conecte-se conosco

Mato Grosso

Colônias de Férias proporcionam diversão e conhecimento para crianças

Publicado

As férias de julho estão mais animadas para as crianças que participam das colônias de férias na Biblioteca Pública Estadual Estevão de Mendonça ou no Museu de Arte Sacra de Mato Grosso. Aliando diversão e conhecimento, os dois espaços culturais oferecem atividades lúdicas, gincana, cinema, jogos educativos, teatro de fantoche, oficinas e muita brincadeira nos dias de programação.

Miguel dos Santos Lima, 9 anos, confessou que queria passar as férias jogando videogame. Foi para a biblioteca meio desanimado e por insistência da mãe. Porém, chegando lá, se envolveu nas atividades e terminou gostando. “Está muito legal, curti o filme e a oficina de boneco”.

A mãe, Ivone dos Santos, contou que viu a programação e motivou o filho a participar, na esperança de mostrar a ele outras formas de diversão. “Ele está nessa fase de resistir à leitura, quer ficar jogando no celular. Consegui trazê-lo e valeu muito à pena”.

A colônia de férias na Biblioteca Estevão de Mendonça segue até esta quinta-feira (18.07), das 13h às 16h30, e é gratuita. Com mais de 300 crianças inscritas nos três dias, a organização estima um atendimento de pelo menos 450 pessoas, incluindo os acompanhantes.

Além das atividades pedagógicas (cinema, oficinas de slime – massinha – e criação de boneco, entre outras), o jardim externo foi preenchido com pula-pula, escorregador e piscina de bolinhas, que chamam a atenção de quem passa em frente ao Palácio da Instrução. Em um dos jardins internos, a equipe montou um cantinho com pufes para as descansarem ou lerem. No outro lado, elas podem aproveitar o carrinho de pipoca, algodão doce e cachorro-quente servidos de lanche.

Leia mais:  Eleição para novos membros do Colégio de Procuradores será no dia 23

“Está sendo muito legal. É a primeira vez que venho e quero aprender a fazer slime. Vou participar todos os dias”, revelou Maria Eduarda, 9 anos.

Pesquisando programação de férias para a filha Isadora, de 7 anos, Jéssica Ferreira Lima levou a menina e candidatou-se como voluntária. Ela destacou que escolheu a biblioteca por acreditar que a colônia neste espaço valoriza a cultura e o conhecimento, além de ser uma atividade gratuita. 

“Os filhos ficam de férias, mas nem sempre os pais conseguem, então decidi ser voluntária para ajudar essas pessoas que não podem vir junto com as crianças e a biblioteca também traz essa segurança para os pais deixarem os filhos”.

Outro espaço com uma programação diferente é o Museu de Arte Sacra de Mato Grosso. O espaço abriu as portas para crianças de 6 a 11 anos em uma programação especial que segue até domingo (21.07). As atividades começaram na quarta-feira (17.07) com visitas guiadas para conhecer o acervo, além de jogos educativos.

Nos outros dias, haverá oficinas (desenho com Carlos Pina e montagem de camiseta com Lua Brandão), modelagem de argila e teatro de fantoche. As crianças também irão participar de um treinamento para serem mediadores mirins, e ao final poderão fazer a condução de uma visita, apresentando o museu para familiares. Ao fim, haverá apresentação de uma peça de teatro de fantoches e será montada uma exposição com os trabalhos desenvolvidos pelos participantes.

Leia mais:  Seis empresas apresentam proposta para recuperar o Anel Viário de Rondonópolis

Cheia de ansiedade, Ana Luisa Dias, 8 anos, conta que mal dormiu esperando pela colônia de férias no museu. “Estou gostando de tudo, eu não conhecia a história da igreja que foi demolida”, explica, contando sobre a atividade em que aprendeu sobre a catedral de Cuiabá.

Também muito animado com tudo, Rafael Reis, 5, disse que estava empolgado porque adora participar de colônia de férias. “Ano passado fui em uma de fazer comida e slime”. Ele, que inclusive diz já conhecer vários museus, agora escolheu o de Arte Sacra como o preferido. “É o mais legal porque tem colônia”.

A colônia de férias no Museu de Arte Sacra ocorre o dia todo, com duas turmas de idades diferentes. Para o público de 6 a 8 anos, as atividades ocorrem das 8h às 12h. Os maiores, de 9 a 11 anos, participam no período da tarde, das 13h às 17h.

