conecte-se conosco

Policial

Ciosp amplia videomonitoramento em rodovias estaduais

Publicado

Hérica Teixeira | Sesp-MT

Oitenta e oito câmeras vão fiscalizar a entrada e saída de veículos nas rodovias estaduais. O incremento da tecnologia em prol da segurança pública só foi possível pela integração com as secretarias de Estado de Meio Ambiente (Sema), Infraestrutura (Sinfra) e Fazenda (Sefaz), que vão dispor de aporte financeiro para a instalação das câmeras. A meta é que até o fim do ano vários pontos das rodovias sejam monitorados. Ao todo, serão investidos cerca de R$ 8 milhões.

Atualmente nenhuma rodovia do Estado é monitorada. O objetivo da criação do Sistema Integrado de Monitoramento de Veículos (SimVe) visa integrar tecnologia de imagens e trocas de informações entre as secretarias, no intuito de coibir a sonegação fiscal, crimes ambientais, roubo e furto de veículos, tráfico de drogas e redução da violência nas rodovias.

Todas as imagens serão recebidas pelo Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT).

“É sabido que onde tem uma câmera diminui a criminalidade no entorno. O nosso projeto é distribuir as câmeras pelo Estado, especificamente nas rodovias estaduais e nos municípios. Se colocássemos quatro câmeras em uma cidade é como se reforçássemos a segurança com 16 policiais”, destacou o secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante dos Santos.

Leia mais:  Homem é preso após praticar roubo e atentar contra vida de policiais em Barra do Bugres

Mais ampliação

Em abril deste ano, o Ciosp ampliou em 55% o videomonitoramento em Cuiabá e Várzea Grande. O incremento é resultado da parceria público privada na recepção das imagens. Ao todo foram inseridas 59 novas câmeras, totalizando 161 unidades. As câmeras estão instaladas em pontos estratégicos da região central e nos bairros.

A parceria para realizar o vídeomonitoramento consiste em cidadão adquirir a câmera e fazer a instalação na frente do estabelecimento comercial. Todas as imagens captadas externamente chegam ao centro de controle do Ciosp e são monitoradas.  

Nesta segunda-feira (13), às 9 horas, na Sesp, será realizado uma reunião para apresentação do projeto, pontos de instalação das câmeras e viabilidade nas ações. Participam do encontro gestores e técnicos da Secretaria de Segurança Pública.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
publicidade

Policial

Operação integrada cumpre mandados contra grupo criminoso atuante na região Oeste de MT

Publicado

Assessoria | PJC-MT

As Polícias Civil e Militar em ação conjunta deflagraram, na manhã desta quinta-feira (23.05), a operação “Passo Marcado”, com objetivo de dar cumprimento a 31 ordens judiciais, entre mandados de prisão e busca e apreensão domiciliar. As ordens judiciais tem como alvo um grupo criminoso atuante na região oeste do Estado nos crimes de roubos majorado, associação criminosa armada, posse e porte de arma de fogo e comércio ilegal de arma de fogo.

Os mandados judiciais, cumpridos nas cidades de Pontes e Lacerda e Figueirópolis D’Oeste, foram representados pela Polícia Civil, sendo expedidas seis ordens de prisão preventiva contra os suspeitos, Magdieldo dos Santos Silva, Arlindo Portilho Sobrinho, Josue Xavier da Silva, Eliazar Daniel da Silva, Marcio da Silva Santos e Vagner Leonel Garcia.

Com base nas investigações da Polícia Civil, a Justiça também decretou 25 mandados de busca e apreensão domiciliar, nos endereços dos investigados, de familiares e de outras pessoas que rtem elação com o grupo criminoso. O material apreendido durante as buscas ainda está sendo contabilizado pelas equipes policiais.

O grupo criminoso é investigado há cerca de 6 meses pela Polícia Civil, tendo o trabalho iniciado após a ocorrência de três roubos de caminhonetes modelo Toyota Hilux, na cidade de Figueirópolis D’ Oeste. Foram identificados como líderes do grupo, Magdieldo dos Santos Silva, Arlindo Portilho Sobrinho e Thiago Soares Nascimento, que tiveram mandados de prisão expedidos Justiça.

Leia mais:  Autor de roubo a residência tem prisão cumprida após ser identificado pela Polícia Civil

Durante as investigações, foram presos em flagrante pela Polícia Militar, Alessandro Cesar Santos Veiga, Thiago Soares Nascimento, Elton Douglas Ferreira dos Santos e Cristovão Oliveira dos Santos (executor de três roubos), além de identificada a participação de Tiago Fhellype Ney de Almeida (que continua foragido).

Segundo apurado, os suspeitos com emprego de arma de fogo subtraíram uma caminhonete Hilux no dia 28 de março também na cidade de Figueirópolis D’Oeste, cuja prisão foi realizada já na cidade de Pontes e Lacerda. Atuando da mesma forma, os integrantes do grupo foram identificados como autores de um crime idêntico no dia ocorrido no dia 16 de março, em Pontes e Lacerda, ocasião em que as vítimas foram mantidas em cativeiro até o amanhecer.

Foi descoberto na investigação, que Magdieldo vulgo Magno é segurança particular/noturno na cidade e o responsável por identificar as vítimas e repassar ao grupo criminoso, além de dar todo apoio logístico ás ações. Também apurou-se que ele goza de suposta credibilidade na cidade tendo sido candidato a vereador e ficando como 1º suplente nas eleições de 2016. 

Leia mais:  Polícia Civil prende suspeito de espancar companheira em quarto de hotel em Cáceres

Além dos roubos de veículos, a Polícia Civil apura o envolvimento de Thiago Soares do Nascimento em, pelo menos, dois crimes de furto a banco com a utilização de explosivos, fatos ocorridos em dezembro de 2018 na cidade de Jauru e fevereiro de 2019 na cidade de Figueirópolis D’ Oeste.

Participaram da operação, policiais civis de Jauru, Polícia Militar, ARI do 12 CR, Força Tática , DeFron, policiais civis de Comodoro, Campos de Júlio, Nova Lacerda, Vila Bela da Santíssima Trindade, Delegacias Regional e Municipal de Pontes e Lacerda, Policiais Civis de São José dos Quatro Marcos, Rio Branco e Mirassol d Oeste.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Gado roubado em Nossa Sra. do Livramento é recuperado pela Polícia Civil em Várzea Grande

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um rebanho de gado roubado de uma propriedade na zona rural do município de Nossa Senhora do Livramento (42 km ao Sul) foi recuperado pela Polícia Judiciária Civil, na terça-feira (21.05), durante diligências realizadas pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf-VG).

O assalto aconteceu na manhã de segunda-feira (20.05), na Fazenda Monjolo, na Rodovia BR 070. Três indivíduos armados invadiram o local onde renderam o proprietário que foi amarrado e mantido em cárcere dentro de um dos cômodos, por cerca de 10 horas.

Na ocasião, foram levadas vinte cabeças de gado, um touro e uma motosserra. Os criminosos usaram o telefone rural da vítima para ligar para os freteiros buscar os bois, e ainda fizeram almoço na casa.

Em investigação para apurar o roubo, os policiais civis da Derf Várzea Grande levantaram as informações que os animais estariam em um sítio em Várzea Grande. Com base nas suspeitas, a equipe foi até o endereço onde recuperaram o gado.

Leia mais:  Autor de diversos roubos tem prisão cumprida em Rondonópolis

O responsável pelo sítio não foi encontrado no momento da chegada dos policiais civis. No entanto, o já foi identificado e intimado para esclarecimentos dos fatos.

As diligências continuam com objetivo de prender os autores do roubo.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Política Nacional

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana