conecte-se conosco

Economia

Calendário do PIS/Pasep começa nesta quinta; saiba se pode sacar até R$ 1.039

Publicado

source
pis arrow-options
Reprodução

Calendário de pagamentos do PIS/Pasep começa nesta quinta-feira (16)

Começam nesta quinta-feira (16) os pagamentos do abono salarial do Programa de Integração Social (PIS) e do Programação de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) do calendário 2019-2020, ano-base 2018. Os valores vão de R$ 87 ao salário mínimo vigente em janeiro, R$ 1.039.

Leia também: Abono salarial PIS/Pasep pode passar a ser inferior a um salário mínimo; entenda

Para trabalhadores da iniciativa privada, o pagamento do PIS pela Caixa Econômica Federal começa pelos nascidos em janeiro e fevereiro, enquanto para os servidores o pagamento do Pasep , feito pelo Banco do Brasil, se inicia para quem tem inscrição com final 5. O valor a ser recebido depende do tempo trabalhado com carteira assinada em 2018.

Nascidos entre julho e dezembro já tiveram os saques referentes ao ano-base 2018 liberado, e podem retirar o dinheiro até 30 de junho deste ano, bem como os nascidos nos demais meses. Quem nasceu entre janeiro e fevereiro saca a partir desta quinta-feira, e ficam faltando os nascidos em março e abril (saque será liberado em 13 de fevereiro) e maio e junho (19 de março). A data limite para todos é o final de junho.

No caso do Pasep, já teve direito a sacar quem tem inscrição com os finais 0, 1, 2, 3, 4 e agora 5, a partir desta quinta-feira. Finais 6 e 7 recebem a partir de 13 de fevereiro e 8 e 9 a partir de 19 de março. O final do calendário, assim como no PIS, é em 30 de junho.

Leia mais:  “Vem avalanche de investimentos no ano que vem”, diz Guedes

Quem tem direito ao abono salarial, como conferir e qual o valor?

Tem direito a sacar o abono salarial quem trabalhou com carteira assinada por pelo menos 30 dias em 2018, recebendo, em média, até dois salários mínimos mensais. Além disso, é exigido estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Caso tenha direito a sacar, basta apresentar um documento de identificação e o número do PIS/Pasep. Trabalhadores da iniciativa privada recebem pela Caixa e servidores pelo BB.

Correntistas da Caixa recebem o pagamento do PIS dois dias antes dos demais trabalhadores, enquanto no caso do Pasep o crédito em conta para correntistas do BB começa a partir do 3º dia útil antes do início de cada data de pagamento.

O valor do abono é proporcional ao período trabalhado. Quem trabalhou um mês com carteira assinada, por exemplo, recebe R$ 87, ou seja, 1/12 do valor total, que em janeiro é R$ 1.039.

Leia mais:  Governo decide suspender tabela de frete após pressão de caminhoneiros

Para sacar o PIS, o trabalhador com Cartão do Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir aos terminais de autoatendimento da Caixa ou a uma casa lotérica. Sem o cartão, o valor pode ser recebido em qualquer agência da Caixa, mediante apresentação de documento de identificação.

Informações também podem ser obtidas pelo telefone 0800-726-02-07 da Caixa e no site www.caixa.gov.br/PIS , em Consultar Pagamento. Para isso, é preciso ter o número do NIS (PIS/Pasep) em mãos.

Quem têm direito ao Pasep deve verificar se houve depósito em conta. Caso contrário, basta procurar uma agência do Banco do Brasil com um documento de identificação. Mais informações sobre o Pasep podem ser obtidas pelo telefone 0800-729 00 01, do BB.

A partir de fevereiro, abono será maior

Quem ainda não tem direito a retirar o PIS/Pasep, ou seja, os nascidos entre março e junho e servidores com inscrição com finais 6, 7, 8 e 9, têm um motivo para comemorar, apesar de receber depois.

Leia também: Pagamento do IPVA 2020 com desconto de 3% vence nesta quinta (16)

Com o reajuste do salário mínimo para R$ 1.045, que passará a valer em 1º de fevereiro, o valor a ser recebido também sobe um pouco, seguindo o piso nacional.