Serviço

Mais informações sobre a colônia de férias podem ser obtidas diretamente na Biblioteca (65) 3613-9240/9230 e no Museu (65) 3056-1373.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

PM apreende pasta base de cocaína em fundo falso de veículo

Publicado

Policiais Militares apreenderam 65 tabletes de pasta base de cocaína escondidos em um fundo falso de um veículo Kombi, na noite desta sexta-feira (20.09), em Santo Antônio de Leverger. O suspeito detido com entorpecente, confessou que comprou a droga na Bolívia e que a entregaria em Campo Grande no Mato Grosso do Sul.

O suspeito A.S. (31 anos), foi preso depois de ser abordado por policiais que realizavam rondas na MT-361, zona rural de Santo Antônio de Leverger. Durante a abordagem, os policiais suspeitaram do homem que aparentava nervosismo e encaminharam o suspeito e o veículo até a Base da PM no município de Barão de Melgaço. Para checagem e entrevista, a guarnição da PM contou o apoio de policiais da Força Tática e também do Grupo Especial de Fronteira (Gefron).

Na vistoria no veículo foram encontrados vestígios de silicone e tinta fresca em uma parte interna da kombi, e localizado um fundo falso que escondia 65 tabletes de pasta base de cocaína.

A.S. confessou à polícia que comprou a droga na Bolívia e que teria que entregar o entorpecente na cidade de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. A droga e o veículo foram apreendidos e o homem preso por tráfico de drogas.

Leia mais:  Agentes prendem quatro pessoas com drones e celulares próximos à penitenciária

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Recuperação de nascente e plantio de mudas celebram dia da Árvore em Cuiabá

Publicado

Em comemoração ao Dia da Árvore, celebrado neste 21 de setembro, a secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), por meio da Superintendência de Educação Ambiental, iniciou nesta sexta-feira (20.09) a recuperação de nascente localizada na área da escola Municipal de Educação Básica 12 de outubro, no Jardim Itamarati, em Cuiabá. No local também foram plantadas mudas de espécies nativas do cerrado.

A recuperação da nascente é um trabalho de extrema importância. “Temos aqui uma nascente que está bastante degradada e com a ação de diversos parceiros vamos conseguir recuperar. Nós, como cidadãos, temos que buscar a preservação da natureza. A escola está de parabéns por abrir as portas e buscar recuperar esta nascente tão necessária para a comunidade. Não adianta fazermos as melhores políticas públicas e a sociedade não participar”, destacou a Secretária Adjunta de Gestão Ambiental, Luciane Bertinatto.

Dezenas de alunos participaram do evento, com apresentações culturais, pondo a mão na terra para realizar o plantio e, claro, exaltando a importância das árvores. “A árvore é importante porque a semente fica no meio então tem água dentro dela, por isso ela cresce e fica linda”. “ A árvore é nosso oxigênio”. “A árvore faz a gente respirar, se não molhar ou se cortar a gente fica sem ar”, são algumas das frases ditas pelos pequenos estudantes entre 6 e 8 anos.

Leia mais:  Mato Grosso Saúde e Procon criam canal de comunicação direta para resolver problemas

A participação dos estudantes em uma ação que parece ser pequena, como o plantio de uma árvore e a recuperação de uma nascente, trará lembranças para a vida toda, exaltaram os participantes. “No futuro estas crianças poderão olhar as árvores e a nascente e entender a importância desta participação delas aqui hoje. É gratificante ver os órgãos ambientais se juntarem a sociedade para esta realização”, disse o representante do Projeto Verde Novo, do Juizado Volante Ambiental, Sérgio Savioli.

Entre os parceiros da Sema na ação está o Ministério Público de Mato Grosso, prefeitura de Cuiabá, 44º Batalhão de Infantaria Motorizado, Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental, Juizado Volante Ambiental (Juvam) e Instituto Ação Verde.

Vicente Falcão, do Instituto Ação Verde, exalta a parceria entre órgãos do Executivo e Judiciário para a realização do projeto. “Sem o envolvimento de todas estas instituições seria impossível. Mas não é só dever do poder público, a participação da sociedade garante que as sementes plantadas aqui hoje continuem sendo plantadas no dia a dia”.

Leia mais:  Agentes prendem quatro pessoas com drones e celulares próximos à penitenciária

O promotor de justiça Gerson Barbosa, que coordena o ‘Água para o Futuro’, explica que o objetivo do projeto é proteger as nascentes e que das identificadas até o momento, 78% estão degradadas. “É um momento muito sublime que vai ficar marcado na história dos participantes, pois estas pessoas estarão recuperando uma destas nascentes que estão degradadas. Sem água nada na vida acontece”.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Política Nacional

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana