conecte-se conosco


Mato Grosso

Alunos conhecem objetos dos tempos da escravidão em aula de campo em Poconé

Publicado

Alunos do 6º ano da Escola Estadual Antonio João Ribeiro, localizada no município de Poconé (104 km ao sul de Cuiabá) realizaram uma visita in loco na residência da moradora Maria da Piedade, conhecida como Casa da Vovó Bem, que preserva peças antigas. A visita, ocorrida na última sexta-feira (04.10), faz parte do Projeto “Prática de Leitura e Escrita no Contexto Escolar”, uma atividade interdisciplinar das professoras Lucimar Gonçalves Rondon (geografia) e Zilmaira Regina (história).

Na oportunidade os alunos puderam vivenciar, na prática, a história da cultura local, como por exemplo, conhecer algumas relíquias deixadas pelos escravos e seus proprietários.

Conforme as professoras, o foco da ação é conhecer a história local, o trabalho servil e a antiguidade do século XIX da cidade. A ideia do projeto é compreender os períodos do tempo e relaciona-los, de acordo com critérios de austeridade, posterioridade e simultaneidade.

“Para isso, programamos uma aula de campo, na Casa da Vovó Bem que fica perto da escola. Na aula, os alunos vivenciaram a história contada sobre a cultura local. A história da praça da Igreja Matriz da cidade e sua transformação ao longo do tempo, contada pela Vovó Bem deixou os alunos empolgados”, destacam as professoras.

Leia mais:  PM prende três por condução irregular de veículo

A aluna Mirele Duarte do Prado aprovou a aula. No entendimento dela, foi uma aula diferenciada e conheceu a história de Poconé.

“Gostei de tudo o que Vovó Bem nos mostrou, mas especialmente da banheira de pedra, construída pelos escravos e utilizados pelos ricos, donos de terras da região”, assinala.

A colega dela, a aluna Heloísa Mendes da Silva, também ficou satisfeita com a aula, pois vivenciou atividades de história e também geografia. “O que me chamou a atenção foi a bateia usada pelos garimpeiros de antigamente. As fotos dos carros de bois e da praça da Igreja Matriz é um registro da nossa história. Muito boa mesmo essa aula”, comemora.

As professoras também saíram satisfeitas com o resultado da aula de campo, pois os alunos conheceram com uma moradora aqui que estudaram em sala. “Foi um grande aprendizado. É o resultado de nosso trabalho de intervenção”, explicam.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

MT prorroga prazos de licenças, outorgas e cadastros de produtos florestais

Publicado

O Governo de Mato Grosso publicou nesta segunda-feira (27) o Decreto n. 464/2020 prorrogando até 31 de dezembro a data de validade das licenças de operação, outorgas e cadastros de consumidores de produtos florestais (CC-SEMA) com vencimento a partir de 20 de março de 2020.

O adiamento deverá obedecer aos prazos máximos estabelecidos pela Lei Complementar n. 592/2017. Para uma licença de operação, por exemplo, a legislação fixa um prazo máximo de dez anos.

O decreto foi assinado pelo governador Mauro Mendes e pelos secretários da Casa Civil, Mauro Carvalho, e do Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti, com objetivo de compatibilizar as ações ambientais de controle das atividades passíveis de licenciamento e controle do uso dos recursos naturais, neste momento de enfrentamento à pandemia.

Nesse período de combate ao coronavírus, a Sema está em regime de teletrabalho e escalas de revezamento para continuidade na prestação dos serviços aos cidadãos mato-grossenses. Já as atividades de fiscalização seguem em pleno funcionamento.

“É importante que o empreendedor observe que a legislação deve ser cumprida e que todos os empreendimentos estão passíveis de fiscalização neste período. Portanto, é importante manter a documentação em dia e a Sema vem empregando esforços para manter a continuidade dos serviços prestados em favor da economia e da qualidade ambiental”, alerta Mauren Lazzaretti.

Leia mais:  Biblioteca Estevão de Mendonça ensinará Libras nas redes sociais

Atendimento Geral Sema: 0800 647 0111 (Segunda a sexta-feira, das 7h30 às 13h30).

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Servidores da ETE de Sinop confeccionam e doam máscaras para profissionais da saúde

Publicado

A Escola Técnica de Sinop criou o projeto “Máscaras Preventivas”, como o objetivo de confeccionar esse equipamento de proteção individual tão importante para o combate à pandemia da Covid-19.

Os profissionais da instituição (incluindo terceirizados) estão auxiliando na ação, que já confeccionou 530 peças e está distribuindo gratuitamente para a Unidade Básica de Saúde (UBS), na Cidade Jardim e também para o Hospital Regional.

O projeto é para contribuir com a campanha do Governo do Estado de Mato Grosso, “Eu cuido de você e você cuida de mim”, instituído no Decreto nº 437, de 03 de abril de 2020, o qual estimula que toda a população utilize máscaras artesanais, de forma a não prejudicar o fornecimento de máscaras industriais para os profissionais de saúde da rede pública e privada.

O projeto “Máscaras Preventivas” foi idealizado pela professora Gislaine Dias Florentino Ferreira, que logo mobilizou os demais profissionais da escola para confeccionar as máscaras.

“O material utilizado é fruto da doação dos funcionários da escola que disponibilizaram materiais que tinham em casa, contribuindo assim para a aquisição de tecidos, elásticos, embalagens para guardar as máscaras, além da logística para sua distribuição”, informa a professora.

Leia mais:  Servidores da ETE de Sinop confeccionam e doam máscaras para profissionais da saúde

Gislaine destaca que é muito importante participar do projeto devido à integração gerada entre os profissionais da unidade escolar e a possibilidade de contribuir com a comunidade.

“A ação soma-se a outras já existentes no município para diminuir o contágio da Covid-19. A solidariedade também é uma ação educativa que visa promover a integração entre os profissionais da escola e da comunidade em geral, além de fomentar a importância de cuidar da própria saúde”.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Política Nacional

Entretenimento

Esportes

Mais Lidas da Semana