Fonte: IG Economia
Comentários Facebook
publicidade

Economia

Concursos públicos federais terão mais de 50 mil vagas em 2020, prevê Orçamento

Publicado

source

Dinheiro Rural

concurso público arrow-options
Agência Brasil

Orçamento 2020 com previsão de vagas foi publicado na última segunda-feira

O Orçamento Geral da União de 2020, publicado nesta segunda-feira (20) no Diário Oficial da União , prevê 51.391 vagas em concursos públicos federais nos Poderes Executivo, Legislativo, Judiciário, Ministério Público da União e Defensoria Pública da União.

Isso representa um aumento de 1.400% em relação à previsão de 3.369 servidores do Orçamento do ano passado.

País tem ao menos 170 seleções abertas para mais de 15 mil vagas

 Do total de vagas previstas para este ano, 45.816 destinam-se ao provimento (preenchimento) de postos existentes que ficaram vagos , geralmente por morte ou aposentadoria. O Orçamento prevê ainda a criação de 5.575 vagas.

O Poder Executivo concentra o maior número de vagas, com a previsão de provimento de 43.568 postos e a criação de 3.140 vagas nas esferas civil e militar.

Mais de 150 vagas de emprego estão abertas no Alto Tietê; confira

 No Judiciário, estão previstos o preenchimento de 1.871 vagas existentes e a criação de 1.417 postos. No Legislativo, o Orçamento destina espaço para o provimento de 147 postos e a criação de sete vagas.

Leia mais:  OIT orienta governo a avaliar impactos da reforma trabalhista no Brasil

Ministério Público e Defensoria

A Lei Orçamentária de 2020 prevê ainda  criação de 1.011 vagas e o provimento de 205 postos na Defensoria Pública da União . Para o Ministério Público da União e o Conselho Nacional do Ministério Público, o texto estipula o preenchimento de 25 vagas existentes .

A maior parte dos provimentos será executada por meio da convocação de aprovados em concursos já realizados.

A autorização para novos concursos depende do Ministério da Economia, que analisará se existem recursos para a contratação de servidores e verificará a necessidade de cada órgão. O Orçamento de 2020 destina R$ 344,6 bilhões para despesas com pessoal.

A previsão de vagas para o serviço público federal foi alterada pelo Congresso Nacional durante a tramitação do Orçamento.

O projeto original da Lei Orçamentária Anual estimava 32 mil provimentos e a criação de 2 mil vagas nos poderes Executivo, Legislativo, Judiciário, Ministério Público e na Defensoria Pública da União.

Fonte: IG Economia
Comentários Facebook
Continue lendo

Economia

Dólar ultrapassa R$ 4,20 e fecha no maior valor do ano nesta terça-feira

Publicado

source

Agência Brasil

notas de dólar arrow-options
Getty Images

Dólar chega ao maior valor desde 2 de dezembro de 2019

Em um dia tenso no mercado, a Bolsa de Valores caiu, e o dólar norte-americano fechou no maior valor em mais de um mês e meio.

O dólar comercial fechou esta terça-feira (21) vendido a R$ 4,206, com alta de R$ 0,017 (0,4%). A divisa está no maior valor de fechamento desde 2 de dezembro (R$ 4,214).

Com expectativa de corte na Selic, dólar sobe a R$ 4,20

O dólar operou em alta durante toda a sessão e fechou próxima do valor máximo do dia. A moeda norte-americana acumula valorização de 4,8% em 2020 . A volatilidade também refletiu-se na cotação do euro, que fechou o dia vendido a R$ 4,67, com alta de 0,42%.

No mercado de ações, o dia também foi de tensões . O Ibovespa, índice da B3 (antiga Bolsa de Valores de São Paulo), fechou o dia em queda de 1,03%, aos 117.026 pontos. A Bolsa interrompeu uma sequência de três sessões de alta.

Leia mais:  Bolsonaro diz que vai sancionar medida que restabelece bagagem grátis em voos

Dólar inicia semana em alta, a R$ 4,18; Ibovespa recua

Novo vírus

A sessão foi marcada pelo receio de que o novo vírus descoberto na China traga impactos para a segunda maior economia do planeta. O país asiático confirmou hoje a sexta morte pelo coronavírus, que provoca pneumonia. A China e países próximos adotaram medidas para conter a disseminação da doença.

Mercado reduz estimativa da inflação para 2020; PIB deve crescer mais

 A alta do dólar e a queda na bolsa intensificaram-se no meio da tarde, quando foi confirmado o primeiro caso de infecção pelo novo vírus nos Estados Unidos.

Fonte: IG Economia
Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Política Nacional

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana