conecte-se conosco

Entretenimento

Clima pesa na redação de jornalismo da TV Cultura

Publicado

source

Desde a semana passada se instaurou um clima dos mais pesados nos estúdios do ” Jornal da Cultura “. Isso porque as apresentadoras do jornalístico, Karyn Bravo e Ana Paula Couto , tiveram uma briga quente dentro da redação. O barraco foi daqueles, com direito a gritos, socos na mesa e turma do deixa disso para interromper a discussão.

Leia também: Ator de “Malhação” concorre compete em Festival de Cinema em Los Angeles

Karyn  Bravo e Ana Paula Couto apresentam o arrow-options
Reprodução

Karyn Bravo e Ana Paula Couto apresentam o “Jornal da Cultura”

O clima já vinha tenso há algum tempo, a ponto das apresentadoras nem se falarem dentro do estúdio e terem vários bate bocas menores por não estarem de acordo em pontos como: plantões, entrevistas com convidados, detalhes da apresentação do jornal, entre outras coisas.

Leia também: Mulher dá banana para ator negro durante peça: “O racismo é trágico”

A própria direção da emissora já vinha tentando apagar os incêndios, pois não queria as âncoras de seu principal jornalístico envolvidas em polêmicas, mas não teve jeito: após o bate boca na frente de todos, Ana Paula Couto, por já ter diversos anos de casa, foi colocada de “férias forçadas” e Karyn, que foi contratada recentemente, seguiu à frente do jornalístico, pois a casa não queria que a notícia viesse à público. Deram sorte que quase ninguém lê esta colunista.

Leia mais:  Vida pós-Game of Thrones: veja fotos de novo filme de Emilia Clarke

O que resultará dessa história nós não sabemos, mas Karyn faz questão de deixar claro a todos que tem as costas quentes e, consequentemente, o apoio da emissora.

Leia também: Luisa Arraes recebe carinho de Caio Blat em estreia no teatro

Vale lembrar que a entrada da dupla no jornal só aconteceu após uma série de desentendimentos da nova presidência da emissora e Willian Corrêa, que até então estava à frente do jornal e, não estando de acordo com as novas diretrizes adotadas para o telejornal , optou por se demitir.

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
publicidade

Entretenimento

Netflix divulga trailer de “Esquadrão 6”, filme estrelado por Ryan Reynolds

Publicado

source

Qual é a melhor parte de estar morto? Não é escapar do seu chefe, da sua ex, ou até mesmo apagar seus antecedentes criminais. A melhor parte de estar morto… é a liberdade. E o personagem de Ryan Reynolds em “Esquadrão 6” sabe bem disso.

Leia também: Ryan Reynolds vem ao Brasil em dezembro participar da CCXP

Ryan Reynolds arrow-options
Reprodução/Youtube

Ryan Reynolds em cena de “Esquadrão 6”


A liberdade para lutar pela injustiça e pela maldade que se escondem em nosso mundo sem que nada nem ninguém possa te deter ou dizer ‘não’. “Esquadrão 6”, novo filme de Ryan Reynolds para a Netflix,   apresenta um novo tipo de herói de ação. Seis indivíduos de várias partes do mundo, cada um é o melhor no que faz, foram escolhidos não só por suas habilidades, mas pelo desejo que eles têm de apagar seus passados para mudar o futuro.

Leia também: Estranho no ninho de Hollywood, Justice Smith muda de patamar ao lado de Pikachu

Leia mais:  “Sempre houve algo assustador na forma como Dany respondia à morte de inimigos”

A equipe é reunida por um líder enigmático (Reynolds), cuja única missão na vida é garantir que, embora ele e seus agentes nunca sejam lembrados, as ações deles certamente serão. ” Esquadrão 6 ” estreia no próximo dia 13 de dezembro, na Netflix, e conta com nomes como Mélanie Laurent, Corey Hawkins, Adria Arjona, Manuel Garcia-Rulfo, Ben Hardy, Lior Raz, Payman Maadi e Dave Franco

Leia também: Revista divulga lista dos atores mais bem pagos de Hollywood em 2019


Vale lembrar que Ryan Reynolds virá ao Brasil em breve, participar da CCXP 2019, que acontecerá em São Paulo.

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
Continue lendo

Entretenimento

Vetada pela Globo, Carla Vilhena fala sobre críticas a Maju: “não sou racista”

Publicado

source

Há pouco tempo, Carla Vilhena deu o que falar ao fazer críticas a Maju Coutinho nas redes sociais. Mesmo após pedir desculpas, a jornalista continua sendo questionada sobre o assunto e em uma recente entrevista ao “TV Fama”, ela deu mais detalhes sobre sua atitude e negou ter sido maldosa em suas palavras.

Carla Vilhena arrow-options
Divulgação/TV Globo

Carla Vilhena

“Eu errei ao não ter a percepção de quem eu estava falando. Não estava falando de uma pessoa qualquer, mas de uma pessoa que é um símbolo de muitas pessoas, como exemplo a ser seguido”, falou  Carla Vilhena sobre o assunto.

Leia também: Carla Vilhena chorou ao deixar “Bom Dia SP” e já dormiu na garagem da Globo

Depois das declarações contra  Maju Coutinho , a jornalista foi apontada como racista e se desviou das acusações explicando: “Eu sou tão não racista que não atentei para a cor da pessoa e para o passado de ataques a outras pessoas”.

Leia também: Ex-contratada da Globo, Carla Vilhena chama funk de “porcaria” e “nojeira”

Leia mais:  Mudanças! Record afasta André Azeredo de apresentação de programa

Por falar em racismo,  Carla Vilhena aproveitou para dizer que sofreu veto da Globo por tentar usar seu cabelo natural, como Maju. “Tentei usar muitas vezes meu cabelo que é crespo, mas nunca me foi permitido. O anterior do anterior diretor de jornalismo da Globo vetou expressamente meu cabelo. No ‘Jornal Hoje’ foi vetado e no ‘SPTV’ também”.

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Política Nacional

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana