa de Mato Grosso e da Superintendência Regional do Trabalho de Mato Grosso.

Leia mais:  Fapemat financia pesquisa que descobriu larvicida eficaz contra Aedes aegypti

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Inscrições para processo seletivo da Escola do Corpo de Bombeiros terminam na quinta-feira (14.11)

Publicado

A Escola Militar do Corpo de Bombeiros Militar Dom Pedro II encerra nesta quinta-feira (14.11) as inscrições para o seu processo seletivo. Os estudantes de Alta Floresta ou das cidades vizinhas podem se candidatar às vagas disponíveis acessando o edital do processo seletivo que está no site do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso.

Os responsáveis pelos candidatos devem se dirigir à Escola Dom Pedro II com os documentos necessários (RG ou certidão de nascimento, foto 3×4, documento da escola anterior). As inscrições são para o 7º, 9º do fundamental e 1º ano do ensino médio.

As provas serão realizadas no domingo, 8 de dezembro, com limite de entrada às 7h40 da manhã. As provas serão compostas de 20 questões, 10 de Matemática e 10 de Língua Portuguesa. Os resultados serão divulgados no dia 13 de dezembro.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Leia mais:  Foragidos da Justiça por tráfico de drogas e homicídio são capturados
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Política Nacional

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana